Menu
O melhor do Seu Dinheiro
Victor Aguiar
Dados da Bolsa por TradingView
2021-12-10T08:39:17-03:00
O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Veneno para uns, antídoto para outros: as diferentes reações dos FIIs à serpente dos juros

Veja como preservar sua carteira de investimentos identificando os fundos imobiliários beneficiados pelo cenário de juros altos

10 de dezembro de 2021
8:39
cobra/serpente
Imagem: Pixabay

Na natureza, uma mesma substância pode ter aplicações diametralmente opostas. Pense no veneno de uma cobra peçonhenta: injetado diretamente numa presa, ele é fatal; mas, coletado e devidamente processado num laboratório, ele ajuda a produzir o antídoto que salva vidas.

Pois o mercado financeiro tem um quê de National Geographic. A serpente dos juros está dando um bote em muitos ativos — basta ver o desempenho de alguns setores da bolsa para perceber o quão tóxica pode ser a Selic nos níveis atuais.

A boa notícia é que a sua carteira de investimentos não precisa morrer intoxicada. O que é veneno para uns, é antídoto para outros; há uma série de ativos que se beneficiam com o cenário de juros altos.

Veja os fundos imobiliários, por exemplo. Os FIIs de tijolo — que investem em imóveis já construídos, como shoppings, galpões e escritórios — sentem a toxina da Selic em ascensão e da inflação nas alturas.

Mas os FIIs de papel, que investem em títulos de renda fixa ligados ao mercado imobiliário — e que, portanto, costumam ser indexados ao IPCA ou ao CDI —, estão despontando como boas alternativas para o momento. Um santo remédio para a mordida da cobra.

Não à toa, um fundo de papel é o destaque do FII do mês de dezembro, o levantamento feito pelo Seu Dinheiro junto aos principais bancos e corretoras do país. E o ranking teve uma mudança importante no topo.

A Larissa Vitória conversou com os analistas das instituições financeiras e explica nesta matéria quais os diferenciais do novo campeão de indicações. Se você teme pela saúde do seu portfólio, esse texto traz algumas ideias para neutralizar a peçonha dos juros.

O que você precisa saber hoje

ESQUENTA DOS MERCADOS
Dados de inflação devem dominar o último pregão da semana e pressionar Bancos Centrais enquanto bolsa reflete notícias sobre ômicron. A resolução da PEC dos precatórios deu um alívio aos negócios esta semana, mas a conjuntura internacional faz o Ibovespa recuar 0,53% até o fechamento de ontem.

É RITMO DE FESTA
Dividendos: Ambev presenteia acionistas com mais de R$ 8 bilhões antes do fim do ano; B3 e Dexco também entram na festança. Juntas, as três empresas distribuirão quase R$ 10 bilhões em dividendos e JCP perto do Natal e do Ano-Novo.

INSHALÁ MUITO OURO
Aura (AURA33) pode mais do que dobrar produção até 2024 e potencial de alta do papel é de 40%. O BTG Pactual projeta preço-alvo de R$ 67 para mineradora e diz que, se promessas forem cumpridas, o desconto em relação a seus pares deve diminuir.

DESTAQUE NEGATIVO
Magazine Luiza, Via e Americanas não param de cair; veja 4 razões para o tombo do e-commerce no ano. A queda se intensificou após os resultados fracos do terceiro trimestre e, até o momento, os piores desempenhos do ano ficam com o trio de ouro do varejo digital brasileiro.

POSSÍVEL ALTA DE 100%
‘Obrigado, Joe Biden’: EUA aprovam projeto com poder de turbinar ações da Vale (VALE3), que podem quase dobrar de valor e pagar dividendos absurdos daqui para frente. Com a aprovação do pacote de infraestrutura de US$ 1,2 trilhão nos Estados Unidos, a ação da mineradora tende a subir exponencialmente no longo prazo; veja a opinião de analistas.

SEXTOU COM O RUY
Warren Buffett ficou louco ao apostar no Nubank? Saiba por que investir bem é muito mais do que comprar ações baratas. O processo decisório do bom velhinho é infinitamente mais complexo do que as tradicionais e populares receitinhas de investimentos.

MONEY TIMES
Economia pede ao Congresso que inclua R$ 100 bi em despesas no Orçamento de 2022. O ministério ainda sugere o acréscimo de R$ 54,6 bilhões para bancar o Auxílio Brasil de R$ 400, R$ 4,5 bilhões para aquisição e distribuição de vacinas e R$ 1,9 bilhão para o auxílio gás.

Boa leitura!

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O respiro da bolsa brasileira, o tropeço do bitcoin e o vazamento de dados do PIX: confira as principais notícias do dia

Para quem não aguentava mais ver a bolsa brasileira apanhando enquanto Wall Street renovava recordes, este início de ano está sendo o momento da revanche. Ou melhor, de o Ibovespa “correr atrás do prejuízo”. Nesta terceira semana de janeiro, o principal índice da B3 mais uma vez contrariou o exterior e enfileirou altas, enquanto as […]

Fechamento da semana

Ibovespa tem dia morno com exterior negativo, mas termina semana com ganho de 1,88%; dólar fecha em alta, mas acumula queda de 1,05% no período

Bolsa terminou o dia em baixa, com dólar e juros em alta, com piora no exterior e preocupações fiscais

CASOS DE FAMÍLIA

Elon Musk pega pesa pesado com o Twitter após integração de NFTs; veja o que o bilionário falou

Rede social passou a permitir que usuários do iOS, sistema da Apple, utilizassem os chamados tokens não fungíveis como fotos de seus perfis

Renda fixa

Nubank lança fundo para reserva de emergência que busca retorno entre 100% e 105% do CDI – mas tem uma pimentinha

Nu Reserva Imediata é o primeiro fundo de renda fixa da família Nu Reserva; embora seja de baixo risco, ele tem opção de investir em títulos privados

FIQUE DE OLHO

Agenda de indicadores: Inflação domina semana recheada de balanços de empresas de tecnologia em Wall Street; saiba o que esperar

Depois de uma semana em que o Ibovespa caminhou na contramão do mundo, inflação volta ao centro da agenda local na semana em que os EUA divulgam prévia do PIB de 2021

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies