🔴 DÓLAR A 5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

As armadilhas nas quais todo trader já caiu, mas que você pode evitar

O trader mais experiente, que controla melhor suas emoções, entende que erros são comuns e não se deixa abalar, pelo contrário, aprende com isso

21 de outubro de 2022
11:59 - atualizado às 11:33
Tela com operação de day trade
Tela com gráfico de cotações - Imagem: Shutterstock

Olá trader!

Quantas vezes você se arrependeu de ter vendido aquela ação que depois se valorizou bastante? Ou de ter esperado demais para zerar aquela posição perdedora que agora acumula um prejuízo muito maior?

Se você já passou por alguma dessas situações, fique tranquilo, isso é bem comum. O arrependimento é a sensação de ter tomado a decisão errada.

Todos os traders, não tenho medo de afirmar isso, já praticaram alguma dessas ações, que se provaram erradas.

A grande diferença fica na forma de como lidamos com isso: o trader mais experiente, que controla melhor suas emoções, entende que isso é algo comum e não se deixa abalar, pelo contrário, aprende com isso, pois tem seu gerenciamento de risco na ponta do lápis.

Por outro lado, o trader inexperiente, que não domina suas emoções, acaba deixando que esse medo se some ao medo de perder. Desta forma, fica paralisado, sem conseguir tomar novas decisões de investimento, perdendo oportunidades e aumentando seu prejuízo.

O perigo da “última chance” para o trader

O perigo fica ainda maior quando o trader, sem controle emocional, se vê encurralado pela série de decisões erradas que tomou e se coloca na posição de “última chance”.

Esse momento é aquele que você, quando vai ao cassino e vê sua banca cada vez menor, em certo momento toma a decisão do “all in”. Ou seja, coloca tudo o que te resta em uma aposta muito arriscada, que te devolveria boa parte do que perdeu, mas que racionalmente não faz muito sentido.

No trade, a situação é muito semelhante, mas com um agravante: é possível perder mais do que a sua “banca”. No day trade, principalmente de futuros, a alavancagem é muito grande e, por maior que seja o esforço da corretora para evitar que isso aconteça, ainda assim é possível, seja quando o ativo entra em leilão e “pula” o preço de stop ou em movimentos muito bruscos, quando o preço se distancia de forma muito rápida do stop.

Um exemplo prático para quem nos acompanha diariamente no YouTube do BTG Trader foram os circuit breakers que tivemos ao longo de 2020, em que o preço saía do leilão em pontos bem distantes de onde tinha entrado.

O trader é como um atleta de alta performance, ele é testado diariamente, e seu maior inimigo é ele mesmo. Controlar a mente é um exercício dificílimo, por isso, entender quais são os vieses é muito importante dentro do processo de amadurecimento do trader.

Entretanto, ficar apenas no entendimento não adianta, é preciso aprender com ele, controlando o risco que corremos versus o retorno que desejamos e aperfeiçoando a técnica ao longo do tempo.

Compartilhe

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mais um dia na bolsa de valores: barulheira fiscal no Brasil, eleições municipais, divulgação do IBC-Br e outros destaques que agitam os mercados

14 de junho de 2024 - 9:07

Contribuição da B3 para a forte queda do Ibovespa em maio, venda da Cetrel pela Braskem (BRKM5) e eleições no Reino Unido também agitam as bolsas nesta sexta-feira (14)

SEXTOU COM O RUY

Em plena semana dos namorados, chegou a hora de dar um “pé na bunda” na bolsa brasileira?

14 de junho de 2024 - 7:01

As notícias não têm sido muito animadoras, mas o Ibovespa negocia hoje com descontos que foram vistos pela última vez apenas na crise financeira de 2008; saiba qual ação ainda vale a pena

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Som e fúria na bolsa: Ibovespa parte do menor nível do ano com ruído sobre meta fiscal no Brasil e juros altos nos EUA

13 de junho de 2024 - 8:48

Disparada das ações do Méliuz, alteração do FGTS, autonomia do Banco Central e contas do governo Lula também ditam o tom do Ibovespa hoje; confira

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: O que nos separa, agora, é uma mera questão contratual

12 de junho de 2024 - 20:01

Não tem mais essa de experiências informais em relacionamentos, tudo agora é formalizado por um contrato entre as partes

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ligando os pontos na bolsa: em dia de dot plot do Fed, inflação e rumo dos juros nos EUA ganham destaque; confira essas e outras notícias que mexem com o seu bolso hoje

12 de junho de 2024 - 8:37

Enquanto investidores também aproveitam o Dia dos Namorados, perda da dominância do dólar, recompra de ações da Rede D’Or e MP do PIS/Cofins entram no rada

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O fundo do poço está próximo? Decisão do Fed sobre juros nos EUA, inflação no Brasil, fusão no setor de saúde e outros destaques do dia que indicam o tom do Ibovespa

11 de junho de 2024 - 8:42

Mercado aguarda posicionamento do Fed sobre inflação nos EUA nesta quarta-feira; nova marca de gestora de FII e compra milionária da Ultragaz também entram no radar dos investidores

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Semana de decisão: Postura do Fed sobre juros e inflação nos EUA vão definir rumo dos mercados no curto prazo

11 de junho de 2024 - 6:51

A quarta-feira será crucial para a narrativa macroeconômica global — e países emergentes como o Brasil podem estar prestes a receber uma má notícia

EXILE ON WALL STREET

Tony Volpon: Samba de uma nota só

10 de junho de 2024 - 20:01

A bolsa americana vem dançando junto com a Inteligência Artificial há um tempo, mas agora ela está focada em uma única empresa: a Nvidia

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa tenta preservar os dedos em meio ao tom negativo das bolsas internacionais, juros nos EUA, IPCA no Brasil e outras notícias que agitam os mercados

10 de junho de 2024 - 8:27

FIIs favoritos para junho, parceria do Brasil com a dona do AliExpress e ajuda ao RS também ganham destaque no radar dos investidores nesta segunda-feira

Mande sua pergunta!

Quero o divórcio, mas moro nos EUA com visto de acompanhante e nossos bens estão em nome de terceiros; e agora?

8 de junho de 2024 - 8:00

Ela ainda não obteve o green card, e ainda teme ficar sem nada após o divórcio, pois os bens da família não estão no nome do marido

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar