O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-03-22T17:25:10-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Interferência?

Saiba quem é o assessor de Paulo Guedes que entrou na lista de cotados para presidir a Petrobras

A presidência da estatal sofre pressão pela alta do preços dos combustíveis e criação de subsídio para baratear a gasolina

22 de março de 2022
11:28 - atualizado às 17:25
Caio Mario Paes de Andrade, indicado para o comando da Petrobras pela Economia, de braços cruzados com painel de madeira ao fundo
Caio Mário Paes de Andrade, secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital. - Imagem: Divulgação

A crise do preço dos combustíveis e a pressão para a criação de um subsídio com recursos do Tesouro, para conter a alta da gasolina, acirraram os ânimos entre os ministros de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e da Economia, Paulo Guedes. E essa disputa pode se refletir no comando da Petrobras (PETR4).

Nos bastidores, o nome do secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Caio Mário Paes de Andrade, tem sido indicado ao presidente Jair Bolsonaro para substituir Joaquim Silva e Luna no comando da Petrobras.

  • IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui.

Ele, que já foi presidente do Serpro (estatal de processamento de dados do governo), é auxiliar de Guedes e atua à frente da digitalização dos serviços públicos na plataforma Gov.br.

Porém, o aparecimento do nome foi interpretado no Ministério de Minas e Energia como uma tentativa de ingerência de Guedes na área que não é dele, para apoiar a saída de Silva e Luna. Vale lembrar que o ministro da Economia indicou o primeiro presidente da Petrobras no governo Bolsonaro, Roberto Castelo Branco.

Na contramão, o ministro Bento Albuquerque e outros ministros têm apoiado Silva e Luna a permanecer na Petrobras, mas sua situação no cargo segue delicada, segundo fontes.

Guedes nega indicação para Petrobras

Em meio às notícias de que a saída do presidente da Petrobras pode ocorrer no dia 13 de abril, data da eleição do novo conselho de administração da empresa, Guedes negou a interlocutores que tenha sugerido o nome de Andrade.

Mas em conversas com auxiliares não esconde que está cada vez mais desconfortável com a pressão do Ministério de Minas e Energia para a criação de um subsídio com recursos do Tesouro.

A percepção na área econômica é que Bento estaria acuado com as críticas de Bolsonaro à Petrobras e tentando jogar a conta para o Ministério da Economia via subsídio "sem controlar os lucros abusivos da empresa", motivo de descontentamento do presidente.

Guedes e equipe preferem esperar o cenário internacional antes de decidir sobre a criação de um subsídio.

Leia também

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa na contramão de NY, Gol troca comandante e Tesla em apuros; confira os destaques do dia

Mesmo com o dia ruim em NY, o Ibovespa conseguiu ter um dia de ganhos

BALANÇO

De mudança para os EUA, Inter (BIDI11) lucra R$ 27,5 milhões no primeiro trimestre; confira os destaques do banco digital

O Inter também ultrapassou a marca dos 18 milhões de clientes entre janeiro e março, alta de 82% na comparação com o mesmo período de 2021

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa contraria Nova York e sobe mais de 1%, de olho em fraqueza chinesa e futuro da Selic

O futuro da taxa de juros esteve em pauta no Ibovespa, em Wall Street e na China, onde a desaceleração da economia preocupa

Balanço

Nubank (NUBR33) registra prejuízo menor do que o esperado no 1T22, mas inadimplência dispara. Veja os destaques do balanço

Índice de inadimplência acima de 90 dias do Nubank aumentou 0,7 ponto percentual na passagem do 4T21 para o 1T22

Lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) salta para R$ 3,7 bilhões no primeiro trimestre; veja quando a holding pagará dividendos

Segundo a empresa, esse é o melhor primeiro trimestre de sua história e reflete a solidez do portfólio, que inclui a participação no Itaú e na XP

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies