🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

O melhor do Seu Dinheiro
Ricardo Gozzi
2022-08-16T09:20:37-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

Foi dada a largada: Confira os destaques da corrida presidencial e as notícias que mexem com os seus investimentos hoje

No mercado de ações, a expectativa é de que hoje a atenção dos investidores se divida entre o fim da temporada de balanços corporativos e o início da campanha eleitoral

16 de agosto de 2022
8:00 - atualizado às 9:20
Lula vs Bolsonaro em uma corrida
Lula vs Bolsonaro em uma corrida. - Imagem: Shutterstock / Alan Santos-PR / Montagem Brenda Silva

Agora é oficial. Foi dada a largada para a corrida presidencial de 2022.

Até parece estranho escrever isso. A sensação é de que a campanha eleitoral para este ano começou lá em 2018, antes mesmo da posse de Jair Bolsonaro.

Pela lei, porém, é a partir de hoje que os partidos e seus candidatos podem colocar o bloco na rua.

No mercado de ações, a expectativa é de que hoje a atenção dos investidores se divida entre o fim da temporada de balanços corporativos e o início da campanha eleitoral.

Diante da completa ausência de indicadores econômicos previstos para esta terça-feira, os participantes do mercado também ficarão de olho nas bolsas estrangeiras.

Para acompanhar o que move o mundo financeiro hoje, acompanhe a cobertura do Seu Dinheiro.

Mas os investidores estão de olho mesmo é na disputa eleitoral. Líder e vice-líder nas pesquisas lançarão suas campanhas em lugares emblemáticos.

O primeiro ato de campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deveria ocorrer em uma fábrica de motores na zona sul de São Paulo. Entretanto, o evento foi cancelado por recomendação da Polícia Federal por motivo de segurança.

Com isso, Lula lançará sua campanha com uma visita prevista para as 14h à fábrica da Volkswagen em São Bernardo do Campo, cidade onde iniciou sua trajetória como líder sindical.

Já o presidente Jair Bolsonaro (PL) lança sua campanha em Juiz de Fora, cidade onde foi vítima de um atentado a faca semanas antes das eleições de 2018.

As principais pesquisas de intenção de voto mostram o ex-presidente com chance de vencer ainda em primeiro turno. No entanto, um tira-teima entre Lula e Bolsonaro ainda é apontado pelas sondagens como o cenário mais provável.

Para os agentes do mercado financeiro, porém, meio que tanto faz. Lula e Bolsonaro são velhos conhecidos e as eleições não representam uma ameaça concreta à bolsa, embora a expectativa seja de volatilidade nas próximas semanas.

É nesse contexto que o colunista Matheus Spiess explica como é possível capturar o potencial de valorização desse período.

Vale a pena conferir!

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

O que você precisa saber hoje

NAS PIORES EXPECTATIVAS
IRB (IRBR3) confirma as piores projeções e reporta prejuízo de R$ 373 milhões no segundo trimestre. Com o novo prejuízo, a empresa de resseguros fica abaixo do limite regulatório para operar e tem até o fim de outubro para regularizar a situação; emissão de ações está entre os planos.

ACIONISTAS FELIZES OU TRISTES?
Lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) recua 12,5% no segundo trimestre, mas holding anuncia JCP adicional. Data de corte para ter direito aos proventos é nesta semana. Saiba como receber a remuneração.

ROXO OU VERMELHO?
Nubank (NUBR33) tem prejuízo acima do esperado no 2º trimestre. Enquanto o prejuízo líquido chegou a quase US$ 30 milhões, ante uma expectativa de US$ 10 milhões, a inadimplência continuou a se deteriorar. Veja os destaques do balanço. 

RESULTADO TRIMESTRAL
Inter (INBR31) reverte prejuízo em lucro de R$ 15,5 milhões no segundo trimestre. No semestre encerrado em 30 de junho de 2022, o banco digital superou a marca de 20 milhões de clientes, o que equivale a 22% de crescimento no período.

BALANÇO
Resultado da Méliuz piora e empresa de cashback registra prejuízo líquido de R$ 28,2 milhões no segundo trimestre. Apesar de os papéis CASH3 amargarem perdas de 87% no ano, as ações entraram no mês de agosto em tom mais positivo, com ganho mensal de 7%.

Uma boa terça-feira para você!

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Conteúdo Empiricus

Enquanto varejistas famosas como MGLU3 caem 30% no ano, ‘ação da Gisele Bündchen’ sobe 10% e pode valorizar mais 50%

28 de setembro de 2022 - 10:05

Varejista é a maior da América Latina dentro do seu segmento

UM GANCHO DE ESQUERDA

Com Bancos Centrais de olho no bitcoin (BTC), maior criptomoeda do mundo cai 6% antes de falas de Jerome Powell hoje; entenda

28 de setembro de 2022 - 9:53

Entenda por que você deveria acompanhar as falas de Jerome Powell, Christine Lagarde e outros presidentes de BCs do mundo

MERCADO EM 5 MINUTOS

Mercado em 5 Minutos: O terror sem fim das bolsas internacionais

28 de setembro de 2022 - 9:32

Bolsas globais caem para o patamar mais baixo em dois anos, refletindo as taxas de juros mais elevadas, que intensificaram os temores de uma recessão global

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa abre em leve queda e acompanha maior cautela do exterior; dólar fica instável

28 de setembro de 2022 - 9:04

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam em tom negativo nesta quarta-feira (28). Os investidores seguem com maior cautela com a expectativa de recessão global no radar. Nos EUA, os discursos de dirigentes do Federal Reserve (Fed), dentre eles o do presidente Jerome Powell, devem continuar influenciando as bolsas americanas. Com a agenda esvaziada no […]

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O efeito do abraço de urso: a volta dos IPOs na B3, dividendos milionários, inverno cripto e outras notícias que mexem com seus investimentos

28 de setembro de 2022 - 8:17

A sucessão de baixas dos ativos de risco nos mercados financeiros levou os investidores a uma caça às pechinchas — e cada vez mais analistas consideram que é hora de ir às compras nas bolsas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies