🔴 +35 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – VEJA GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
POR ÁGUA ABAIXO

Sabesp (SBSP3) cai quase 5% após UBS BB deixar de indicar a compra da ação — saiba o que está por trás do rebaixamento

A nova indicação do banco para os papéis SBSP3 passou de compra para neutra, mas o preço-alvo subiu de R$ 56,00 para R$ 60,00

Sabesp (sbsp3) dá mais um passo para a privatização
Unidade da Sabesp. - Imagem: Governo do Estado de São Paulo/Wikimedia Commons

Um vazamento de água ou um  problema no esgoto… Dessa vez, a Sabesp (SBSP3) veio à tona, mas não por uma atividade que parou o estado de São Paulo. A companhia de saneamento básico paulista ficou entre as maiores baixas da bolsa brasileira nesta quinta-feira (15). O motivo: o UBS BB rebaixou a recomendação das ações. 

A nova indicação do banco para os papéis SBSP3 passou de compra para neutra, mas  o preço-alvo subiu de R$ 56,00 para R$ 60,00 — o que representa um potencial de valorização de 22% com relação ao fechamento de hoje 

A reavaliação do UBS BB  pesou e as ações da Sabesp fecharam o pregão em queda de 4,22%, a R$ 49,09. 

Para o banco, a campanha eleitoral — com possibilidade de privatização no radar — e os resultados fracos no último trimestre contribuíram para adoção de maior cautela em relação ao desempenho da empresa. 

Mudanças de premissas macroeconômicas, como inflação e juros, e futuros reajustes tarifários de longo prazo também foram consideradas.

Ou seja, os riscos de interferência política, mudanças regulatórias e a flutuação da taxa de câmbio entraram no radar do banco suíço a respeito da Sabesp.

Desempenho da Sabesp

Apesar do rebaixamento na recomendação e de resultados fracos do segundo trimestre, os papéis da Sabesp têm um bom desempenho. 

No mês, as ações já valorizaram 10% e nos últimos 12 meses, contam com ganhos de 43%. 

Desempenho das ações da Sabesp (SBSP3) entre setembro de 2021 e setembro de 2022

No último trimestre, porém, a Sabesp registrou lucro líquido de R$ 422,5 milhões, uma queda de 45,4% na comparação com o mesmo período do ano passado. 

O Ebitda (lucro antes juros, impostos, amortização e depreciação) ajustado subiu 4%, para R$ 1,51 bilhão entre abril e junho. 

“Acreditamos que a avaliação da Sabesp está próxima de seu nível médio histórico e acima do nível mais baixo da pior crise hídrica do estado de São Paulo (2014/2015)”, afirma o UBS.

Privatização à vista?

A Sabesp é uma empresa mista, ou seja, parte da companhia de saneamento básico, coleta e tratamento de esgotos são controladas pelo governo, no caso, estadual. 

O estado detém 50,3% do capital total da companhia e o restante é negociado na bolsa de valores brasileira, a B3. Em outras palavras, a ideia estrutural é a mesma que rege o Banco do Brasil (BBAS3) no âmbito federal

Sendo assim, o vento da privatização hora ou outra bate à porta da Sabesp, sobretudo em período de campanha eleitoral. 

Neste ano, alguns candidatos têm declarado publicamente suas intenções de privatizar ou melhorar a rentabilidade da companhia — o que foi destacado no relatório do UBS BB, ainda que o banco não considere a desestatização como cenário-base da avaliação. 

Os dois candidatos ao governo de São Paulo mais bem posicionados nas pesquisas eleitorais já manifestaram suas opiniões sobre a empresa. 

Tarcísio de Freitas (Republicanos) prometeu privatizar a companhia caso eleito. Ele detém 21% das intenções de voto e é o segundo colocado no último levantamento do Ipespe, divulgado em 08 de setembro. 

Já Fernando Haddad (PT), que detém 36% das intenções de voto, descarta a ideia. 

Na avaliação do UBS, o risco de desestatização paira sobre a companhia já que “o próximo governador e consequentemente futuro controlador da Sabesp poderá tomar decisões que impactam substancialmente a empresa”. 

“O processo de privatização é muito complexo e demorado. Como exemplo, o processo de privatização da Eletrobras começou em 2016 e só terminou em 2022. Assim, não estamos considerando uma privatização em nosso cenário-base e acreditamos que os investidores estão precificando apenas uma probabilidade de 20% de uma possível bull case (privatização)”, afirma o relatório. 

Compartilhe

BOLSA NA SEMANA

Por que as ações da Casas Bahia (BHIA3) dispararam 16% e lideraram as altas do Ibovespa na semana — enquanto Petrobras (PETR3) caiu 5%?

2 de março de 2024 - 10:48

Com calendário econômico cheio e uma avalanche de notícias corporativas, o Ibovespa acumulou queda de 0,18% na semana; veja o que puxou o índice de ações da B3

MUDANÇA DE FLUXO

Ibovespa vai subir 15%? XP eleva projeção para a bolsa em 2024

1 de março de 2024 - 14:49

XP vê Brasil bem posicionado globalmente para atrair investidores estrangeiros e promove alterações em suas carteiras

FUNDOS IMOBILIÁRIOS HOJE

Nova administração do Devant Recebíveis Imobiliários (DEVA11) diz ter encontrado irregularidades nas despesas e afirma que vai restituir o fundo imobiliário

1 de março de 2024 - 13:08

Uma auditoria conduzida pela gestão identificou cerca de R$ 1,2 milhão em gastos jurídicos pagos pelo FII em dezembro do ano passado

QUER PAGAR QUANTO?

Vitória dos minoritários! Cielo (CIEL3) convoca assembleia para discutir novo laudo de oferta para fechar capital

1 de março de 2024 - 9:19

Bradesco e Banco do Brasil ofereceram R$ 5,35 por ação da Cielo (CIEL3), mas os minoritários entendem que os bancos deveriam pagar bem mais para fechar o capital da companhia

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa fecha em leve alta, mas sustenta os 129 mil pontos com Wall Street positivo; dólar cai a R$ 4,95

1 de março de 2024 - 7:40

RESUMO DO DIA: A bolsa brasileira acompanhou o tom mais positivo do exterior e encerrou a sessão desta sexta-feira (01) no azul. O Ibovespa terminou em leve alta de 0,12%, aos 129.180 pontos. Apesar da valorização tímida, o principal índice de ações da B3 acumulou queda de 0,18% na semana. Por sua vez, o dólar […]

VAREJO EM APUROS

Diluição à vista? Lojas Marisa (AMAR3) quer mais do que triplicar o limite de ações

29 de fevereiro de 2024 - 11:24

Proposta do conselho de administração da Lojas Marisa prevê elevar de 90 milhões para 300 milhões o limite de AMAR3 em circulação

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa recua com pressão de bancos, mas sustenta os 129 mil pontos no fim da sessão; dólar tem leve alta

29 de fevereiro de 2024 - 7:13

RESUMO DO DIA: O Ibovespa terminou a sessão desta quinta-feira (29) em queda, mas conseguiu sustentar o patamar de 129 mil pontos.  Por aqui, a cautela com o rumo dos juros no Brasil e exterior pressionou as ações de bancos, que caíram em bloco na B3. Com isso, o principal índice da bolsa brasileira fechou […]

SUBIU NO TELHADO

Petrobras (PETR4): a fala do CEO sobre dividendos que derruba as ações da estatal hoje na B3

28 de fevereiro de 2024 - 14:47

Em entrevista à Bloomberg, Jean Paul Prates defendeu que a Petrobras tenha “cautela” na distribuição de dividendos; ações reagem em forte queda

PROBLEMAS NOS HOTÉIS?

Por que os dividendos do fundo imobiliário HTMX11 tiveram um corte brusco em fevereiro? Confira a explicação da gestão

28 de fevereiro de 2024 - 12:17

O fundo de hotéis comunicou, no início do mês, que pagaria R$ 0,86 por cota aos investidores, contra R$ 3,25 em janeiro.

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai a 130 mil pontos, pressionado pela desvalorização de Petrobras (PETR4) após falas de Prates sobre dividendos; dólar sobe a R$ 4,97

28 de fevereiro de 2024 - 7:24

RESUMO DO DIA: A bolsa brasileira terminou a sessão desta quarta-feira (28) no vermelho, com o cenário corporativo roubando os holofotes do calendário de indicadores econômicos no exterior. O Ibovespa encerrou o dia em baixa de 1,16%, aos 130.155 pontos. Por sua vez, o dólar fechou próximo das máximas do dia, com um avanço de […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies