🔴 PRIO3 E +9 AÇÕES PARA COMPRAR AGORA – ASSISTA AQUI

Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
TURBULÊNCIA FINANCEIRA

CVC (CVCB3) deve, não nega, mas contrata banco para “reperfilar” dívida de debêntures

Anúncio da negociação com os credores de debêntures acontece um dia depois de as ações da CVC desabarem na B3; entenda a situação da empresa

Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
31 de janeiro de 2023
10:36 - atualizado às 23:39
Fachada da loja CVC Corp
Fachada da loja CVC Corp - Imagem: Divulgação

A operadora e rede de agências de turismo CVC (CVCB3) parece ter embarcado em uma viagem rumo a uma crise financeira sem passagem de volta.

Em um comunicado discreto na manhã desta terça-feira, a empresa anunciou a contratação do banco BR Partners para “assessorar a companhia no reperfilamento de sua dívida a mercado”.

O comunicado trata especificamente de três séries de debêntures da CVC: as duas da quarta emissão (CVCB14 e CVCB24) e a quinta emissão (CVCB15).

Ainda de acordo com o comunicado, os assessores poderão entrar em contato a partir de hoje com os investidores.

Aliás, o anúncio da negociação com os credores de debêntures acontece um dia depois de as ações da CVC desabarem na B3.

A única notícia relacionada à companhia ontem foi a desistência da compra da startup Ōner Travel, uma plataforma para empreendedores digitais que comercializam passagens áreas e hospedagens.

  • Não perca dinheiro em 2023: o Seu Dinheiro conversou com os principais especialistas do mercado financeiro e reuniu neste material as melhores oportunidades de investimentos em ações, BDRs, fundos imobiliários e muito mais. ACESSE AQUI GRATUITAMENTE

CVC: dívida com debêntures

A CVC contava com uma dívida total de R$ 924,5 milhões com investidores de debêntures no fim do terceiro trimestre, de acordo com informações do último balanço.

O vencimento de duas das três séries debêntures que a CVC mencionou no comunicado acontece em abril e junho deste ano, de acordo com dados da Anbima.

No total, o estoque em mercado de ambos os papéis que a empresa precisa resgatar nos próximos meses é de R$ 695 milhões. Mas no final de setembro a CVC contava com apenas R$ 402,4 milhões em caixa.

Além das duas séries, a companhia conta com outra emissão, com vencimento em 2025 e no valor de R$ 215 milhões.

Por sinal, a empresa paga uma taxa de juros bem salgada aos credores. As taxas das debêntures são equivalentes ao CDI mais um spread que varia de 5,75% a 6,5%. Ou seja, estamos falando de uma dívida na casa de 20% ao ano.

Crise vem de longe

Por fim, vale lembrar que essa é a segunda tentativa de negociação da CVC com credores de debêntures. Em 2020, a empresa conseguiu prorrogar o pagamento em troca de algumas condições. Entre elas, o aumento da taxa de juros e a restrição ao pagamento de dividendos aos acionistas.

Além das restrições que vêm desde a pandemia, a rede ainda teve de lidar com perdas provocadas por problemas contábeis.

Procurada pelo Seu Dinheiro, a CVC encaminhou uma nota após a publicação desta matéria. Leia a seguir a íntegra:

A contratação do banco BR Partners para assessorar a companhia no reperfilamento de sua dívida é um procedimento usualmente adotado pelo mercado por diversas empresas e reforça o compromisso da CVC Corp com a sustentabilidade financeira do grupo. O último balanço financeiro, relativo ao 3T22, demonstra o contínuo processo de redução da dívida, iniciado em 2020, de R$ 2,2 bilhões para R$ 900 milhões. As projeções para 2023 indicam uma forte recuperação do setor de turismo, e o mês de janeiro de 2023 já um reflexo disso.

VEJA TAMBÉM - Americanas não foi o único fracasso de Lemann: veja outros 3 grandes desastres na vida do bilionário

Compartilhe

PRÉVIA OPERACIONAL

MRV (MRVE3) quebra recorde de vendas no Brasil, mas ainda queima milhões em caixa nos EUA

15 de abril de 2024 - 18:33

Na Resia, incorporadora norte-americana da MRV, há uma regra de ouro: não queimar caixa em 2024. Mas a diretriz ainda não foi refletida nos resultados do 1T24

Ranking

O Galaxy desbanca o iPhone: Apple (AAPL34) perde liderança global de smartphones no 1T24

15 de abril de 2024 - 18:17

Embora o setor esteja em crescimento, a gigante de tecnologia apresentou uma queda de quase 10% nas remessas de iPhone no primeiro trimestre do ano

NA CARTEIRA

JP Morgan tira BRF (BRFS3) da geladeira: ações da dona da Sadia e Perdigão disparam na B3 com recomendação de compra 

15 de abril de 2024 - 10:38

Analistas do banco norte-americano veem BRF barata mesmo após disparada de 173% em 12 meses na B3

FALHA NO ACELERADOR

Mais problemas para Elon Musk? Ações da Tesla caem mais de 1% com notícia sobre demissão em massa e falhas no Cybertruck 

15 de abril de 2024 - 10:10

Montadora do bilionário deve demitir cerca de 10% da sua força de trabalho global, o equivalente a pouco mais de 14 mil pessoas, segundo notícia da Reuters

A PARTIR DE 2025

Saiba como a maior produtora de alumínio do país pretende reduzir emissões em até 30% — parte da resposta: com um investimento de R$ 1,6 bilhão

13 de abril de 2024 - 13:13

A multinacional norueguesa Hydro do ramo de alumínio projeta reduzir em cerca de um terço a intensidade de emissão de dióxido de carbono (CO2) nas operações brasileiras a partir de 2025.  A controladora das maiores operações de alumina e alumínio primário no Brasil diz que a previsão é que a meta seja alcançada após a […]

VITÓRIA!

Prio (PRIO3) fica com 100% de Wahoo: como a vitória deve aumentar a produção da petroleira; ações sobem na bolsa

12 de abril de 2024 - 13:05

A empresa recebeu uma decisão favorável da Câmara de Comércio Internacional em um processo arbitral relacionado à concessão BM-C-30, no campo de Wahoo

REESTRUTURAÇÃO DE DÍVIDAS

Light (LIGT3) assina acordos com credores, em novo passo em direção ao fim da recuperação judicial; ações caem na B3

12 de abril de 2024 - 11:46

Foram celebrados dois acordos com credores e debenturistas envolvendo as subsidiárias Light Sesa e Light Energia; entenda o que vem pela frente

ENGORDOU O PATRIMÔNIO

CEO da Nvidia fica quase R$ 3 bilhões mais rico em um dia. Conheça o bilionário que quase dobrou de fortuna em 2024

11 de abril de 2024 - 18:03

Jensen Huang é a 19º pessoa mais rica do planeta, de acordo com a revista Forbes, com um patrimônio avaliado em US$ 79,5 bilhões (R$ 404 bilhões)

ENTENDA O CASO

Justiça embarga obras de complexo bilionário da JHSF (JHSF3) no interior de São Paulo

11 de abril de 2024 - 16:01

A decisão aconteceu após pedido do Ministério Público, que afirma que a JHSF e outras duas companhias burlaram regras de licenciamento ambiental

DESISTIU DA BATALHA?

Gafisa (GFSA3): Esh Capital diminui participação após perder disputa sobre assembleia; ações caem 6% na B3

11 de abril de 2024 - 11:24

A gestora de Vladimir Timerman reduziu a participação na Gafisa de 20% para 4% do capital

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies