🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
destaques do balanço

Com lojas abertas, Vivara (VIVA3) tem lucro de R$ 81,6 milhões no 2º trimestre, revertendo prejuízo de um ano atrás

Vendas digitais foram responsáveis por 17,3% da receita total do trimestre, mantendo patamar de um ano atrás; empresa aumentou receita em 163%

Kaype Abreu
Kaype Abreu
13 de agosto de 2021
17:52 - atualizado às 18:41
vivara (VVAR3), foto de escadarias com a logo da empresa ao fundo
Imagem: Divulgação / Instagram

A Vivara (VIVA3) registrou um lucro líquido de R$ 81,6 milhões no segundo trimestre de 2021, revertendo o prejuízo de R$ 1,6 milhão de um ano atrás, segundo balanço divulgado nesta sexta-feira (13).

A rentabilidade medida pela margem bruta do trimestre atingiu 68,0%, com expansão de 0,5 p.p. em relação ao mesmo período do ano passado.

O resultado foi reflexo de uma "adequada composição de estoques em todas as categorias, combinada com a correta política de precificação", de acordo com a empresa.

Segundo a Vivara, a margem líquida foi de 22,6% no segundo trimestre, 23,8 p.p. acima se comparado ao mesmo período do ano anterior. A receita líquida apresentou uma expansão de 163,0%, na base anual, a R$ 361,9 milhões.

As vendas digitais foram responsáveis por 17,3% da receita total do trimestre - a parcela correspondeu a R$ 78,9 milhões (valor bruto) -, "mantendo o novo patamar de penetração atingido no ano passado", disse a empresa.

Quanto ao mix de vendas, o destaque do segundo trimestre foi a categoria de joias, com o produto correspondendo a uma fatia maior das vendas do e-commerce e aumento de preços.

Vendas em lojas físicas da Vivara (VIVA3)

A Vivara (VIVA3) registrou expansão de 5,8% nas vendas das lojas físicas, mesmo com a operação ainda comprometida pelas restrições de fluxo de clientes nos shoppings. A retomada foi gradual ao longo dos meses.

A receita de lojas físicas representou 82,1% da receita total no segundo trimestre, contra 35,0% do mesmo período do ano passado, quando as restrições por causa da pandemia foram maiores. O valor bruto da receita das lojas físicas correspondeu a R$ 374,9 milhões.

No trimestre encerrado em junho de 2021, os pontos de vendas físicos operaram por 76,5% das horas possíveis de operação.

A Vivara registrou R$ 88,6 milhões em lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) no segundo trimestre, pelo critério ajustado.

O resultado corresponde a uma alta anual de 21172,6% e avanço de 45,6 sobre o mesmo período de 2019, antes da pandemia.

A empresa atribui o número ao "bom ritmo de vendas, correta composição de estoque, adequada estratégia de precificação e disciplina orçamentária".

A Vivara gerou R$ 87,5 milhões de caixa livre no segundo trimestre, R$ 11,4 milhões abaixo do mesmo período do ano passado. Segundo a empresa, a diferença se deve principalmente pela retomada da operação física e, consequente, aumento da alocação em capital de giro.

Veja outros balanços do 2º trimestre:

Perspectivas para o 3º trimestre

Segundo a Vivara (VIVA3), a "aceleração de vendas verificada ao longo do segundo trimestre, a partir do final de abril, com a reabertura das lojas, segue similar nesse início do terceiro trimestre".

Em julho, a receita atingiu crescimento de 38,1%, quando comparada a julho de 2019, 54,0%, na comparação com julho de 2020. Em agosto, as vendas seguem em ritmo acelerado, disse a empresa.

"O bom desempenho reflete as melhorias contínuas nos processos logísticos e operação de fábrica, que garantem uma boa composição de estoques em todas as categorias, além da renovação constante de coleções", comentou a Vivara em release de resultados.

VÍDEO: Amazon (AMZO34) e Alpargatas (ALPA4): hora de comprar? 

Compartilhe

LOTERIAS FEDERAIS

Em meio a indecisão da Mega-Sena e Quina, Lotofácil faz milionário no mais recente sorteio; veja loterias federais hoje

19 de maio de 2024 - 10:08

Com a Sena não cravada, o prêmio do próximo concurso, a ser realizado no dia 21 de maio de 2024, sobe para R$ 37 milhões

ATENÇÃO, DEVEDOR

Desenrola Brasil: este é o último fim de semana para aderir à Faixa 1 do programa de renegociação de dívidas; veja como

18 de maio de 2024 - 15:38

Dados do Ministério da Fazenda apontam que, até a semana passada, 14,75 milhões de pessoas já haviam renegociado cerca de R$ 51,7 bilhões em dívidas

DURANTE ENCONTRO

Após 30 anos do Plano Real, ex-presidentes do Banco Central criticam condução da política fiscal

18 de maio de 2024 - 10:19

Ao mesmo tempo, Roberto Campos Neto evitou comentários sobre a condução da política fiscal atual, mas voltou a defender o projeto que concede autonomia financeira ao BC

Mudanças climáticas

Investimento verde é coisa de gringo, mas isso é bom para nós: saiba quais são as apostas ESG do investidor global no Brasil

17 de maio de 2024 - 6:33

Saiba para quais segmentos e tipos de negócios o investidor global olha no Brasil, segundo Marina Cançado, idealizadora de evento que aproximará tubarões internacionais com enfoque ESG do mercado brasileiro

LOTERIAS

Mega-Sena e Quina decepcionam de novo, mas Lotofácil faz 2 meio-milionários — e eles apostaram de um jeito diferente

17 de maio de 2024 - 5:42

Nenhum dos ganhadores da Lotofácil apostou em uma casa lotérica; na Mega-Sena e na Quina, os prêmios acumulados têm oito dígitos

E VEM MAIS POR AÍ

Uma ajuda extra da Receita: lote de restituição do Imposto de Renda para o Rio Grande do Sul supera R$ 1,1 bilhão

16 de maio de 2024 - 19:46

Além de incluir os gaúchos no primeiro lote de restituição, a Receita promoverá medidas para ajudar o contribuinte do estado castigado pelas enchentes

LOTERIAS

Lotofácil faz 2 meio-milionários, Quina acumula de novo e Mega-Sena oferece prêmio turbinado

16 de maio de 2024 - 5:58

Lotofácil sai para uma aposta comum e para um apostador “teimoso”; concurso de final 5 turbina prêmio da Mega-Sena

LOTERIAS

Bolão fatura Lotofácil e faz 4 milionários de uma vez só; Mega-Sena acumula e prêmio dispara

15 de maio de 2024 - 6:02

A Lotofácil estava acumulada ontem, o que engordou o prêmio da “máquina de milionários”; Quina acumulou de novo

MULTIMERCADOS

Ex-colega de Campos Neto no BC, gestor da Itaú Asset aposta em Copom mais rígido com os cortes na Selic daqui para frente

14 de maio de 2024 - 19:58

Ex-diretor de política monetária do BC entre 2019 e 2023 — sob o comando de RCN —, o economista Bruno Serra revelou o que espera para os juros no Brasil

LANCE REVISADO

Ata do Copom mostra divisão mais sutil entre Campos Neto e diretores escolhidos por Lula

14 de maio de 2024 - 10:18

Divergência entre os diretores do Banco Central se concentrou no cumprimento do forward guidance, mas houve concordância sobre piora no cenário

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar