🔴 +30 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – ACESSE GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView
Carolina Gama
CADÊ MEU LANCHE?

Putin vai ficar sem Big Mac, Coca-Cola (COCA34) e café da Starbucks (SBUB34), mas ainda tem a Pizza Hut; entenda por que algumas empresas seguem na Rússia

Para estancar a saída dos mais de 230 conglomerados que deixam o país, legisladores russos já falam em nacionalização de companhias estrangeiras

Carolina Gama
8 de março de 2022
17:37 - atualizado às 11:17
Foto de um Big Mac sobre uma bancada de madeira
Imagem: Reprodução/Flickr

Dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola, picles, num pão com gergelim. A partir de agora, os russos só poderão cantar o jingle do Big Mac porque comer o lanche ficou mais difícil. O McDonald's (MCDC34) anunciou nesta terça-feira (08) que fechará temporariamente 850 unidades na Rússia por conta da invasão da Ucrânia. 

O CEO Chris Kempczinski escreveu em uma carta aos franqueados e funcionários dizendo que a rede interromperá todas as operações na Rússia. No entanto, continuará a pagar seus 62.000 funcionários.

Mas nem tudo está perdido após o anúncio do McDonald 's. O presidente russo, Vladimir Putin, ainda poderá comer uma pizza na Pizza Hut ou um frango frito no KFC. 

A Universidade de Yale, que mantém uma lista de empresas com presença significativa na Rússia, afirma que cerca de 230 anunciaram sua retirada do país desde a invasão da Ucrânia. Mas por que outras decidem ficar?

Sem Big Mac e Coca-Cola e café, mas com pizza

A maioria das empresas que já deixaram a Rússia ou anunciaram a suspensão de suas atividades no país tomou essa decisão por conta da dificuldade da realização de negócios com a enxurrada de sanções econômicas e financeiras impostas pelo Ocidente.

Além disso, boa parte delas - como é o caso do McDonald 's - está preocupada com a imagem corporativa em um momento de invasão à Ucrânia. 

Quem ficou na Rússia alega que as licenças impedem uma decisão coletiva de saída do país. É o caso da Yum! Brands, cujos mais de mil restaurantes KFC e 50 lojas Pizza Hut são de propriedade independente e operados sob licença ou franquia.

Gigantes como Burger King por enquanto ainda seguem no país e funcionam, na sua maioria, em regime de franchising, com muitos dos espaços na mão de outras empresas. 

A Coca-Cola, Pepsi e Starbucks, que estavam nesse grupo, anunciaram no fim da tarde de hoje que suspenderão as operações na Rússia e indicaram que continuará monitorando a situação no Ucrânia.

Conheça os desdobramentos da invasão russa à Ucrânia:

O caso do McDonald 's

Nos últimos dias, a gigante do fast-food famosa pelo seu Big Mac atraiu críticas por permanecer em silêncio sobre a guerra, devido à sua presença relativamente grande na Rússia.

Os restaurantes do McDonald's no país e na Ucrânia respondem por 2% de suas vendas em todo o sistema, cerca de 9% de sua receita e 3% de sua receita operacional.

O McDonald's também desempenhou um papel simbólico na Rússia. A rede abriu sua primeira loja na União Soviética há 32 anos, em Moscou, meses antes do colapso do Estado.

Diferente da Pizza Hut, do KFC e da Starbucks, cerca de 84% das unidades do McDonald's na Rússia são de propriedade da empresa, enquanto o restante é operado por franqueados. 

Nacionalização é o caminho?

Para driblar a fuga - ainda que temporária - das empresas, um membro sênior do partido no poder da Rússia propôs a nacionalização de fábricas de propriedade estrangeira.

Várias empresas, incluindo a General Electric (GE) que anunciou hoje também a saída do país, decidiram fechar lojas e fábricas para pressionar o Kremlin a interromper a invasão da Ucrânia. 

Em um comunicado publicado na noite de segunda-feira (07) no site do Rússia Unida, o secretário do conselho geral do partido no poder, Andrei Turchak, disse que o fechamento das operações era uma "guerra" contra os cidadãos da Rússia.

*Com informações da AFP e da Reuters

Compartilhe

Balanço do mês

Bitcoin é o melhor investimento de fevereiro, com alta de mais de 40% no mês, e Ibovespa também sobe ao pódio; veja ranking completo

29 de fevereiro de 2024 - 19:40

ETFs de bitcoin à vista nos EUA finalmente “pegaram”, impulsionando a cotação da criptomoeda; Ibovespa fecha mês em alta de 0,99%

CONCESSÃO DE 30 ANOS

Sem concorrentes, consórcio de brasileiros e chineses vence leilão de trem que ligará São Paulo a Campinas

29 de fevereiro de 2024 - 18:16

O grupo terá que investir cerca de R$ 12,4 bilhões para criar uma linha que conecte os munícipios Jundiaí, Louveira, Vinhedo e Valinhos, além de uma opção expressa para quem vai da capital a Campinas

GRANDES FORTUNAS NA MIRA

Como Haddad quer convencer o G20 a lançar uma proposta “ambiciosa” para taxar super-ricos ao redor do mundo

29 de fevereiro de 2024 - 14:16

Vale destacar que o trabalho do grupo que reúne as maiores economias mundiais estão sob presidência brasileira

VAI QUE…

Por que o Brasil cresceu pouco nas últimas décadas? Geraldo Alckmin tem uma resposta — e uma receita para reverter esse cenário

29 de fevereiro de 2024 - 12:07

Participação do PIB do Brasil na economia mundial vem caindo e deve alcançar apenas 2,3% em 2024, segundo FMI

LOTERIAS

Lotofácil faz 3 novos milionários da noite para o dia. Será que foi você?

29 de fevereiro de 2024 - 5:56

Fábrica de milionários da Lotofácil opera com capacidade total; Mega-Sena acumulada corre hoje e pode pagar R$ 135 milhões

O TAL DO HEDGE

Como o governo quer aumentar a oferta de proteção contra a queda do real para os investidores de longo prazo

28 de fevereiro de 2024 - 18:22

Segundo o secretário do Tesouro, o objetivo é criar uma linha que estimule as instituições financeiras a oferecem mais produtos para proteção cambial

VEJA QUEM TEM DIREITO

Lote da “malha fina”: Receita paga amanhã restituição de Imposto de Renda para quem acertou as contas com o Fisco

28 de fevereiro de 2024 - 17:03

O valor total das restituições ultrapassa os R$ 304 milhões e será destinado a contribuintes com prioridade legal, além de quem utilizou a declaração pré-preenchida ou optou pelo depósito via Pix

CHEGOU A NOSSA VEZ?

O país do futuro: 7 razões pelas quais o BTG Pactual (BPAC11) considera que o potencial do Brasil está prestes a se realizar

28 de fevereiro de 2024 - 13:05

Há obstáculos pelo caminho, mas analistas do BTG veem o Brasil bem posicionado para aproveitar a oportunidade de chegar ao futuro

LOTERIAS

Mega-Sena acumula de novo e fortuna em jogo sobe ainda mais; Lotofácil tem 2 ganhadores em SP

28 de fevereiro de 2024 - 5:48

Lotofácil garante a alegria dos apostadores das loterias da Caixa; Mega-Sena só saiu duas vezes até agora em 2024

NOVA PLATAFORMA

Governo vai permitir que trabalhador tome empréstimo consignado sem passar pelo patrão; veja como vai funcionar o FGTS digital

27 de fevereiro de 2024 - 19:48

A nova plataforma substituirá o antigo sistema da Caixa e incluirá um rubrica para que os trabalhadores tomem crédito diretamente com os bancos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies