2021-09-27T19:11:33-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Mercados Hoje

Recuperação do petróleo e do minério de ferro anima, mas Ibovespa acompanha NY e opera em queda

A semana está recheada de números importantes para o mercado, mas a segunda-feira começa no vermelho para o Ibovespa

27 de setembro de 2021
10:44 - atualizado às 19:11
Imagem: Shutterstock

A última semana de setembro começa acelerada para as commodities, o que sustentou a alta da bolsa brasileira durante boa parte do pregão, mas, agora, na reta final, é o clima externo que pesa sobre as ações.

Por volta das 16h, o Ibovespa operava em queda de 0,22%, aos 113.031 pontos. As commodities exercem uma pressão positiva nesta segunda-feira, mas não conseguiram segurar a pressão negativa vinda do exterior. O barril de petróleo exibe ganhos de 2%, voltando a encostar na casa dos US$ 80 e emplacando a quinta alta consecutiva, o minério de ferro também buscou recuperação durante a madrugada e subiu 7,17%, a US$ 119,31.

O câmbio vem se mantendo pressionado ao longo de todo o dia, mesmo após o Banco Central anunciar na última sexta-feira (24) que fará leilões extraordinários de swap cambial às segundas e quartas. O BC visa diminuir o impacto da moeda nos índices de inflação. Em dia de alta no exterior, o dólar à vista opera instável e avança 0,47%, a R$ 5,3688.

O mercado de juros também opera pressionado, de olho na alta do retorno dos juros americanos, que seguem precificando uma elevação dos juros mais cedo do que o anteriormente imaginado e também as perspectivas do mercado de uma elevação ainda maior do índice oficial de inflação. Confira:

  • Janeiro de 2022: de 7,14% para 7,15%.
  • Janeiro de 2023: de 8,96% para 9,04%
  • Janeiro de 2025: de 10,03% para 10,14%
  • Janeiro de 2027: de 10,42% para 10,53%

Semana cheia

Na agenda temos a sequência da tramitação da PEC dos precatórios, a ata da última reunião de política monetária do Copom e o Relatório trimestral de inflação. Lá fora, os investidores estão em compasso de espera por números importantes nos Estados Unidos, que devem ser divulgados nos próximos dias, e a definição do Congresso americano sobre o teto da dívida, o que deixa os índices em Wall Street sem muita força. 

Mudanças no Velho Continente

Após 16 anos do domínio do partido de centro-direita da chanceler Angela Merkel, a Alemanha terá mudanças. O partido social-democrata, de centro-esquerda, conquistou a maioria dos votos nas eleições nacionais. O SPD é favorável ao fortalecimento da União Europeia.

Os investidores aguardam atentos a movimentação que dará origem ao novo governo. Além disso, os mercados no Velho Continente seguem repercutindo a indicação de retirada de estímulos monetários. As bolsas locais operam majoritariamente em alta, também na contramão de Wall Street.

Sobe e desce do Ibovespa

Além das commodities, que acompanham a recuperação vista no mercado internacional, vale ressaltar também o comportamento do setor de proteínas e bancário.

Segundo Marcio Lórega, gerente de research do Pagbank, as ações do setor ainda repercutem a aprovação da compra de cerca de 32% da companhia pela Marfrig. Além disso, o dólar mais forte tende a favorecer as exportadoras.

No caso do Santander, o banco é visto como a melhor opção diante de um cenário de aumento da inadimplência. Além disso, o banco deu mais um passo para a cisão da GetNet e entrou com o pedido de listagem da empresa de maquininhas na Nasdaq. Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGONOMEULTVAR
BRFS3BRF ONR$ 25,744,80%
PRIO3PetroRio ONR$ 22,994,55%
MRFG3Marfrig ONR$ 23,543,88%
SANB11Santander Brasil unitsR$ 36,253,10%
CSNA3CSN ONR$ 29,852,82%

Confira também as maiores quedas:

CÓDIGONOMEULTVAR
LWSA3Locaweb ONR$ 22,77-4,01%
BIDI11Banco Inter unitR$ 59,04-3,34%
PCAR3GPA ONR$ 26,68-2,84%
FLRY3Fleury ONR$ 22,56-2,76%
TOTS3Totvs ONR$ 36,98-2,68%
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

NOVATA NA FINAL

Não estranhe: patrocinadora da final entre Palmeiras e Flamengo é a nova corretora de criptomoedas do Brasil; conheça Crypto.bom

A exchange resolveu investir no segmento de esportes e patrocina Fórmula 1, NBA e até o campeonato europeu

Raio-X

Análise: Por que a alta da inflação pode ameaçar o pacote de infraestrutura de Joe Biden?

O presidente americano tem ambiciosos planos pela frente, mas a alta da inflação e gargalos estruturais da economia podem alterar o rumo

A SEMANA EM GRÁFICOS

Covid-19 pressiona aéreas, turismo, Ibovespa e bitcoin, mas inflação avança no mundo: entenda a última semana com estes gráficos

As companhias aéreas sofreram perdas significativas na bolsa esta semana e nem o bitcoin (BTC) conseguiu se salvar

O MELHOR DA SEMANA

Piora da covid no mundo e criptomoedas além do bitcoin (BTC): 5 assuntos mais lidos no Seu Dinheiro esta semana

O mercado já trabalhava amplamente com a visão do verdadeiro normal. Mas os mercados globais voltaram a entrar em pânico com a covid-19

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta