🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-02-15T12:57:33-03:00
Camille Lima
GERAÇÃO X, Y OU Z

O ano em que você nasceu define quando você poderá resgatar dinheiro ‘esquecido’ nos bancos; veja o calendário de consultas do BC

Existem três intervalos considerados para o resgate do dinheiro: nascidos antes de 1968, entre 1968 e 1983 e depois de 1983; ainda foram definidas as datas de repescagem para quem perder os prazos iniciais

15 de fevereiro de 2022
12:57
Banco Central

Até ontem, no dia de lançamento, os detentores de mais de 20 milhões de CPFs e CNPJs já procuraram o sistema do Banco Central (BC) para descobrir se tinham algum dinheiro esquecido nos bancos para receber. 

Mas, se você realmente tiver direito a algum valor, é preciso ficar de olho no calendário do BC, já que a data para o resgate dos valores depende só de uma coisa: o ano em que você nasceu, no caso da pessoa física, ou criou a sua empresa, para a pessoa jurídica.

Isso mesmo, tudo depende se você (ou a sua companhia) é geração X, Y ou Z. Na linguagem dos “jovens”, se você for “cringe”, terá o direito de receber o dinheiro antes da galera mais nova. 

Confira o calendário:

Data de nascimento (pessoa física) ou de criação da empresa (pessoa jurídica)Período para consulta e resgate
Antes de 196807 a 11 de março
Entre 1968 e 198314 a 18 de março
Depois de 198321 a 25 de março

Mas, caso você perca os prazos originais de resgate, ainda terá chance de entrar para a repescagem e retirar seu dinheiro esquecido. 

Para os nascidos antes de 1968, a repescagem ocorre em 12 de março, enquanto para os que nasceram entre 1968 e 1983 e depois de 1983, nos dias 19 e 26 do mesmo mês, respectivamente.

Se você também perder seu sábado de repescagem, vai poder consultar ou solicitar o resgate do saldo existente a partir de 28 de março. Caso não solicite em todo esse período, os valores vão continuar guardados para o usuário.

Onde conferir se existe dinheiro esquecido

A consulta aos valores esquecidos será feita em duas fases. O Banco Central calcula que existem R$ 3,9 bilhões em valores "esquecidos" nas instituições financeiras nessa primeira etapa, de 28 milhões de CPF e CNPJ. No total, são R$ 8 bilhões.

Para saber se você tem algum dinheiro a receber, basta consultar a plataforma do banco central Sistema Valores a Receber (SVR) no endereço valoresareceber.bcb.gov.br.

Ou seja, para dar andamento no processo, é necessário que o usuário esteja cadastrado na plataforma gov.br, do governo federal.

Caso esteja tudo certo, para realizar o login no SVR, é preciso informar o CPF ou o CNPJ e a data de nascimento da pessoa ou a de abertura da empresa. 

Cuidado com golpes

O anúncio e o lançamento do Sistema Valores a Receber (SVR) não vieram desacompanhados: os golpistas estão aproveitando o momento para conseguir dinheiro. Confira todas as dicas do Banco Central para evitar golpes financeiros.

Segundo informações do Valor Investe, além de sites falsos, os cibercriminosos também utilizam o WhatsApp para enganar os consumidores. 

Uma forma de fraude pede que a vítima repasse uma mensagem a 10 contatos de sua rede no aplicativo. Assim que compartilha a mensagem, o usuário é encaminhado para sites falsos que sempre indicam que existe um valor entre R$ 1 mil e R$ 4 mil "esquecido" em seu nome.

O site também solicita que a vítima registre o nome completo, CPF e sua chave Pix com a promessa de saque instantâneo do dinheiro.

Mas o banco central avisa: a instituição não pode solicitar que o cidadão informe seus dados pessoais ou sua senha de acesso para resgate dos valores no SVR.

Além disso, o BC não envia links nem entra em contato com o cidadão para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

FII DO MÊS

Fundos de papel retornam ao topo da preferência dos analistas; veja quais são os FIIs favoritos para julho

6 de julho de 2022

Em meio ao temor de recessão global, as corretoras consultadas pelo Seu DInheiro voltaram-se novamente para a proteção do papel

ESQUENTA DOS MERCADOS

Bolsas estrangeiras patinam à espera da ata do Fed e dos dados de desemprego nos Estados Unidos

6 de julho de 2022

Investidores preparam-se para a divulgação da ata do Fed na tentativa de prever os próximos passos da política monetária norte-americana

Especiais SD

Onde investir no 2º semestre: Renda fixa, nós gostamos de você! Com juros altos, ativos mais rentáveis do ano continuam atraentes

6 de julho de 2022

No difícil primeiro semestre de 2022, ativos de renda fixa foram os únicos a se salvarem, especialmente aqueles que se beneficiam da alta dos juros; para o resto do ano, esses investimentos permanecem interessantes, e investidor não precisa correr muito risco para ganhar dinheiro

NOITE CRIPTO

Parece, mas não vai: bitcoin segue preso ao patamar de US$ 20 mil; saiba o que está no caminho do BTC

5 de julho de 2022

Investidores devem ficar atentos à divulgação da ata da reunião do junho do Federal Reserve, prevista para amanhã — documento tem potencial para aumentar a volatilidade do mercado

AGORA É PRA VALER

Petrobras (PETR4) conclui a venda de participação na Deten Química — veja quanto entrou no caixa da estatal

5 de julho de 2022

O negócio, que tinha sido anunciado em abril, encerra a presença da petroleira na fabricante das principais matérias-primas para o segmento de limpeza doméstica e comercial no Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies