⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2022-09-01T18:08:35-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Market Makers

Como o CEO da Avenue superou barreiras e revolucionou o mercado financeiro – mais de uma vez

Criada em 2017, a Avenue só conseguiu começar suas operações em 2020, depois de muito lutar contra camadas de segurança e burocracia

1 de setembro de 2022
18:08
Market Makers recebe Roberto Lee, CEO da Avenue
Market Makers recebeu Roberto Lee, CEO da Avenue - Imagem: Rodrigo Tafuri/Market Makers

Se, um dia, a corretora Avenue precisar de um slogan, poderia utilizar a célebre frase atribuída ao poeta francês Jean Cocteau: “Não sabendo que era impossível, foi lá e fez”.

Criada em 2017, a corretora só conseguiu começar suas operações em 2020, depois de muito lutar contra camadas e mais camadas de segurança e burocracia dos mercados de capitais. 

O objetivo? Oferecer ao investidor brasileiro comum a possibilidade de investir em ações de empresas americanas, de maneira direta. 

O feito se deve a um empreendedor que já havia ajudado a revolucionar o mercado alguns anos atrás, ao criar a Clear Corretora: Roberto Lee, convidado do episódio #10 do Market Makers.

Com dinheiro na mão e uma ideia na cabeça, dá para dizer que Lee superou barreiras, mas ainda tem muito chão pela frente.

Isso porque o Itaú (ITUB4) acabou de comprar 35% da Avenue, por R$ 493 milhões, e ainda fez um aporte de R$ 160 milhões na corretora.

Entrevistado por Thiago Salomão e Josué Guedes, Lee contou um pouco da sua trajetória e o que espera para o futuro do mercado financeiro. 

Abaixo, no texto, você pode conferir alguns detalhes da conversa. Se preferir, a íntegra da entrevista também está disponível:

Espírito empreendedor

Poucos empreendedores têm tantas histórias de sucesso no currículo como Lee. Vindo de uma família que já tinha alguma tradição no mercado financeiro, em 2005 ele criou a Wintrade Investimentos — uma das primeiras corretoras a apostar na digitalização das estruturas de abertura de contas.

A empresa era vista pelos players tradicionais com curiosidade — e um pouco de ceticismo. 

Mas, em 2010, o jogo mudou: a B3 (na época, BM&F Bovespa) criou o collocation, uma infraestrutura que permitia às gestoras e corretoras terem seus servidores no mesmo ambiente da bolsa. 

A tecnologia diminui o tempo entre o envio e a liquidação de ordens, e deixa todo o processo de investimentos muito mais seguro. 

Naquele ano, Lee vendeu sua participação na Wintrade e criou a Clear Corretora. Dentro de seis meses, a Clear já havia atingido o breakeven e, em 2014, a XP decidiu trazer a operação para o seu guarda-chuva.

Mas, apenas três anos depois, Lee decidiu aproveitar a negociação da XP com o Itaú e vendeu sua participação para o banco.

Foi aí que nasceu a Avenue.

Avenue: “maior oportunidade do planeta”

“Esse negócio estava muito claro para mim que precisava ser feito. Aí fui para os EUA entender como funciona o mundo de corretora”, contou Lee.

Em Miami, Lee reuniu-se com todas as corretoras e bancos brasileiros que atuavam por lá e foi apresentado a pessoas importantes.

Voltou ao Brasil com a certeza de que era a maior oportunidade do planeta.

Ele só não contava que, logo na largada, ele receberia um stop order. Nas palavras de Lee, stop order “é quando o regulador fala: você está fazendo algo que talvez seja irregular. Pare, senão vou te multar”.

Levou oito meses para que esse stop order fosse revogado e a Avenue pudesse operar normalmente. Hoje, a corretora virou referência para outros que tentam criar algo semelhante.

Prova disso é o interesse do Itaú, um banco tradicional, pela corretora.

“Juntos, antecipamos em 10 anos a formação dessa categoria”, disse.

Para saber todos os detalhes sobre a criação da Avenue, confira o episódio #10 do Market Makers na íntegra. Você também pode assistir no YouTube:

Mais Market Makers:

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

CENTRAL DAS ELEIÇÕES

Eleições 2022: Diferença de votos válidos entre Lula (PT) e Bolsonaro (PL) é de 8 pontos, segundo pesquisa CNT/MDA

1 de outubro de 2022 - 8:02

Acompanhe a cobertura ao vivo das eleições 2022 com as principais notícias sobre os principais candidatos à Presidência e nos Estados

ENTREVISTA

Elon Musk não está sozinho: o home office pode acabar com o fim da pandemia, alerta um dos principais gurus de carreiras do mercado

1 de outubro de 2022 - 7:23

A exemplo do dono da Tesla um número cada vez maior de empregadores quer os profissionais de volta ao escritório, afirma o mentor de carreiras e escritor Luciano Santos

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa fecha setembro no azul, o potencial da Weg (WEGE3) e a semana do bitcoin; confira os destaques do dia

30 de setembro de 2022 - 19:19

O último pregão do mês foi também o último antes da definição do primeiro turno das eleições presidenciais de 2022. Apesar disso, levou um tempo até que a política fosse o principal gatilho para os negócios.  Isso porque o debate final entre os candidatos à chefia do Executivo não trouxe grandes mudanças no cenário-base, já […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa fecha setembro no azul por um triz após nova onda do ‘efeito Meirelles’; dólar vai a R$ 5,39

30 de setembro de 2022 - 18:53

O Ibovespa deixou a política parcialmente de lado no último pregão antes do pleito de domingo

Balanço do mês

Os melhores investimentos de setembro: dólar tem a maior alta do mês, e Brasil vai na contramão do mundo com valorização de quase todos os ativos

30 de setembro de 2022 - 18:42

Títulos prefixados vêm logo em seguida, beneficiados pelo fim do ciclo de alta da Selic no Brasil. Veja o ranking completo dos melhores e piores investimentos do mês

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies