O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-30T08:04:04-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Aperta o play!

O pássaro na mão do Elon Musk vale tanto assim? O que a aquisição do Twitter revela para o futuro da plataforma

No podcast Touros e Ursos desta semana, falamos sobre a compra do Twitter pelo bilionário Elon Musk e o futuro da plataforma

30 de abril de 2022
8:06 - atualizado às 8:04
Elon Musk com o passarinho azul símbolo do Twitter nos ombros
Aquisição do Twitter por Elon Musk levanta dúvidas sobre o futuro de seus outros negócios, notadamente da Tesla. - Imagem: Shutterstock, Twitter e Andrei Morais

Depois de muita especulação do mercado e resistência por parte dos conselheiros do Twitter, o bilionário Elon Musk finalmente conseguiu engaiolar o passarinho azul.

Na última segunda-feira (25), o dono da Tesla e da SpaceX fechou a compra da rede social por nada menos que US$ 44 bilhões.

Não é segredo que Musk adora o Twitter, como usuário. Ele é bem ativo no microblog, o qual utiliza de maneira bastante pessoal, ou seja, não institucional.

Ele posta piadinhas e memes, conteúdos misteriosos, informações sobre seus negócios, opiniões políticas, enquetes, além, é claro, de algumas opiniões um tanto polêmicas, como o questionamento sobre a eficácia da vacina contra a covid-19.

Ao falar sobre a Tesla na rede social, por vezes o homem mais rico do mundo se encrencou com a SEC, a comissão de valores mobiliários americana, postando o que não devia.

Afinal, por mais informal que se possa ser no Twitter, e por mais que a rede aproxime autoridades, empresários, artistas e intelectuais do grande público, uma empresa aberta ainda é uma empresa aberta, e tem certas coisas que não se podem divulgar, a não ser via comunicação oficial e regulada.

Mas agora, Musk colocou dinheiro onde seu coração já estava. Ele deseja ser o dono da bola: comprou 100% do Twitter e quer fechar o capital da companhia. E quando fala da rede social, menciona liberdade de expressão e o que ele considera serem melhorias para os usuários, mas não tanto para o negócio em si.

Qual será o futuro do Twitter sob Elon Musk?

A compra do Twitter pelo bilionário foi um dos principais assuntos a mexerem com o mercado na última semana e deixou uma série de dúvidas: afinal, Musk pretende aprimorar o Twitter como negócio, ou essa compra é apenas um capricho de um ricaço que quer ter a própria rede social? Ele vai conseguir implementar as mudanças que pretende? Elas serão boas - e para quem? Com que dinheiro ele vai pagar essa bolada? E será que os outros negócios do empresário podem sofrer, depois dessa aquisição?

Eu e o Victor Aguiar tentamos responder a essas questões no podcast Touros e Ursos dessa semana. Também conversamos um pouco sobre os melhores e piores investimentos de abril e os problemas de governança corporativa da Natura. Para ouvir, basta apertar o play no tocador abaixo.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa futuro abre próximo da estabilidade e tenta ignorar exterior; dólar vai a R$ 5,07

RESUMO DO DIA: A desaceleração da economia chinesa pesou no sentimento das bolsas nesta segunda-feira (16). Os dados mais fracos dão os primeiros sinais de recessão, o que deve afetar o desempenho das atividades nos demais países. Por aqui, a Petrobras (PETR4) é o foco do dia, com debates envolvendo o preço dos combustíveis e […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Wiz (WIZB3) e lucro de 5% no bolso com Bradesco (BBDC4)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Wiz (WIZS3), com entrada em R$ 8,44; veja a análise

O melhor do Seu Dinheiro

O Nubank estará Nu mais uma vez? Confira a história do dia e outras sete notícias que mexem com os seus investimentos

O Nubank virou rei na competição com os bancões, mas a nudez dos balanços amargou o gosto dos investidores pela fintech; veja o que esperar do resultado do primeiro trimestre

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Desaceleração da China gera mal estar e bolsas amanhecem pressionadas; Ibovespa acompanha tensão na Petrobras (PETR4)

No panorama doméstico, os balanços de Magazine Luiza, Nubank e outros movimentam o dia

Fã ou hater?

O Nubank (NUBR33) vai calar a boca dos críticos? Saiba o que esperar dos resultados do 1T22 do banco digital

Nubank é um daqueles papéis que costumam gerar um comportamento binário dos investidores, a exemplo de Oi (OIBR3) e IRB (IRBR3): ou você é fã, ou é hater.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies