Menu
O melhor do Seu Dinheiro
Victor Aguiar
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-01T12:20:53-03:00
ASSINATURA DE CARROS

William Shakespeare precisa de um carro — e outros destaques do mercado

Romeu e Julieta vão visitar a família todo fim de semana graças à assinatura do carro; Otelo viaja por Veneza com o automóvel alugado; e o príncipe Hamlet… bom, ele está ocupado refletindo sobre outras coisas

1 de novembro de 2021
12:20
Shakespeare
Shakespeare - Imagem: Divulgação

Ter ou não ter um carro, eis a questão: é preciso colocar na ponta do lápis o IPVA, gastos com combustível, manutenção, seguro, pedágio… Enfim, há mais coisas entre o céu e a terra do que pode imaginar nossa vã filosofia.

Mas, ora essas, um dramaturgo do porte de William Shakespeare quer ter a comodidade de dirigir o próprio automóvel para ir ao teatro ou, quem sabe, curtir um dia ensolarado no reino da Dinamarca. E agora?

Bem, esse não precisa ser um dilema de vida ou morte. Hoje, é perfeitamente possível usar um serviço de assinatura de carro — uma espécie de aluguel turbinado, digamos. Ao escolher um plano longo, a partir de 12 meses, os custos ficam bem menores.

É claro que é preciso ficar atento a algumas questões: gastos com combustível, pedágio e reparos de pequeno porte ainda ficam na sua conta; há uma franquia de quilometragem a ser acertada previamente; e há uma multa salgada em caso de rescisão prévia.

Dito isso, essa modalidade está ganhando cada vez mais adeptos. Romeu e Julieta vão visitar a família todo fim de semana graças à assinatura do carro; Otelo viaja por Veneza com o automóvel alugado; e o príncipe Hamlet… bom, ele está ocupado refletindo sobre outras coisas.

Se você, assim como Shakespeare, também quer ter o bônus do carro, mas sem lidar com todos os ônus de ser proprietário de um veículo, a Lucia Camargo Nunes te ajuda. Ela comparou diversos serviços de assinatura e traz as vantagens e desvantagens de cada um — o resultado está na nossa matéria especial desta segunda-feira.

ALERTAS DO MERCADO DE GRAÇA E TODO DIA

Acesse análises de mercado, dicas de investimentos, carreira, empreendedorismo e os destaques da Bolsa e das criptomoedas pelo nosso perfil no Instagram. Para nos seguir por lá, basta clicar aqui ou no link a seguir: https://www.instagram.com/seudinheiro/

ESQUENTA DOS MERCADOS
Semana agitada tem decisão do Fed, ata do Copom, balanços e mais tensões políticas. A sessão desta segunda-feira (1) é positiva no exterior, o que deve dar força ao Ibovespa; ao longo da semana, no entanto, a PEC dos Precatórios e a agenda econômica carregada devem trazer novas instabilidades aos mercados.

BANQUETE INDIGESTO
Terminou em pizza: Burger King (BKBR3) volta atrás e cancela a compra da Domino’s. Com a instabilidade vista no mercado e a perda de valor do BK Brasil, a polêmica compra da rede de pizzarias foi desfeita.

ESTATAL NA MIRA
‘Petrobras (PETR3 e PETR4) é um problema’, diz Bolsonaro; ação da empresa acumula queda de 5% no ano. O presidente falou sobre a companhia na cúpula do G20, em Roma; CEO da estatal, Joaquim Silva e Luna, acredita que a petroleira vem gerando ‘valor à sociedade’.

E O TETO DE GASTOS?
‘Responsabilidade social não significa irresponsabilidade fiscal’, diz Ilan Goldfajn, ex-presidente do BC. Atual presidente do conselho do Credit Suisse no país, ele vê com preocupação os recentes movimentos do governo no lado dos gastos públicos.

NATAL ANTECIPADO
Bradespar (BRAP4) pode pagar até R$ 2,3 bilhões em dividendos; confira como garantir a bolada. O valor corresponde a R$ 5,494409924 por ação ordinária e R$ 6,043850916 por preferencial; se aprovado, deve cair na conta dos investidores em 29 de dezembro.

PAPO CRIPTO #005
Os ETFs de bitcoin (BTC) da bolsa brasileira são melhores que dos EUA? Para este gestor, sim. Theodoro Fleury ainda dá uma dica de leitura essencial para o investidor iniciante — e você não pode perder essa.

Uma ótima segunda-feira!

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Vibra (VBBR3) distribui R$ 148,5 milhões em JCP

Valor refere-se à segunda parcela de pagamento aos acionistas anunciado quando a Vibra ainda atendia como BR Distribuidora

Rumo aos dois dígitos

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 9,25%

Aumento da taxa básica dispara gatilho de mudança na forma de remuneração da poupança. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies