Menu
Jasmine Olga
O melhor do Seu Dinheiro
Jasmine Olga
Dados da Bolsa por TradingView
2021-12-09T20:17:45-03:00
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Nubank brilha na estreia, Ibovespa sofre com ressaca pós Copom e as razões que podem levar o bitcoin ao topo em 2022; confira os destaques do dia

9 de dezembro de 2021
20:17
Homem segurando um smartphone com o aplicativo do banco na tela e o cartão Nubank (NU) na mesa
Cartão e celular com tela do Nubank. - Imagem: Shutterstock

De tempos em tempos, o mercado financeiro se propõe a desvendar um ‘x’ da questão. Qual o limite dos gastos fiscais? É hora do Federal Reserve elevar os juros? Até onde o Copom deve elevar a Selic para atingir sua meta?

No momento, é a última pergunta que reverbera nos corredores da B3, ainda na ressaca da decisão de política monetária divulgada na noite de ontem (8).

O Banco Central brasileiro decidiu seguir com a alta de 1,5 ponto percentual contratada na reunião anterior, mas subiu o tom de voz no comunicado, deixando claro que está disposto a penalizar a atividade em busca do controle da meta de inflação. 

Os investidores chegaram a apostar em uma elevação de 2 pontos para o último encontro do ano do Copom, mas a projeção perdeu o fôlego após a frustração com o Produto Interno Bruto (PIB) negativo do terceiro trimestre e dados mais fracos do que o esperado do consumo.



Uma Selic de dois dígitos já é uma realidade para o começo de 2022, mas há quem se pergunte se o BC não estaria indo longe demais — e esse deve ser o próximo ‘xis’ da questão.

Como as últimas semanas foram de alívio para a curva de juros, a ressaca pós-Copom foi de alta para os principais contratos de DI, com uma força maior nos vencimentos mais curtos. 

O dia negativo em Wall Street se somou ao ambiente interno estressado e a bolsa brasileira interrompeu a sequência de cinco altas, encerrando o dia em queda de 1,67%, aos 106.291 pontos. Na véspera da divulgação de dados de inflação nos Estados Unidos, o dólar à vista avançou 0,70%, a R$ 5,5738. 

No noticiário corporativo, o destaque foi internacional, mas com sotaque brasileiro — o Nubank fez sua estreia na Bolsa de Nova York. Além disso, as empresas de e-commerce voltaram a ter uma queda brusca, enquanto a Neogrid teve sua recomendação rebaixada pelo Credit Suisse.

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta quinta-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo e as ações com o melhor e o pior desempenho do Ibovespa.

PURPLE RAIN
Cartão roxo em Wall Street: Nubank (NU) fecha em alta de 14,8% na estreia em Nova York. Executivos do Nubank tocaram o sino de início do pregão da NYSE; com o salto de hoje, o banco do cartão roxo já vale US$ 47,6 bilhões.

FESTA DOS PROVENTOS
Dividendos: Lista de empresas de energia que farão pagamentos milionários cresce com Equatorial (EQTL3) e ação sobe na B3; veja quem pode receber. Após Copel e Vibra, companhia vai distribuir no próximo dia 29 de dezembro R$ 0,72 por papel, totalizando R$ 707,1 milhões.

CRIPTO EM FOCO
Bitcoin hoje: 3 notícias que podem fazer o preço da maior criptomoeda do mundo disparar em 2022. O uso de bitcoin no dia a dia, um possível afrouxamento da legislação norte-americana para as criptomoedas e um dado animador sobre a mineração são destaques.

RACHADURAS NAS PAREDES
Mesmo sem confirmação de calote, Fitch declara Evergrande e Kaisa em ‘default’. Temor de rachadura no setor imobiliário da China aumenta, enquanto ações da Kaisa são suspensas da bolsa de Hong Kong.

EXILE ON WALL STREET
Fechamento de ciclo, abertura de ciclo: Como o Nubank passou a valer mais que o Itaú? Veja o que, além da montanha-russa dos juros, ajudou o roxinho a ultrapassar um dos gigantes do setor financeiro.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

EXILE ON WALL STREET

Tirando a poeira do tabuleiro de war: é bom ter ações de petroleiras com o preço do petróleo em disparada?

Com os preços de petróleo, tanto do tipo Brent quanto do WTI, atingindo os maiores níveis desde 2014, a ideia de um barril a US$ 100 não parece mais tão distante assim

Mercados Hoje

Ibovespa abre em alta de mais de 1% puxado pelo exterior positivo, e dólar recua a uma semana da reunião do Federal Reserve

Commodities permanecem no radar: minério de ferro avançou na China durante a madrugada, e agentes de mercado já apostam numa alta do petróleo até US$ 100 neste ano

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro avança próximo da estabilidade e dólar cai de olho no exterior positivo e nos balanços dos bancos de hoje

As commodities permanecem em rota de valorização, com o petróleo e o minério de ferro em destaque hoje

O melhor do Seu Dinheiro

Um guia com 51 investimentos para 2022, a queda das ações tech na B3, Binance e outros destaques do dia

Confira os investimentos mais promissores do ano, além de uma análise completa dos riscos e oportunidades nas principais classes de ativos

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas buscam recuperação lá fora, de olho nos balanços do dia e Ibovespa foca no cenário doméstico

O presidente da República, Jair Bolsonaro, tem até sexta-feira (21) para decidir sobre o Orçamento e o reajuste dos servidores públicos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies