🔴 ALGORITMO MOSTRA COMO BUSCAR ATÉ R$ 3 MIL POR DIA – CONHEÇA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
IR 2023

Não tem mais jeito! Se sua restituição ficou fora do lote de hoje, você caiu na malha fina — saiba o que fazer

Veja como regularizar a sua situação junto à Receita Federal se a sua declaração contém informações inconsistentes e caiu na malha fina do imposto de renda

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
29 de setembro de 2023
10:14 - atualizado às 10:17
Imposto de Renda 2023 Leão Dinheiro
Erros mais comuns dizem respeito a rendimentos e lançamentos de gastos dedutíveis. - Imagem: Montagem Andrei Morais, Shutterstock

A Receita Federal pagou nesta sexta-feira (29) o quinto e último lote regular da restituição do imposto de renda 2023. Se você tem imposto a restituir e o dinheiro não entrou na conta ou chave Pix informada na declaração, temos uma má notícia: você caiu na malha fina.

Certamente, entrar na malha fina do imposto de renda figura entre os maiores medos dos contribuintes. Mas se este for o seu caso, não se preocupe: o Seu Dinheiro está aqui para te ajudar neste momento tão difícil.

Por que uma declaração vai para a malha fina

Isso ocorre quando alguma informação contida na declaração não bate com as informações do banco de dados do Leão.

O sistema eletrônico compara as informações entregues com outros dados, como aqueles que são enviados pelo seu empregador, os médicos que te atenderam e outras pessoas e empresas que possam ter feito pagamentos a você ou recebido recursos de você no ano anterior.

Os erros mais comuns estão justamente na discriminação de rendimentos e no lançamento dos gastos dedutíveis.

Mais de 1,3 milhão de contribuintes caíram na malha fina em 2023

Um total de 1.366.778 de contribuintes caíram na malha fina do imposto de renda em 2023, informou a Receita Federal.

O número equivale equivale a 3,1% das 43.481.995 declarações do exercício de 2023 entregues entre março e setembro.

Do total de declarações retidas, a maioria (954.814, ou 69,9%) têm imposto a restituir. Outras 386.102 (28,2%) têm imposto a pagar e 25.962 (1,9%) estão com saldo zero (nem a pagar, nem a restituir).

O que deixou tanta gente na malha fina este ano

De acordo com a Receita Federal, problemas de dedução foram o principal motivo da retenção das declarações, representando 58,1% dos casos.

Erros ou omissões com gastos médicos responderam por 42,3% do total de motivos para retenção.

Ainda segundo a Receita, outras despesas com problemas de dedução são contribuições para a previdência oficial ou previdência privada e pagamento de pensão alimentícia.

Na segunda colocação, com 28,6%, aparece a omissão de rendimentos. Entre os rendimentos não informados figuram salários, ações judiciais e rendimento de aluguel.

Divergências entre os valores de imposto de renda retidos na fonte e os declarados pela pessoa física, além de outros itens relacionados à declaração, representam 10% das retenções.

Outros 4,3% são motivados por deduções do imposto devido, recebimento de rendimentos acumulados e divergência de informação sobre pagamento de carnê-leão ou imposto complementar.

Como verificar a situação de sua declaração

Agora não tem mais jeito. Se a restituição não caiu na sua conta hoje, sua declaração está entre as mais de 1,3 milhão retidas na malha fina.

Nos últimos dias, a Receita Federal começou a enviar 400 mil correspondências para contribuintes com declarações na malha fina.

O objetivo é avisar que, em caso de erro na declaração apresentada, este é o momento para autorregularizar a situação.

Ou seja, ainda é possível verificar possíveis pendências.

A Receita aconselha os contribuintes incluídos na malha fina a conferir o extrato e retificar a declaração, caso seja necessário.

O extrato pode ser conferido no Centro de Atendimento Virtual (e-CAC) da Receita Federal.

Para ter acesso ao site, o contribuinte deve informar ou o certificado digital (se tiver um), ou o login no Portal Gov.br ou digitar número do CPF/CNPJ, o código de acesso e a senha.

O que fazer a partir de agora

O contribuinte tem três opções para resolver seus problemas com a Receita Federal.

Uma delas é fazer a correção por meio de uma declaração retificadora, sem multa ou penalidade.

A declaração será processada e voltará para a fila de restituições, sendo paga no lote residual seguinte.

Caso o contribuinte seja intimado ou notificado pela Receita Federal, não será mais possível retificar a declaração.

Neste caso, é possível apresentar, de forma virtual, todos os comprovantes e documentos que atestam os valores declarados e apontados como pendência.

O Processo Digital para a Malha Fiscal deve ser aberto no site do e-CAC.

Basta o contribuinte entrar no espaço “Onde encontro” e consultar o campo “Malha Fiscal – Atendimento”.

Caso não queira enviar os documentos com antecedência, o contribuinte pode aguardar comunicado da Receita com o detalhamento dos documentos que precisam ser apresentados e um prazo de entrega.

Quais documentos você deve guardar

  • Informes de rendimentos de empregadores;
  • Comprovantes de recebimento de aposentadorias;
  • Informes de rendimentos de instituições financeiras;
  • Recibos e notas fiscais de serviços de saúde;
  • Recibos e notas fiscais de despesas com educação;
  • Comprovantes de pagamento e/ou recebimento de aluguel;
  • Comprovantes de obras e reformas em imóveis;
  • Comprovantes de pagamento de imposto/DARF;
  • Recibo da declaração do imposto de renda;
  • Escrituras e comprovantes de ganho de capital.

Saiba por quanto tempo guardar essa documentação depois de entregar a declaração de imposto de renda 2023.

*Com informações da Agência Brasil.

Compartilhe

última chance

Prazo extra: Inscrições para o Enem são adiadas e estudantes têm até hoje às 23h59 para participar; confira o calendário

14 de junho de 2024 - 15:13

Ministério da Educação prorrogou o prazo de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio até hoje (14)

Combate aos criminosos

Pix: Febraban e BC preparam mecanismo para apertar o cerco contra golpistas e fraudadores

13 de junho de 2024 - 13:33

Instituições trabalham no MED 2.0, mecanismo que irá rastrear a triangulação de recursos em contas

DIA DOS NAMORADOS NO CARTÓRIO

Amor, amor, negócios à parte: busca por proteção de bens faz contratos de namoro baterem recorde; saiba como funciona

12 de junho de 2024 - 6:28

O documento tem como objetivo de reconhecer e formalizar um relacionamento afetivo e também serve para esclarecer que não existe uma união estável entre o casal

Caiu na rede

Banco Central detecta vazamento de dados do Pix de clientes da Pagcerto e da iugu

11 de junho de 2024 - 10:07

Autoridade monetária afirma que dados vazados são de natureza cadastral e não de movimentação de recursos

Endividamento

Dívida das famílias sobe pelo 3º mês seguido, diz pesquisa da CNC; inadimplentes diminuem

10 de junho de 2024 - 19:11

Inadimplência entre as famílias brasileiras alcança 28,6%, um pouco abaixo do mesmo mês de 2023

A DINHEIRISTA

Ele teve o apartamento invadido por anos e agora pode perder a propriedade de vez para os invasores — tem como reverter usucapião? 

10 de junho de 2024 - 18:09

A Dinheirista, nossa especialista em perrengues financeiros, responde um caso cabeludo no novo episódio do quadro em nosso canal do YouTube. A situação envolve a usucapião. É o seguinte:  Sou proprietário de um imóvel no Centro de São Paulo, próximo à região da Cracolândia, que foi invadido há mais de dez anos. Queria retirar os […]

A DINHEIRSTA

O marido dela arrumou uma amante em outro país — e ainda sumiu com os bens do casal. O que dá para fazer?

10 de junho de 2024 - 17:24

“Se eu me separar, perco tudo?”. Veja em A Dinheirista

Aperta o play!

Bolsa nas mínimas e dólar perto dos R$ 5,30: é hora de recalcular a rota dos investimentos?

8 de junho de 2024 - 11:00

Especialista líder em investimentos do Itaú Unibanco, Martin Iglesias indica duas composições de carteira que consideram a mudança de cenário

IR 2024

Caiu na malha fina? Veja como regularizar a situação

3 de junho de 2024 - 7:45

Saiba como regularizar a sua situação junto a Receita Federal caso a sua declaração apresente informações inconsistentes e caia na malha fina do imposto de renda

IR 2024

Perdeu o prazo para entregar a declaração de imposto de renda 2024? Saiba o que fazer

1 de junho de 2024 - 0:00

Prazo oficial para o envio da sua declaração do imposto de renda 2024 terminou às 23h59 de 31 de maio. Saiba como acertar as contas com o Leão agora e pagar a multa por atraso

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar