🔴 DÓLAR A R$5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
RECUAR, RECUAR

Governo volta atrás na taxação de compras de pessoas físicas na Shein, Shopee e outras varejistas asiáticas a pedido de Lula

O presidente pediu para que sua equipe mantenha a isenção do imposto de remessas internacionais de pessoas físicas de até US$ 50

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
18 de abril de 2023
13:51 - atualizado às 15:39
Aplicativo e site da Shein exibidos em tela de celular e computador
Aplicativo e site da Shein exibidos em tela de celular e computador - Imagem: Divulgação

Dias após causar um rebuliço entre os consumidores brasileiros, o governo federal voltou atrás na polêmica decisão de acabar com a isenção do imposto de remessas internacionais de pessoas físicas no valor de até US$ 50 (R$ 250). De acordo com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, o recuo atende a um pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

"Estão usando uma brecha para burlar a lei. A Receita queria fechar essa brecha. O presidente falou para atuar administrativamente primeiro para não prejudicar quem usa a regra de boa fé", declarou Haddad nesta terça-feira (18) em entrevista a jornalistas.

De acordo com técnicos do governo, varejistas asiáticas como a Shein e a Shopee estariam burlando a tributação para a comercialização de produtos por meio da isenção sobre compras internacionais entre pessoas físicas.

O cerco fiscal de Lula tomou grande repercussão devido à preocupação dos consumidores de que os produtos dessas varejistas acabem ficando mais caros — o que atingiria em cheio o ponto mais vantajoso para os clientes, que são os preços inferiores.

Receita Federal defendia tributação

Vale destacar que ontem o secretário da Receita, Robinson Barreirinhas, havia afirmado que a Fazenda não deveria recuar em fazer com que as empresas do comércio eletrônico paguem o imposto devido.

"Não vamos voltar atrás. Há tributação, e não é efetivada. Tomaremos medidas para tornar eficiente a tributação que já existe", disse. "Posso garantir que temos convicção total de que não voltaremos atrás em relação a metas. Medidas pontuais podem ser revistas ou alteradas, sem mudar resultado final."

Já o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta, defendeu hoje que a decisão "não é um recuo do governo, mas um ajuste".

Compartilhe

ENCHENTES NO RS

BTG: PIB do país deve cair no segundo trimestre com as enchentes do RS, mas recuperação será rápida

14 de junho de 2024 - 20:00

Segundo estudo do banco, a arrecadação de ISS e ICMS e a recuperação do emprego nas áreas atingidas apontam para uma retomada acelerada da econômica

FIIs HOJE

Os dividendos do XPLG11 vão aumentar após aquisição de R$ 300 milhões? Veja o impacto da compra nos proventos do fundo imobiliário

14 de junho de 2024 - 11:10

Com a transação, o XP Log terá direito a 100% do resultado operacional líquido do novo ativo, o que pode aumentar as receitas (e os proventos)

LOTERIAS

Quando a Mega-Sena falha, a Lotofácil não decepciona; veja os ganhadores

14 de junho de 2024 - 5:54

Enquanto o prêmio acumulado da Mega-Sena atingiu a marca de R$ 47 milhões, a Lotofácil teve dois ganhadores na noite de quinta-feira

Pressão do mercado

Haddad diz que “vai dar uma geral” no Orçamento 2025 e acelerar agenda de cortes de gastos

13 de junho de 2024 - 16:40

Segundo o ministro da Fazenda, será feita uma “revisão ampla, geral e irrestrita” das propostas para reduzir despesas

Questão fiscal brasileira

‘Modelo de arrecadação esgotou e governo tem que olhar para os custos’, afirma sócio da O2 capital

13 de junho de 2024 - 9:16

Oestes Costa comenta a necessidade de uma mudança na agenda econômica para “destravar o país” e recomenda investimentos para uma carteira diversificada; confira

LOTERIAS

Lotofácil sai para bolão em SP e Caixa recebe apostas exclusivas para a Quina de São João; Mega-Sena acumulada corre hoje

13 de junho de 2024 - 5:54

Enquanto a Lotofácil faz jus à fama de loteria “menos difícil” do Brasil, prêmio da Mega-Sena está acumulado em R$ 40 milhões

PRÊMIO BANCO CENTRAL DO ANO

Recado para Lula e Haddad? A declaração de Campos Neto sobre a autonomia do BC e as decisões de juros para conter inflação

12 de junho de 2024 - 19:54

Presidente da autoridade monetária recebeu o prêmio “Banco Central do Ano”, conferido pelo portal de notícias Central Banking, em Londres e aproveitou para falar sobre sua gestão

AJUDA AO GOVERNO

Dividendos pingando na conta do Tesouro: BNDES eleva pagamento de proventos para 50% — e cifra deve chegar a R$ 16 bilhões

12 de junho de 2024 - 19:30

Aumento do percentual de pagamento de dividendos de 25% para 50% não deve reduzir os desembolsos do banco, segundo Aloizio Mercadante

De olho nos petrodólares

Ministro da Agricultura elege sauditas como “parceiros preferenciais”

12 de junho de 2024 - 18:42

Fávaro disse que tem fechado acordos para infraestrutura e formação de fundos com a Arábia Saudita

PRESTAÇÃO DE CONTAS

O que o TCU viu de certo — e também de errado — nas contas do governo Lula em 2023?

12 de junho de 2024 - 18:21

A auditoria da prestação de contas de Lula no ano passado verificou cerca de R$ 109 bilhões em irregularidades e distorções de valor no balanço da União

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar