Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-20T14:25:40-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
hora de comprar?

Ausência de privatizações em saneamento frustra mercado, mas BofA vê ação da Sabesp barata

Para o banco, companhia de São Paulo opera em um valuation considerado atrativo, tendo em vista o contexto regulatório da empresa e as oportunidades que a companhia possui em relação aos pares

19 de julho de 2021
17:12 - atualizado às 14:25
Sabesp
Imagem: Govesp

As ações das companhias de saneamento Sabesp (SBSP3), Copasa (CSMG3) e Sanepar (SAPR4) têm sido afetadas pelos anúncios de revisões tarifárias e expectativas sobre eventuais privatizações.

O mercado já vê com ceticismo a venda do controle da Sabesp, em São Paulo, e da Copasa, em Minas Gerais. No curto prazo (até 12 meses), o Bank of America (BofA) defende, inclusive, que os papéis têm razões limitadas para subir.

"Mas os riscos e oportunidades de longo prazo não devem ser negligenciados", disse o banco em relatório desta segunda-feira (19), assinado pelos analistas Arthur Pereira, Murilo Freiberger e Gustavo Faria.

Parte da equipe do BofA analisou as três companhias levando em conta quatro aspectos: regulação, operação, cenário político e oportunidades (novas concessões e até privatizações).

A conclusão dos analistas: as ações da Sabesp são a melhor opção entre as três companhias dos setor. A empresa de saneamento do estado de São Paulo é a única que tem a recomendação de compra, reiterada sobre relatório anterior.

Para o BofA, a Sabesp opera em um valuation considerado atrativo pelo banco, tendo em vista o contexto regulatório da empresa e as oportunidades que a companhia possui em relação aos pares.

O banco destaca que a Sabesp é negociada com um múltiplo EV/RAB (valor de firma sobre base de ativos regulatórios) de 0,63x para 2022, enquanto em 2015 o múltiplo era de 0,58x.

O BofA rebaixou as ações da Copasa de "neutro" para o equivalente a venda. Segundo o banco, os papéis da companhia são negociados com um prêmio de 34% sobre os pares do setor.

O banco aponta um desempenho inferior da companhia, baixas chances de privatização e o risco de a reforma tributária proposta pelo governo afetar a sua distribuição de dividendos.

A Sanepar é também vista com pessimismo principalmente por causa da proposta da Agepar (Agência Reguladora do Paraná) de recontar a base de ativos regulatórios periodicamente, removendo o conceito de RAB blindado.

Por volta das 17h, as ações da Sanepar (SAPR4) caíam 0,97%, a R$ 4,07, enquanto os papéis da Copasa (CSMG3) recuavam 1,25%, a R$ 14,22. No mesmo horário, Sabesp (SBSP3) tinha queda de 3,45%, a R$ 35,79, e o Ibovespa cedia 1,64%.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Garantindo a oferta

Crescem ofertas de ações com reserva antecipada

As ancoragens normalmente conseguem atrair mais investidores, numa espécie de chancela prévia, com potencial impacto positivo no preço da ação.

alto escalão

Fleury: CFO Fernando Leão renuncia ao cargo e será substituído por José Filippo

O Fleury informou que os dois executivos trabalharão juntos em um processo de transição estruturado que se terminará em dia 31 de agosto.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies