🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
VANDALISMO EM BRASÍLIA

URGENTE: Manifestantes bolsonaristas radicais praticam atos de terrorismo, invadem e depredam prédios dos Três Poderes; entenda

No entanto, vale lembrar que hoje não há expediente em nenhum dos prédios devido ao último dia do fim de semana

Renan Sousa
Renan Sousa
8 de janeiro de 2023
16:04 - atualizado às 18:16
Bolsonaristas radicais invadem o Congresso
Imagem: Reprodução das redes sociais

Manifestantes radicais bolsonaristas acabam de invadir o Congresso Nacional na tarde deste domingo (08). O ato pede a intervenção das Forças Armadas e até mesmo a prisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

Os apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) também se dirigiam ao Palácio do Planalto e à Praça dos Três Poderes, sede do Supremo Tribunal Federal (STF). O discurso dos manifestantes tem caráter golpista, pedindo claramente a intervenção militar, o que é ilegal de acordo com a constituição.

A polícia local usou gás de pimenta para dissolver as manifestações. O ministro da Justiça, Flávio Dino, afirmou que está em Brasília acompanhando a situação, ao mesmo tempo que mantém o diálogo com o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.

Os manifestantes já haviam invadido o prédio do Congresso, do Palácio do Planalto e do STF. No entanto, vale lembrar que hoje não há expediente e os ambientes estão majoritariamente vazios.

Segundo mensagens correndo nas redes sociais bolsonaristas, a ideia é "acampar" nos prédios invadidos da Praça dos Três Poderes.

Manifestantes radicais se espelham em Capitólio

Os grupos bolsonaristas fechados em redes sociais como o Telegram já vinham antecipando uma mudança de tom nos últimos dias. A semana que sucedeu à posse de Lula na presidência foi tomada pelo discurso golpista. 

O caso lembra e muito a invasão do Capitólio, nos Estados Unidos, após o agora ex-presidente Donald Trump perder as eleições para Joe Biden. 

A “gota d’água” para os manifestantes foi a assinatura de uma portaria por parte do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino. O documento autoriza a atuação da Força Nacional em Brasília. Dino alega que o governo está diante de manifestações que são"ameaças veiculadas contra a democracia".

Veja mais vídeos da invasão dos manifestantes:

@seudinheiro URGENTE: BOLSONARISTAS INVADEM ÁREA DO CONGRESSO #lula #bolsonaristas #bolsonaristasdobrasil #bolsonaro ♬ som original - Seu Dinheiro

Reações da Justiça

O ministro da Justiça já afirmou que está tomando as medidas necessárias para amenizar a situação. Em suas redes sociais, Flávio Dino afirmou que “essa absurda tentativa de impor a vontade pela força não vai prevalecer”.

Existe alguma possibilidade de que o governo federal tome as forças de segurança do Distrito Federal para controlar a situação. Ao mesmo tempo, o ministro da justiça já afirmou que o governo do Distrito Federal irá oferecer reforços. “E as forças de que dispomos estão agindo”, conclui. 

*Em atualização

Compartilhe

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

A poucos meses das eleições, prefeitura de Nunes rejeita emendas de adversários que poderiam beneficiar SP

26 de maio de 2024 - 13:45

Prefeitura de São Paulo rejeitou emendas apresentadas por Tabata Amaral e por aliada de Guilherme Boulos

POLÍTICA

O julgamento de Sérgio Moro: por que o PT e o PL não vão recorrer ao STF

26 de maio de 2024 - 12:36

Por unanimidade, TSE absolveu Sérgio Moro das acusações de abuso de poder econômico e caixa 2 durante as eleições de 2022

COMPRINHAS ONLINE

Compra na Shein, Shopee ou AliExpress? Lula considera vetar taxação federal de compras internacionais até R$ 250: ‘estamos dispostos a conversar e encontrar uma saída’

23 de maio de 2024 - 18:19

Atualmente, por meio do programa Remessa Conforme, as compras do exterior abaixo de US$ 50 são isentas de impostos federais e taxadas somente pelo ICMS

COM A PALAVRA

Inflação do Brasil é alta ou baixa? Para Haddad, há ‘ruídos patrocinados não reais’ sobre avanço dos preços

22 de maio de 2024 - 13:57

Haddad também defendeu um debate técnico entre Banco Central e Tesouro e disse esperar “maturidade” dos profissionais que querem o “bem do Brasil”

DESDOBRAMENTOS

Sérgio Moro mantém mandato após questionamentos do PT e do PL, decide TSE por unanimidade

22 de maio de 2024 - 7:26

Foi o último julgamento de grande repercussão na gestão de Alexandre de Moraes como presidente do TSE

FLEXIBILIZAÇÃO DA PENA

George Washington, bolsonarista que planejou atentado a bomba no aeroporto no Distrito Federal, vai para o semiaberto

19 de maio de 2024 - 15:34

A mudança do regime fechado para o semiaberto foi reconhecida porque ele já cumpriu um sexto da pena, requisito estabelecido na Lei de Execução Penal

MÃO PESADA?

Anatel poderá ser supervisor das redes sociais: presidente da agência defende que órgão regule plataformas 

19 de maio de 2024 - 11:22

O dirigente da Anatel explicou que a agência não tem, no entanto, como atuar sobre postagem e perfis específicos

ACONTECE EM OUTUBRO

Aquecendo os motores para as eleições municipais: Testes em urnas eletrônicas reiteram que sistema de votação é seguro

18 de maio de 2024 - 11:55

Dos 35 planos de teste realizados, cinco apontaram melhorias nos sistemas, que foram acatadas pelos técnicos do tribunal

"TUDO NORMAL"

Jair Bolsonaro recebe alta após 13 dias internado e já anuncia planos

17 de maio de 2024 - 16:46

“Em uma semana, tudo normal”, escreveu no X (antigo Twitter) Bolsonaro, que estava com quadro de erisipela e desconforto abdominal

VAI MELHORAR?

O que Haddad espera da economia? Projeções da Fazenda esperam inflação e PIB maiores para 2024

16 de maio de 2024 - 15:33

Para 2025, a projeção de IPCA passou de 3,10% para 3,20%. A atualização acontece um mês após o último boletim macrofiscal da SPE.

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar