🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

O melhor do Seu Dinheiro
Victor Aguiar
2022-05-20T08:47:31-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

A Petrobras (PETR4) no arraial da B3: ameaças à estatal desanimam a festa? O encontro de Bolsonaro e Musk e outros destaques do dia

“Olha a privatização da Petrobras! Tanto faz!”: A música toca, as ações riem, todos se divertem — afinal, levando em conta o desempenho da empresa, tanto faz!

20 de maio de 2022
8:44 - atualizado às 8:47
Fogueira de são joão, festa junina
Imagem: Shutterstock

As ações da bolsa formam parzinhos para dançar a quadrilha — ainda não é junho, mas uma dose de vinho quente cai muito bem nesse frio fora de época.

"Olha a chuva! É verdade!"

Tradicionais rivais, a Lu do Magalu e o Baianinho são os noivos e puxam a fila; brMalls e Aliansce, recém-casados na vida real, vêm em sequência; Localiza e Unidas, outro casal da bolsa, estão entre os mais animados.

"Olha a cobra! É mentira!"

E todo mundo vai se divertindo no saguão da B3 — mesmo a turma dos IPOs de 2021, que costuma andar cabisbaixa pelos cantos, está animada para a festa. Tudo vai bem, até que a Eletrobras resolve soltar o próximo grito:

"Olha a privatização da Petrobras! É verdade ou é mentira?"

A Eletrobras está por cima — depois de anos, seu processo de venda parece bem encaminhado. Já a Petrobras está mais para a quadrilha do Drummond: fadada a ficar sozinha na dança.

Por um segundo, as ações se entreolham, um pouco constrangidas. A venda da estatal é uma espécie de piada no dia-a-dia da bolsa, mas ninguém fala disso em voz alta. Será que ela vai ficar chateada e deixar a festa?

Pois, com a palavra, a petroleira: "Olha a privatização da Petrobras! Tanto faz!"

A música toca, as ações riem, todos se divertem. Afinal, a Petrobras tem razão: seu bom momento operacional, seu endividamento cada vez menor e seus dividendos monstruosos dão a ela uma segurança muito grande — é um papel interessante o suficiente para qualquer investidor, com ou sem venda do controle.

O Ruy Hungria, colunista do Seu Dinheiro, acompanhou de perto o arraial da B3 e foi testemunha dessa tentativa de intimidar a Petrobras. E ele garante: independente da eventual privatização, as ações da companhia são capazes de animar qualquer festa junina.

A análise completa sobre a petroleira, com os prós e contras de sua tese de investimento — e a comparação de suas métricas com as dos pares internacionais — é o tema da coluna do Ruy desta sexta-feira. Para ler o texto na íntegra, é só clicar aqui.

O que você precisa saber hoje

ESQUENTA DOS MERCADOS
Bolsas internacionais tentam recuperação após corte de juros na China; Ibovespa acompanha reunião de Bolsonaro e Elon Musk. Por aqui, investidores ainda assistem à divulgação do relatório bimestral de receitas e despesas pelo Ministério da Economia.

FORA DA AGENDA
Envolto em denúncia de assédio sexual, Elon Musk chega ao Brasil para se reunir com Jair Bolsonaro. Encontro entre o homem mais rico do mundo e o presidente está previsto para a manhã de hoje em Porto Feliz, no interior de São Paulo.

BATENDO EM RETIRADA
GetNet (GETT11) surpreende com a intenção de cancelar registro na B3 e na Nasdaq sete meses após a estreia. A empresa não revelou os motivos por trás da retirada, mas uma breve análise do contexto macroeconômico e setorial pode fornecer várias pistas. Veja quanto a empresa pagará por ação.

COM AVAL DA PRIVATIZAÇÃO
Bancos e corretoras estruturam fundos para compra de ações da Eletrobras (ELET3) com recursos do FGTS. Os trabalhadores brasileiros poderão usar até 50% do FGTS para comprar ações da Eletrobras; bancos e corretoras já estruturam fundos.

SE DEGLADIANDO
Artilharia pesada: Ucrânia terá US$ 40 bilhões dos EUA contra Putin; Rússia responde com apoio da China. Se de um lado a Rússia tem uma ajuda indireta de Pequim com a compra de petróleo, de outro, Kiev conta com recursos polpudos aprovados pelo Congresso norte-americano.

NOITE CRIPTO
Na montanha-russa: bitcoin (BTC) retoma patamar de US$ 30 mil e opera em alta; confira a performance de outras criptomoedas. Esse nível é considerado importante para o momento, no entanto, há dificuldades de se sustentar nele e alçar novos voos.

MONEY TIMES
Streaming pago e com propaganda: Disney+ vê maioria de clientes de streaming em versão com anúncio. Cerca de 70% dos clientes do Hulu, o serviço de streaming da Disney voltado para espectadores de entretenimento mais gerais, escolhem um serviço com anúncios.

Uma ótima sexta-feira!

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

A UM PASSO DA REGULAÇÃO

Parecer da lei de criptomoedas retira propostas que dão mais segurança ao investidor; confira mudanças no texto

5 de julho de 2022

O texto precisa ser aprovado em sessão no plenário da Câmara; sem maiores alterações, vai para a sanção presidencial

É CEDO OU TARDE DEMAIS…

UBS vê potencial de valorização menor para Hapvida — será que é hora de dar adeus à HAPV3?

5 de julho de 2022

O banco cortou o preço-alvo das ações, de R$ 15,40 para R$ 9,00, o que representa um potencial de valorização de 49% em relação ao fechamento de segunda-feira (05)

O MEDO SE ESPALHA

Por que o petróleo tomba mais de 10% e arrasta as ações da Petrobras (PETR4) e PRIO (PRIO3) hoje

5 de julho de 2022

A projeção pessimista vem em um momento em que as cotações estão sob pressão. Desde o início do ano, quando as tensões entre Rússia e Ucrânia se intensificaram, o preço do barril saltou mais de 40%

SEM ACORDO

Greve do BC termina na data marcada; paralisação durou 95 dias

5 de julho de 2022

Os servidores do Banco Central cruzaram os braços em abril e reivindicavam reajuste salarial e reestruturação da carreira — demandas que não foram atendidas a tempo

ELEIÇÕES 2022

Pode isso, Arnaldo? Lula critica orçamento secreto enquanto oposição discute divisão das verbas em 2023

5 de julho de 2022

O orçamento secreto envolve a distribuição, sem transparência, de recursos federais a redutos eleitorais de deputados e senadores. O governo usa os pagamentos para comprar apoio político no Congresso.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies