2022-04-15T14:33:16-03:00
Beatriz Azevedo Pinto
GUERRA NO LESTE EUROPEU

Perigo nuclear: presidente da Ucrânia alerta que Rússia pode usar armas atômicas para vencer a guerra e diz Putin ‘não está nem aí’ para vidas; entenda

Para Volodymyr Zelensky, o mundo deve estar preparado para a possibilidade da Rússia usar armas nucleares contra a população ucraniana

15 de abril de 2022
14:33
shutterstock_1489752857
Imagem: Shutterstock

“Todos os países do mundo devem estar preparados para a possibilidade de Vladimir Putin usar armas nucleares na guerra contra a Ucrânia”. A fala é do presidente ucraniano,  Volodymyr Zelensky, em entrevista à CNN nesta sexta-feira (15). 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Zelensky afirmou também que o presidente russo poderia recorrer ao uso de armas nucleares ou químicas, pois não valoriza a vida dos ucranianos.

 "Não só eu, todo o mundo, todos os países precisam se preocupar porque pode não ser uma informação real, mas pode ser verdade", disse. 

Ataques russos em Kiev 

Enquanto isso, a Rússia ataca os arredores de Kiev com mísseis de cruzeiro, de acordo com informações do Ministério da Defesa russo. 

Nesta sexta-feira (15), Moscou atacou uma instalação militar nos arredores da capital ucraniana. O evento aconteceu dois dias depois de a Rússia ameaçar atingir novos pontos na região em resposta a supostos ataques ucranianos em solo russo.

"Esta noite, uma instalação militar nos arredores de Kiev foi atingida por mísseis Kalibr de longo alcance lançados no mar", disse o porta-voz do Ministério da Defesa russo, major-general Igor Konashenkov. 

Na última quarta-feira (13), os militares de Putin ameaçaram atacar centros de tomada de decisão em resposta ao que, de acordo com as alegações russas, seriam “tentativas de sabotagem em ataques” no país.  

Na quinta-feira (14), autoridades russas apontaram ataques ucranianos dentro da fronteira. Autoridades da Ucrânia afirmam que tratam-se de alegações falsas para criar uma narrativa que justifique os ataques.  

Ainda na quinta, um dos navios de guerra mais importantes da Rússia afundou no Mar Negro. A Ucrânia alegou ter atingido o cruzador russo mísseis antinavio, enquanto os militares russos reconhecem apenas que o navio havia afundado após um incêndio a bordo e a detonação de munição.

Investidas com mísseis na capital ucraniana “aumentarão em resposta a quaisquer ataques do regime nacionalista de Kiev de natureza terrorista ou sabotagem em território russo”, disse Konashenkov nesta sexta (15).  

Rússia terá novos inimigos? 

Recentemente, Suécia e Finlândia receberam um alerta de autoridades russas. O recado não podia ser mais claro: os países se tornarão inimigos da Rússia caso entrem para a Otan, disse o vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, Dmitry Medvedev.

“Não se pode mais falar em status livre de armas nucleares para a região báltica, o equilíbrio precisa ser restaurado”, afirmou no Telegram. 

Medvedev disse ainda que se os países passarem a fazer parte do pacto liderado pelos Estados Unidos, a extensão das fronteiras terrestres da aliança com a Federação Russa mais que dobrará, o que poderia causar represálias pelo país de Vladimir Putin.

Os comentários chegam após Suécia e Finlândia, que já são parte da União Europeia,  afirmarem que a decisão de aderir à Otan seria tomada em algumas semanas.

Veja também - Guerra nuclear? Arsenal atômico da Rússia está pronto para combate

*Com informações da CNN Internacional

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Entre 65 e 380 eu compro

7 de julho de 2022

“O que vai acontecer com X?”. É uma pergunta errada e perigosa, que nem sequer deve ser formulada em decisões de investimento; entenda

OS SOBREVIVENTES

Putin vê mais um primeiro-ministro britânico cair, mas ainda precisa comer muita farinha antes de alcançar a rainha Elizabeth II

7 de julho de 2022

Boris Johnson é o quinto primeiro-ministro a cair com Putin na presidência da Rússia, mas a monarca britânica já viu muito mais que isso

FINO EQUILÍBRIO

Bitcoin (BTC) tenta começar o segundo semestre com o pé direito e criptomoedas acumulam altas na semana; confira oportunidades

7 de julho de 2022

Na semana, a maior criptomoeda do planeta acumula avanço de mais de 8%, mas investidores continuam à espera de um milagre

REESTRUTURAÇÃO

TIM anuncia plano de transformação: confira se as mudanças vão atingir os negócios da TIM Brasil (TIMS3)

7 de julho de 2022

A reestruturação tem o objetivo de reduzir a dívida da operadora na Itália; as operações no Brasil não serão afetadas, de acordo com a TIM

RECONECTANDO

Após três semanas fora do ar, Binance volta a negociar criptomoedas em reais; problemas com BC serão resolvidos com nova parceira?

7 de julho de 2022

Em nota enviada à reportagem, a exchange afirma que “atua em total acordo com o cenário regulatório do Brasil”