🔴 MELHORES MOMENTOS DO MACRO SUMMIT BRASIL 2024 – ASSISTA AQUI

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Marco regulatório

CVM permite a agente autônomo atuar para mais de uma corretora e exige mais transparência na remuneração

Novas normas acabam com a obrigação de exclusividade de assessores financeiros e obrigam corretoras e distribuidoras a divulgar como são remuneradas por seus serviços

home-broker-pexels-liza-summer
Agentes autônomos não precisarão mais ter exclusividade com uma corretora. Imagem: Liza Summer/Pexels

A profissão de agente autônomo de investimentos (AAI), agora convertida em assessor de investimentos, acaba de ganhar nova regulamentação, que põe um fim à exigência de exclusividade desses profissionais com apenas uma instituição financeira.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) publicou, nesta terça-feira (14), o novo marco regulatório para a atividade de assessor de investimento, que inclui as Resoluções 178 e 179. As novas regras também exigem mais transparência das instituições financeiras intermediárias, como as corretoras e distribuidoras de valores, a respeito da forma como são remuneradas.

A Resolução CVM 178 substituirá a antiga Resolução CVM 16 na regulação da profissão de assessor de investimentos, colocando fim à relação de exclusividade que hoje os agentes autônomos devem manter com as corretoras e permitindo que eles atuem para mais de uma instituição financeira simultaneamente. A nova regra entra em vigor no dia 1o de junho deste ano.

A obrigação de exclusividade já foi motivo de briga entre BTG Pactual e XP Investimentos, que viveram um verdadeiro cabo de guerra por agentes autônomos num passado recente.

Já Resolução CVM 179 introduz modificações em outras normas editadas pela CVM, em especial na resolução número 35, com o objetivo de aumentar a transparência da remuneração das instituições financeiras intermediárias, como as corretoras e distribuidoras de valores.

Ela prevê que essas empresas passem a divulgar, em uma página específica dos seus sites na internet, a sua estrutura de remuneração e eventuais conflitos de interesses a que estejam sujeitas, de forma que o cliente possa acessar essas informações antes de tomar a decisão de investimento.

A resolução exige ainda que as instituições financeiras intermediárias passem a enviar aos clientes um extrato trimestral com a remuneração auferida por elas com o serviço no período.

Principais mudanças introduzidas pelas resoluções CVM 178 e 179

Segundo a própria CVM, essas são as principais mudanças na regulação introduzidas pelas duas novas resoluções:

Resolução CVM 178 - sobre assessores de investimentos

  • Possibilidade de assessores de investimento sem relação de exclusividade: assessores de investimento poderão atuar como prepostos de um ou mais intermediários.
  • Flexibilidade quanto ao tipo societário adotado por assessores de investimento pessoa jurídica: medida substitui prévia obrigatoriedade de adoção da forma de sociedade simples.
  • Maior transparência ao investidor: norma contempla termo de ciência ao investidor com descrição das características essenciais da atividade dos assessores de investimento, além de reforçar deveres dos assessores em divulgar estrutura remuneratória e potenciais conflitos de interesse ao investidor.
  • Criação do diretor responsável do assessor de investimento pessoa jurídica: profissional deve ser registrado como assessor de investimento e tem entre suas atribuições a atuação como ponto focal perante reguladores, autorreguladores e intermediários.
  • Detalhamento de aspectos relacionados à fiscalização que intermediários devem exercer sobre assessores de investimento: norma busca esclarecer aspectos que fazem parte do dever de fiscalização do intermediário e reforça sua responsabilidade pelos atos do assessor de investimento perante o cliente.

Resolução CVM 179 - sobre a remuneração de intermediários financeiros

  • Exigência de divulgação de informações qualitativas e quantitativas sobre formas e arranjos remuneratórios e potenciais conflitos de interesse: intermediários devem manter tais informações disponíveis em seção ou página específica do site na internet, de modo que investidores possam acessá-las antes da concretização da decisão de investimento.
  • Criação de extrato trimestral sobre remuneração: documento deve conter remuneração auferida pelo intermediário no período de referência, permitindo assim a verificação dos valores acumulados.

Entre as formas de remuneração que devem ser divulgadas pelos intermediários constam, por exemplo, os spreads (diferença entre o custo de aquisição e de venda de um produto financeiro) e os eventuais rebates, percentuais dos recursos direcionados a outros intermediários.

Já entre a descrição dos potenciais conflitos de interesse pode incluir, por exemplo, os incentivos para se recomendar operações a clientes em virtude do recebimento de uma remuneração, as possíveis diferenças entre taxas de remuneração pagas por diferentes intermediários (no caso dos assessores vinculados a mais de uma instituição financeira) e o recebimento de rebates e comissões após a venda de determinados produto financeiro.

Compartilhe

LOTERIAS HOJE

Sem vencedores, Mega-Sena acumula em R$ 66 milhões e ninguém fica milionário com Lotofácil ou Quina; veja resultados

14 de abril de 2024 - 11:48

Também veja o motivo para a +Milionária, a ‘loteria que nunca saiu’, nunca ter tido um ganhador da cota principal

IR 2024

Como declarar fundos imobiliários (FIIs) e fiagros no imposto de renda

12 de abril de 2024 - 7:10

Fundos imobiliários e fiagros têm cotas negociadas em bolsa, sendo tributados e declarados de formas bem parecidas

IR 2024

Como declarar fundos de investimento no imposto de renda

11 de abril de 2024 - 7:15

O saldo e os rendimentos de fundos devem ser informados na declaração de IR. Saiba como declará-los

IR 2024

Como declarar empréstimos e financiamentos no imposto de renda

10 de abril de 2024 - 7:30

Dívidas de valor superior a R$ 5 mil também devem ser informadas na declaração, mas empréstimos e financiamentos são declarados de formas distintas e que requerem cuidados

IR 2024

Como declarar doações efetuadas e recebidas no imposto de renda

9 de abril de 2024 - 6:50

Embora sejam isentas de IR, doações são acompanhadas pelo Fisco, pois modificam o patrimônio dos contribuintes. Você precisa informar ao Leão sobre a origem e o destino dos seus recursos

Viagens internacionais

Nubank anuncia conta global em dólar e euro com uma das menores taxas de conversão do mercado – e faz frente ao Inter

8 de abril de 2024 - 15:30

Nova conta para viagens internacionais é fruto de parceria com a Wise e voltada para clientes do segmento de alta renda Ultravioleta

IR 2024

Como declarar renda fixa e COE no imposto de renda

8 de abril de 2024 - 7:00

Títulos de renda fixa – mesmo os isentos! – e Certificados de Operações Estruturadas (COE) são declarados de forma semelhante. Veja como informar o saldo e os rendimentos dessas aplicações financeiras na sua declaração

IR 2024

Quais os principais gastos dedutíveis do imposto de renda

5 de abril de 2024 - 7:13

Despesas dedutíveis só podem ser aproveitadas por quem entrega a declaração completa e reduzem o IR devido; mas mesmo quem entrega a declaração simplificada precisa declará-las

A DINHEIRISTA

Ele tem um filho fora do casamento, a esposa não sabe, mas ele paga as contas da criança às escondidas — dá para abater do IR?

4 de abril de 2024 - 17:27

Ele tem um filho fora do casamento, a esposa não faz ideia! E os gastos?

IR 2024

Como declarar previdência privada no imposto de renda

4 de abril de 2024 - 7:55

Aprenda a declarar no imposto de renda as contribuições feitas a PGBL, VGBL e fundos de pensão, bem como os rendimentos recebidos dos planos de previdência privada

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies