🔴 +30 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – ACESSE GRATUITAMENTE

Lucia Camargo Nunes
AUTOMÓVEIS

Fiat Strada: 5 razões que explicam o sucesso do veículo mais vendido do Brasil pelo segundo ano seguido

A picape pequena teve 112 mil unidades emplacadas em 2022; analisamos os motivos pelos quais a Fiat Strada tem deixado tantos outros carros comendo poeira

Lucia Camargo Nunes
28 de janeiro de 2023
7:22 - atualizado às 8:57
Fiat Strada Volcano 2023
Fiat Strada Volcano 2023 - Imagem: Stellantis

A Fiat Strada tem sido por mais de 20 anos a picape pequena mais vendida do Brasil. Tendo como concorrentes a Chevrolet Montana (a antiga, que saiu de linha) e a Volkswagen Saveiro, a Strada sempre dominou sua categoria e só cresceu em participação. Hoje, a picape da Fiat detém 83% de market share em seu segmento.

Desde quando foi renovada, em plena pandemia em 2020, a picape virou o jogo. Deixou para trás a irmã Toro, então a mais vendida, para liderar entre os comerciais leves e também passou a ser o veículo mais vendido do Brasil desde 2021.

Em 2022, a Strada mais uma vez encerrou o ano como a #1 absoluta. Liderou com folga ao ter 112.390 unidades emplacadas. Atrás dela, o Hyundai HB20 é o segundo, com 96.255 unidades.

  • Em dúvida sobre como investir? Faça o download GRATUITO do e-book Onde investir em 2023 e confira a opinião dos maiores especialistas do mercado financeiro sobre os ativos mais promissores para este ano. BAIXE AQUI

Fiat Strada atrai diferentes perfis de usuários

A ampla gama de variedades da Fai Strada permite que ela atenda a diferentes perfis de usuários.

Enquanto as versões de cabine dupla representam 40,7% de suas vendas, as de cabine Plus (ou estendida, mas que não leva passageiros atrás) são responsáveis por quase 60% de seus licenciamentos.

Ou seja, a Strada, majoritariamente, é um carro voltado ao trabalho, enquanto as versões automáticas, sempre de cabine dupla, agregaram volume à linha.

A fila anda

Mas a fila anda e a Chevrolet deve chamar a atenção com sua nova Montana, que pode “roubar” mercado das Stradas mais equipadas. Será que o modelo da Fiat mantém o fôlego nas vendas? 

O mercado especula que este ano a Strada deve ganhar uma atualização visual, mais e modernos itens de segurança e até uma versão com o desejado motor turbo 1.0 de até 130 cv (o mesmo que equipa Pulse e Fastback). Seria um upgrade e tanto! 

A seguir, vamos elencar as 5 principais razões para a Fiat Strada fazer tanto sucesso! Confira.

1 - Versatilidade

Ao mesclar um carro de passeio com 5 lugares com a utilidade de um comercial leve com caçamba, a Strada traz aquilo que um consumidor que trabalha com carro precisa. Espaço para carga e também espaço para levar sua família.

Assim, não precisa ter dois carros, já que a Strada é um 2 em 1. E para atender a consumidores de variadas necessidades, a Fiat coloca seis versões que combinam diferentes cabines (simples e dupla), motores (1.4 ou 1.3) e câmbios (manual ou CVT).

Todas as Stradas trazem ainda um recurso que é acionado por uma tecla no painel, o TC+, que otimiza o controle de tração em situações de terrenos escorregadios, o que evita que uma das rodas patine. A suspensão elevada também lhe confere robustez.

2 - Bons motores e consumo

A versão que mais vende, a de cabine simples Endurance, é a única equipada com o antigo motor Fire 1.4 de até 88 cv, de configuração mais simples e manutenção de menor custo.

O câmbio é manual de 5 marchas. Seu consumo (medição do Inmetro), usando gasolina, é de 11,9 km/l na cidade e 13,3 km/l, boas marcas.

As demais versões da Strada trazem o motor Firefly 1.3 que rende até 107 cv de potência com etanol e opção de transmissão manual de 5 marchas ou CVT.

Trata-se de um motor mais esperto e adequado para transportar carga na caçamba ou encarar uma estrada. Seu consumo com câmbio manual é de 12,4 e 14 km/l (cidade e estrada).

E olha que curioso: mesmo equipada com câmbio CVT, seu consumo continua quase o mesmo 12,4 e 13,9 km/l.

3 - Espaço de carga ou bagagem

Na era dos SUVs com porta-malas que se equivalem aos de hatches pequenos, a Strada é a rainha do espaço.

Na configuração de cabine simples, ela oferece 1.354 litros de volume e capacidade para levar até 650 kg de peso.

Nas de cabine dupla, a área do compartimento cai para 844 litros e 600 kg.

Mesmo assim, atende bem a pequenos comerciantes, além de aceitar com folga bikes, patinetes, malas e outros tipos de bagagem.

Exceto na versão de entrada, a Strada traz capota marítima de série e todas contam com revestimento que protege a caçamba de riscos e outros danos.

4 - Espaço para levar a família e conforto

Focando nas opções de cabine dupla, a Strada leva com bom nível de conforto 4 pessoas.

Por causa do túnel alto, o quinto passageiro (central) não consegue acomodar bem as pernas, mas para trajetos curtos funciona. Os outros dois passageiros, de estatura média, vão bem atrás, em espaço de cabeça e pernas.

O motorista não conta com luxo ou sofisticação, mas a cabine atende bem.

A versão CVT Volcano, por exemplo, não deixa nada a desejar aos automóveis de passeio: suspensão bem acertada, conforto de um câmbio automático e conteúdos modernos, como a central multimídia de 7” que pareia Android ou Apple sem fio, câmera de ré, ar-condicionado que gela a cabine em instantes, comandos do som no volante, direção elétrica e bancos de couro e tecido, entre outros itens.

5 - Concorrência e situação do mercado

O quinto motivo pelas boas vendas da Fiat Strada tem a ver com a falta de concorrentes à altura (a Volkswagen Saveiro sobrevive, mas ficou para trás, principalmente em espaço para passageiros), dos altos preços de picapes acima dela (a Toro começa em R$ 147 mil) e de uma situação que se acentuou no pós-pandemia: para que ter um carro de trabalho e outro de lazer, se tudo pode ser feito em um carro só, um IPVA, um licenciamento, um seguro?

Um carro que entrega conforto, desempenho adequado, baixo consumo e versatilidade.

Leia também

Qual Fiat Strada é adequada ao seu estilo de vida?

  • Endurance Cabine Plus 1.4 manual por R$ 99.990: ideal para quem é solteiro (só tem 2 lugares) e precisa de uma picape para trabalho ou lazer com equipamentos (pranchas, bikes, etc).
  • Freedom Cabine Plus 1.3 manual por R$ 105.990: de perfil de uso parecido com a Endurance, mas com um motor mais esperto e moderno.
  • Freedom Cabine Dupla 1.3 manual por R$ 111.990: esta é mais voltada para quem precisa transportar pequenas cargas, seja para trabalho ou lazer, e não abre mão de levar família e amigos, por isso conta com 5 lugares.
  • Volcano Cabine Dupla 1.3 manual por R$ 115.990: atende quase às mesmas necessidades de quem busca uma Freedom CD, porém com mais conteúdo. Elas se diferenciam por agregar revestimentos de couro e tecido nos bancos, central multimídia, câmera de ré, ar-condicionado digital e automático, santoantonio (proteção em caso de capotamento, que lhe confere mais esportividade), barras longitudinais no teto, rodas de 16” (na Freedom é de 15”) e carregador de celular por indução.
  • Volcano Cabine Dupla 1.3 CVT por R$ 122.990: acrescenta à anterior o bom câmbio CVT que simula 7 marchas (um item e tanto de conforto, mas que a Fiat cobra alto por isso), aletas atrás do volante para trocas de marcha e a função Sport, que eleva o giro do motor e adia as trocas de marcha para entregar um pouco mais de desempenho.
  • Ranch Cabine Dupla 1.3 CVT por R$ 127.990: a Strada topo de linha adiciona basicamente à Volcano, revestimento de couro nos bancos e pneus de uso misto. 

(Preços e versões da Fiat Strada 2023, valores de São Paulo, em janeiro de 2023)

Participação de mercado de cada versão da Fiat Strada

Endurance Cabine Simples 44,5%
Freedom Cabine Simples14,8%
Freedom Cabine Dupla 14,8%
Volcano Cabine Dupla manual13,6%
Volcano Cabine Dupla CVT4,9%
Ranch Cabine Dupla CVT7,4%
Fonte: Fiat.

Compartilhe

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies