A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-07-05T17:26:52-03:00
Carolina Gama
É CEDO OU TARDE DEMAIS…

UBS vê potencial de valorização menor para Hapvida — será que é hora de dar adeus à HAPV3?

O banco cortou o preço-alvo das ações, de R$ 15,40 para R$ 9,00, o que representa um potencial de valorização de 49% em relação ao fechamento de segunda-feira (04)

5 de julho de 2022
15:51 - atualizado às 17:26
foto de prédio da Hapvida (HAPV3)
Prédio da Hapvida - Imagem: Divulgação

“Você apareceu do nada e você mexeu demais comigo…” Embora não tenha sido do nada que a Hapvida (HAPV3) apareceu no mercado, rapidamente a operadora de saúde mexeu com os investidores, tornando-se uma das  queridinhas do mercado

Mas o cenário macroeconômico mais difícil — com direito a aceleração da inflação e taxa de juro elevada — pesa sobre o desempenho das ações HAPV3, que acumulam perda anual de cerca de 60%. 

Será que “é cedo ou tarde demais pra dizer adeus, pra dizer jamais” para a Hapvida? Segundo o UBS, não é hora de dar tchau para os papéis HAPV3.  

Pelo contrário. O banco manteve a recomendação de compra, mas cortou o preço-alvo de R$ 15,40 para R$ 9,00, o que representa um potencial de valorização de 49% em relação ao fechamento de segunda-feira (04). 

O que o UBS vê na Hapvida (HAPV3)?

Se às vezes você fica assim… pensando… como diz a letra dos Titãs, o UBS te conta o que vê no caminho da Hapvida (HAPV3) para manter a indicação de compra das ações. 

Segundo o banco, os aumentos de preços devem atender às preocupações de curto prazo, enquanto as adições brutas indicam que a Hapvida pode superar a média do mercado nas regiões mais relevantes em 400 a 800 pontos-base. 

Além disso, a operadora de saúde está negociando um múltiplo próximo da oferta pública de ações (IPO) de 22x preço/lucro (P/E), o que, na visão do UBS, indica um ponto de entrada atraente para um nome cujo potencial de crescimento permanece, apesar da deterioração da confiança.

Veja também: Três lições para lucrar com a Selic em alta

Então por que o preço-alvo está menor?

Segundo o UBS, neste segundo semestre as integrações relacionadas às fusões e aquisições serão obstáculos ao crescimento orgânico da Hapvida (HAPV3)

Além disso, a empresa enfrenta uma incompatibilidade de entre preço e custo. 

Neste sentido, o UBS acredita que a lucratividade pressionada no setor provavelmente exigirá preços recordes, sugerindo um novo ciclo de rebaixamento.

A Hapvida também enfrenta a aversão ao risco e o impacto persistente da covid-19 na desaceleração do crescimento e nos ganhos. 

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) sente pressão do Fed e recua na semana, enquanto ethereum (ETH) sustenta alta impulsionada pela “The Merge”; entenda

18 de agosto de 2022 - 20:25

O ethereum (ETH) vence a letargia do mercado hoje ainda impulsionado pela The Merge, atualização que, segundo analista, foi enfim “descoberta” pelo mercado

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro aparece no retrovisor de Lula, mas petista ainda pode levar no primeiro turno, segundo Datafolha

18 de agosto de 2022 - 20:00

Essa é a primeira pesquisa de intenção de voto divulgada após o início oficial da campanha presidencial, que começou há dois dias

REBATEU FAKE NEWS

“Estou meio acostumada a tomar paulada”: Luiza Trajano fala sobre política, empreendedorismo e os desafios do Magalu (MGLU3)

18 de agosto de 2022 - 19:13

A empresária rebateu alguns dos principais boatos que envolvem o seu nome e comentou as perspectivas do varejo no TAG Summit 2022

MAIS UM PASSO

Unindo os jalecos: acionistas do Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) aprovam a fusão entre as companhias

18 de agosto de 2022 - 19:12

Os acionistas de Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) deram aval para a junção dos negócios das companhias; veja os detalhes

o melhor do seu dinheiro

Ibovespa faz o dever de casa, o futuro das petroleiras e quem vai ficar com Congonhas; confira os destaques do dia

18 de agosto de 2022 - 18:40

Passado o grande evento da semana — a divulgação de ontem (17) da ata da última reunião do Federal Reserve — os investidores tiveram pouco com o que trabalhar nesta quinta-feira (18), levando as bolsas globais a mais um dia de muita volatilidade.  A cautela inicial em Nova York e a subida dos juros futuros […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies