🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
PIBINHO OU PIBÃO

Brasil vai crescer mais com Lula ou com Bolsonaro? Dessa vez quem responde é o FMI

No ritmo estimado pelo Fundo Monetário Internacional, o primeiro ano do governo do petista posicionará o País entre os piores desempenhos de PIB entre os emergentes

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
11 de abril de 2023
18:04 - atualizado às 17:36
Lula vs Bolsonaro em uma corrida
Lula vs Bolsonaro em uma corrida. - Imagem: Shutterstock / Alan Santos-PR / Montagem Brenda Silva

A recente turbulência bancária provocou uma correria para ativos considerados mais seguros e, consequentemente, uma fuga das ações. O mercado passou a operar sob a desconfiança de quem já havia vivido uma avalanche de falências entre titãs de Wall Street e muita gente passou a se perguntar qual seria o custo de mais uma crise

O Fundo Monetário Internacional (FMI) deu a resposta nesta terça-feira (11): a economia global e a brasileira irão carregar o mesmo fardo — pelo menos em termos de desaceleração em pontos percentuais.  

Enquanto para o mundo o preço será uma desaceleração para 2,5% — de uma alta de 2,8% do Produto Interno Bruto (PIB) global — para o Brasil, a expansão será de 0,9% e não mais de 1,2% para este ano como previsto em janeiro. 

No caso da economia global, o FMI diz que esse seria o resultado mais baixo desde a desaceleração de 2001, excluindo a crise inicial da covid-19 em 2020 e a crise financeira global em 2009. 

O Brasil com Lula e o Brasil com Bolsonaro

Se confirmada, a expectativa do FMI para o Brasil indica uma relevante desaceleração em relação ao ano passado, quando a economia brasileira cresceu 2,9%. Para 2024, o Fundo manteve a expectativa de um avanço de 1,5% do PIB do País.

Ao revisar para baixo a projeção deste ano, o FMI espera que o crescimento do primeiro ano do governo de Luiz Inácio Lula da Silva  fique abaixo do desempenho visto na estreia de seu antecessor, Jair Bolsonaro (PL). Em 2019, o PIB brasileiro avançou 1,2%.

O presidente Lula voltou a criticar o FMI na segunda-feira (10) durante discurso sobre os 100 primeiros dias do governo. Confira um balanço dos 100 dias de governo de Lula.

Segundo o petista, se a sua gestão for se basear no que o mercado e as perspectivas do Fundo indicam para o Brasil, "é melhor desistir". 

"É importante que essa gente fale, para que a gente faça diferente do que eles falam", disse Lula.

Na lanterna dos emergentes

Ao projetar um cenário "duro" e "nebuloso" para a economia global neste ano, a diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, disse que algum ímpeto viria das economias emergentes e em desenvolvimento. Não será o caso do Brasil, no entanto.

No ritmo estimado pelo Fundo, o primeiro ano do governo de Lula posicionará o País entre os piores desempenhos de PIB entre os emergentes e em desenvolvimento em 2023, ficando à frente somente de economias como a da Rússia, que sente os efeitos da invasão à Ucrânia, e da África do Sul.

A previsão para o Brasil também é inferior à expectativa de crescimento das economias desenvolvidas e à média global.

A revisão do FMI reforça o coro econômico quanto ao baixo crescimento esperado para o Brasil neste ano. O Banco Mundial divulgou na semana passada projeção de alta de 0,8% para o País, às margens das reuniões de Primavera do organismo, também realizadas em Washington.

O alerta também vem do setor privado. O Itaú Unibanco, maior banco da América Latina, anunciou nesta segunda uma revisão para baixo em sua expectativa para o PIB do Brasil neste ano, que passou para alta de 1,1%, de 1,3%.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Compartilhe

SÓ UMA PROMESSA?

Vai fechar o banco central, Milei? A nova declaração do presidente da Argentina sobre o futuro do BC do país

17 de maio de 2024 - 18:45

O presidente argentino está na Espanha e deu diversas declarações polêmicas a um público que o aplaudiu calorosamente; veja o que mais ele disse

O CUSTO DA NOVA ORDEM MUNDIAL

Xi Jinping na Rússia: o presidente da China está disposto a pagar o preço pela lealdade de Putin?

16 de maio de 2024 - 18:37

O líder chinês iniciou nesta quinta-feira (16) uma visita de Estado de dois dias à Rússia e muito mais do que uma parceria comercial está em jogo, mas o momento para Pequim é delicado

UM SUSPIRO

Os juros continuarão altos nos EUA? Inflação de abril traz alívio, mas Fed ainda tem que tirar as pedras do caminho

15 de maio de 2024 - 14:54

O índice de preços ao consumidor norte-americano de abril desacelerou para 3,4% em base anual assim como o seu núcleo; analistas dizem o que é preciso agora para convencer o banco central a iniciar o ciclo de afrouxamento monetário por lá

DESINFLAÇÃO ACELERADA

Boas notícias para Milei: Argentina tem inflação de um dígito e Banco Central promove corte de juros maior que o esperado

15 de maio de 2024 - 10:19

Os preços tiveram alta de 8,8% em abril, em linha com o esperado pelo mercado, que estimavam um avanço de preços entre 8% e 9%

UM PRATO QUE SE COME FRIO

A vingança da China: EUA impõem pacote multibilionário de tarifas a carros elétricos chineses e Xi Jinping quer revanche

14 de maio de 2024 - 20:03

O governo chinês disse que o país tomaria medidas resolutas para defender os seus direitos e interesses e instou a administração Biden a “corrigir os seus erros”

VIVA EL DÓLAR

Vitória para Milei: FMI anuncia novo acordo para desembolsar quase US$ 1 bi em pacote de ajuda à Argentina

13 de maio de 2024 - 15:00

Segundo o fundo, a Argentina apresenta “desempenho melhor que o esperado”, com queda na inflação, reconstrução da credibilidade, programas de consolidação fiscal, entre outros

ESCOLHA A FRANÇA

Em busca de capital estrangeiro, Macron atrai gigantes como Amazon para impulsionar investimentos na França

12 de maio de 2024 - 17:03

O presidente francês garantiu investimentos da Amazon, Pfizer e Astrazeneca, enquanto Morgan Stanley prometeu adicionar empregos no país

TECNOLOGIA EM FOCO

Guerra dos chips: Coreia do Sul anuncia pacote de mais de US$ 7 bilhões para a indústria de semicondutores

12 de maio de 2024 - 13:02

O ministro das Finanças sul-coreano, Choi Sang-mok, disse que o programa poderia incluir ofertas de empréstimos e a criação de um novo fundo

XI JINPING QUE SE CUIDE

A fúria de Biden contra a China: EUA preparam tarifaço sobre carros elétricos e energia solar — nem equipamentos médicos vão escapar

10 de maio de 2024 - 19:58

O anúncio completo, previsto para terça-feira (14), deve manter as tarifas existentes sobre muitos produtos chineses definidas pelo ex-presidente norte-americano, Donald Trump

FORA DO FRONT

Uma resposta a Israel? Assembleia da ONU aprova por maioria esmagadora mais direitos aos palestinos

10 de maio de 2024 - 18:50

O projeto de resolução também apela ao Conselho de Segurança que reconsidere favoravelmente o pedido dos palestinos para a adesão plena à organização

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar