Menu
Jasmine Olga
O melhor do Seu Dinheiro
Jasmine Olga
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-13T20:51:55-03:00
seu dinheiro na sua noite

Sexta-feira 13 sem sustos na B3

13 de agosto de 2021
20:50 - atualizado às 20:51
Abóbora dia das bruxas
Imagem: Shutterstock

Quando lidar com sustos, cautela e vários monstros no armário faz parte da sua rotina, não tem superstição que o amedronte. Por isso, o Ibovespa passou imune ao azar por mais uma Sexta-feira 13. A clássica máscara de Jason não é nada perto do frio na espinha causado pelo estado das contas públicas e as dificuldades políticas em Brasília.

Os monstros debaixo da cama do mercado brasileiro perturbaram o sono da B3 nos últimos dias, desviando a atenção dos bons resultados apresentados pelas empresas no segundo trimestre de 2021 e limitando o efeito das novas máximas históricas na Europa e nos Estados Unidos —  aqui, os juros tiveram mais um período de forte alta, o dólar à vista acumulou uma valorização de 0,17% e o Ibovespa recuou 1,32% na semana.

Você provavelmente sabe quais são esses monstros: os planos de parcelamento de precatórios, o adiamento da votação da reforma do imposto de renda e a conta do novo auxílio social proposto pelo governo, que não fecha. Hoje eles não tiraram exatamente um dia de folga, mas digamos que trabalharam por meio período.

Na parte da manhã, a pressão das preocupações político-fiscais fizeram o dólar ir na contramão da queda vista no exterior, e o Ibovespa operou em queda por um bom tempo. No fim, prevaleceu a reação positiva do mercado aos dados macroeconômicos.

Nos Estados Unidos, o sentimento do consumidor atingiu o menor nível desde 2011, sustentando a leitura de que o Federal Reserve não está pronto para retirar os estímulos monetários da maior economia do mundo. O dólar passou a recuar com mais força no exterior, e a divisa fechou o dia em queda de 0,22%, a R$ 5,2451, por aqui.

No Brasil, o índice de atividade econômica (IBC-Br), avançou 1,14% em junho no comparativo mensal. Com o leve alívio no câmbio e a prévia do PIB do Banco Central mostrando um crescimento acima do esperado, a bolsa apagou parte das perdas da semana, com o Ibovespa encerrando o dia com uma alta de 0,41%, aos 121.193 pontos. A recuperação é bem-vinda, mas ela pode vir acompanhada de mais uma boa dose de inflação.

O câmbio e a bolsa podem até ter tido uma boa sexta-feira 13, mas o mercado de juros seguiu sentindo um frio na espinha, e os principais contratos de DI tiveram mais um dia de alta. Os investidores seguem preocupados com as questões político-fiscais, já que a proximidade do fim de semana traz uma dose extra de cautela — nunca se sabe o que os monstros debaixo da cama podem aprontar enquanto o mercado financeiro descansa.

No campo corporativo, foi mais um dia forte de divulgações e estreias:

  • Ações da CPFL (CPFE3) subiram forte após anúncio de dividendos e crescimento no lucro;
  • IMC (MEAL3) deixou o prejuízo para trás e lucrou R$ 21 milhões no segundo trimestre;
  • As ações das Americanas S.A (AMER3) caíram mesmo após o balanço mostrar avanço no lucro;
  • Os ajustes feitos no primeiro balanço do TC (TRAD3) como empresa de capital aberto não agradaram os investidores;
  • A Embraer esquenta seus motores novamente, com projeções ainda melhores para o próximo semestre;
  • A estreante do dia também teve boa sorte nesta sexta-feira 13. A Kora Saúde subiu mais de 18% no primeiro dia de negociações.

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta sexta-feira, incluindo os principais destaques do pregão e as ações com o melhor e o pior desempenho.

FOI BOM OU RUIM?
Americanas (AMER3) tem lucro, mas ações despencam; por quê?
Varejista reverteu o prejuízo de um ano atrás, com lucro de R$ 224,9 milhões, mas analistas avaliaram que o balanço no geral apresentou resultados mistos ou até mesmo fracos.

OLIMPÍADAS DAS CONSTRUTORAS
Cyrela, EZTec, Cury, Lavvi, Plano&Plano e Trisul: quem ocupa o pódio das incorporadoras, segundo a XP
Com os resultados das principais incorporadoras do Brasil em mãos e o espírito olímpico ainda em alta, a corretora distribuiu medalhas.

MERCADO DE PAGAMENTOS
Cielo vende empresa para novata na B3, que reforça plataforma de pagamentos pelo celular
A M4U atua com plataformas de meios de pagamentos digitais para celulares e foi vendida pela Cielo para a Bemobi pelo valor total de R$ 185 milhões.

DRAGÃO BRASILEIRO
Alta em energia e gás faz inflação ser 30% maior para mais pobres ante mais ricos; confira o avanço dos preços por faixa de renda
O IPCA, apurado pelo IBGE e usado pelo Ipea para fazer o cálculo da inflação por faixa de renda, encerrou o mês de julho com avanço de 0,96%.

FIQUE LONGE
Após subir mais de 250% em 12 meses, criptomoeda XRP é furada e você não deve investir nela

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

seu dinheiro na sua noite

Uma tarde de soluços nos mercados

O preço dos combustíveis, um dos grandes vilões da elevada inflação brasileira, não dá sinais de enfraquecimento. Muito pelo contrário: a passagem do furacão Ida pelo Golfo do México deve seguir impactando a oferta de petróleo por mais alguns meses, o que traz reflexos diretos ao preço da commodity. O Brent fechou em alta pela […]

menos méliuz

Méliuz (CASH3): Truxt reduz participação na companhia

Negociações têm por objetivo investimento e não visam alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da empresa

atenção acionista

Dividendos: Multiplan (MULT3) paga R$ 270 milhões em juros sobre capital próprio

Empresa vai considerar os acionistas inscritos nos registros da companhia no dia 28 de dezembro, dado que as ações de emissão da companhia passaram a ser negociadas “ex juros” a partir de 29 de dezembro

FECHAMENTO DO DIA

Petrobras dá susto, mas commodities garantem o avanço do Ibovespa; dólar sobe a R$ 5,37

A convovação de uma coletiva de última hora assustou os investidores, mas o Ibovespa retomou o ritmo de alta após a estatal confirmar que não irá mexr nos preços.

acesso bloqueado

Vale (VALE3) faz operação para resgatar 39 funcionários presos em mina no Canadá

De acordo com a empresa, na tarde de domingo (26), uma pá escavadeira que estava sendo transportada no acesso à mina subterrânea se desprendeu, bloqueando o shaft e, com isso, impedindo o meio de transporte dos empregados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies