Menu
2021-04-15T18:34:09-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
possível fusão

É hora de comprar ações da Hering após oferta da Arezzo? Para o Goldman Sachs, ainda não

Banco mantém recomendação neutra para as ações da Arezzo e ainda recomenda venda para os papéis da Hering; entenda por quê

15 de abril de 2021
18:06 - atualizado às 18:34
Estrela Hering Arezzo
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Apesar da empolgação do mercado com a proposta da Arezzo para comprar a Hering, o Goldman Sachs avalia que ainda não é o momento de adquirir os papéis de nenhuma das empresas.

Hoje, os papéis da Hering (HGTX3) fecharam em alta de 28,13%, a R$ 21,91, enquanto os da Arezzo (ARZZ3) subiram 8,35%, fechando a R$ 80,35. O movimento reflete uma expectativa de que as negociações podem não ter acabado.

Uma eventual fusão poderia levar a Arezzo a aumentar a receita em 60%, entre outros benefícios das sinergias entre as companhias. A Hering receberia ao menos R$ 3,3 bilhões na oferta - valor da proposta revelada ontem e que estava 14,3% acima do atual preço de mercado de então.

Mesmo reiterando as perspectivas otimistas com uma eventual fusão, analistas do Goldman Sachs ponderam que a Arezzo ainda deve ter dificuldades com a marca nos Estados Unidos, onde a empresa fechou lojas no ano passado.

As operações nos EUA e o investimento em logística, e-commerce e novas marcas podem levar a uma desaceleração nas vendas e em margens pressionadas, dizem os analistas, que ainda citam dificuldades no avanço da parceira da empresa com a Vans no Brasil.

Por outro lado, as mesmas iniciativas poderiam levar a Arezzo a um crescimento mais rápido, dizem os analistas do banco. Durante a pandemia, a empresa abriu novas frentes de crescimento - incluindo a compra da Reserva, especializada em moda masculina, por R$ 715 milhões.

A recomendação do Goldman Sachs para o preço dos papéis da companhia é neutra, com preço alvo de R$ 72 - baseado no método de fluxo de caixa descontado e num múltiplo P/E (preço/lucro) de 28,5 vezes.

Já a Hering tem recomendação de venda, com preço-alvo de R$ 14,20 - baseado em um múltiplo de P/E (preço/lucro) nos próximos 12 meses de 11 vezes e no método de fluxo de caixa descontado.

Apesar da recomendação, o banco lista apenas possibilidades que beneficiariam a empresa, incluindo um eventual bem-sucedido processo de reestruturação das operações no canal multimarca.

A companhia, que ainda depende muito do varejo físico, tenta há anos uma reestruturação, mas esbarra em dificuldades de execução, em meio a um baixo crescimento da receita nos últimos nove anos.

Os analistas do Goldman Sachs falam em melhorias na franquia Hering e na sua produtividade média, após a implantação do modelo de recomendação de sortimento de produtos e reabastecimento automático.

A proposta

A proposta apresentada pela Arezzo prevê a incorporação de ações da Hering, de forma que os acionistas receberiam:

  • Um total de 26.751.575 novas ações ordinárias da Arezzo, representativas de 21,17% do capital social, pressupondo uma relação de substituição de ações de 0,1686 nova ação da Arezzo para cada uma ação ordinária da Hering; mais
  • Uma parcela em dinheiro no total de R$ 1,3 bilhão.

De acordo com a Arezzo, a relação de troca equivale à atribuição de prêmio de 20% sobre o preço médio de fechamento ponderado por volume das ações da Hering no período de 90 dias anteriores a 7 de abril, quando a proposta foi apresentada.

Em carta enviada a Fabio Hering, CEO da empresa, a Arezzo argumentou que busca a união por conta da força que a companhia tem, reconhecida como um dos principais nomes do ramo de vestuário, oferecendo produtos de qualidade.

Segundo ele, a experiência da Hering na parte industrial resultará em ganhos expressivos à Arezzo, “permitindo a otimização de sua capacidade produtiva, especialmente com relação aos produtos das marcas da Reserva, dado que a malharia corresponde a aproximadamente 40% da sua produção”.

A Arezzo cita ainda como argumentos pela fusão potenciais ganhos de escala na compra de matéria-prima, sinergias operacionais, com a Hering aproveitando o conhecimento digital desenvolvido pela Arezzo, e melhorias na força de vendas.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Desceu redondo

Na Ambev, a venda de cerveja garantiu o happy hour no primeiro trimestre

A Ambev reportou forte crescimento na receita líquida e no lucro no primeiro trimestre, impulsionada pelas vendas de cerveja no Brasil

cardápio dos balanços

Balanços de Copel, Braskem, Azul e outros mexem com o mercado nesta quinta; veja os destaques

Só no Ibovespa, foram ao menos cinco companhias que revelaram os resultados do primeiro trimestre entre esta quarta e quinta; desempenho mexe com os papéis das companhias

Exile on Wall Street

Investir de maneira inteligente ajuda (mas não garante) retorno

Quero voltar aqui rapidamente ao Day One de terça, quando o Felipe citou o Soros em sua melhor forma, o arquétipo do investidor autocrítico: “Toda posição tem uma ou mais vulnerabilidades.” “Se você acha sua exposição perfeita, cuidado; você apenas não entendeu direito.”  “Sempre existe algo escondido ali, alguma armadilha não percebida a priori. Suas chances de […]

Dentro do balanço

Mercado Livre adere ao bitcoin e coloca R$ 40 milhões da criptomoeda em caixa

O documento foi publicado na página da SEC, a CVM americana, porque a empresa de entregas é listada na Nasdaq

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies