O melhor do Seu Dinheiro
Victor Aguiar
2021-11-12T08:41:41-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

A profecia do mercado: Via (VIIA3) como o próximo Magazine Luiza (MGLU3), o saldo da bolsa na semana e outros destaques do dia

Depois do resultado difícil da Via no terceiro trimestre, Via pode se tornar uma nova Magalu?

12 de novembro de 2021
8:41
pessoa lendo o futuro na bola de cristão
Imagem: Shutterstock

Todo mundo quer encontrar o novo Magazine Luiza da bolsa: uma ação baratinha, meio largada às traças — e que esteja às vésperas de uma valorização alucinante.

É claro que o salto do Magalu não ocorreu por acaso. A empresa apostou nas vendas digitais numa época em que ninguém pensava nisso; a estratégia deu certo e quem percebeu o que estava para acontecer, ganhou muito dinheiro.

Dito isso, águas passadas não movem moinhos — é preciso achar uma nova mina de ouro. Só que, muitas vezes, o mercado troca os pés pelas mãos nessa busca.

Uma das candidatas clássicas ao posto é a Via; o raio dos ganhos desenfreados na bolsa cairia pela segunda vez sobre uma varejista, desta vez sobre a dona das Casas Bahia e do Ponto Frio.

Os defensores da Via sempre tiveram argumentos na ponta da língua: a empresa tem marcas consolidadas no mercado e muito espaço para desenvolver seus canais de e-commerce, que ficaram parados no tempo. As ações são um canhão prestes a disparar.

Só que a disparada iminente nunca aconteceu, pelo menos não para quem esperava pelo Magazine Luiza 2.0. A crença na tese, sozinha, não foi suficiente para concretizá-la — não há profecia autorrealizável no mercado.

É verdade que a Via teve uma evolução notável em seu e-commerce, dando um salto de escala num período relativamente curto. Mas não é fácil sustentar um crescimento forte no e-commerce e nas lojas físicas, simultaneamente, num mercado com concorrentes de peso.

O balanço da Via no terceiro trimestre foi um golpe duro em quem apostava que a empresa seria o novo Magalu, tanto no lado operacional quanto no front do desempenho das ações. Muitos analistas mostraram-se decepcionados com o que viram, cortando suas projeções para a empresa.

Na sua coluna desta sexta-feira, o Ruy Hungria comenta sobre a mudança de visão do mercado em relação à Via e a forte baixa pós-balanço nos papéis da empresa. Recomendo a leitura!

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

O que você precisa saber hoje?

ESQUENTA DOS MERCADOS
Bolsa brasileira caminha para semana positiva à espera de dados do setor de serviços e relatório de emprego nos EUA. Ainda hoje, os balanços do dia devem movimentar os negócios mais uma vez, com Cogna, Cosan, CVC, Enjoei, Saraiva e outras empresas divulgando os resultados do terceiro trimestre.

LU DECEPCIONOU?
E-commerce do Magazine Luiza (MGLU3) segue crescendo, mas lojas físicas não acompanham e lucro líquido da varejista recua 30% no terceiro trimestre. Quem esperava um crescimento mais sólido que o da rival Via (VIIA3) se decepcionou ao encontrar sinais negativos em diversas linhas do balanço divulgado hoje.

A DONA DA BOLSA
Receita menor e alta tímida no lucro: confira os destaques da B3 (B3SA3) no terceiro trimestre. Apesar da queda na receita líquida, o número de investidores da bolsa brasileira cresceu 33,5% no período e chegou a 3,3 milhões.

MOVIMENTO VOLTANDO
Lucro da CCR cresce 53% no 3º trimestre. Concessionária foi beneficiada pela recuperação do tráfego nas rodovias com a gradual retomada da atividade econômica devido ao arrefecimento da pandemia.

PREJUÍZO MENOR
IRB tem prejuízo de R$ 155 milhões no 3º trimestre. Resultado líquido contábil da resseguradora foi negativamente impactado pelos “negócios descontinuados”.

CRÉDITO ESPECIAL
Com remanejamento no Orçamento, Congresso garante verba R$ 9,36 bilhões para Auxílio Brasil. O montante, originalmente previsto para o finado Bolsa Família, garantirá um reajuste de quase de 18% no novo programa social.

Um ótimo fim de semana!

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

NOVO PATAMAR

“Famosinha das blockchains”: Solana (SOL) supera a marca de US$ 1 bilhão em volume total de vendas de NFTs

Popularidade da plataforma da Solana subiu no segundo semestre de 2021 devido a taxas menores de transação em relação ao Ethereum

Mercados Hoje

Ibovespa sobe mais de 1%, puxado pelos estímulos da China e alta em NY; dólar recua

As commodities permanecem no foco do dia, com novos estímulos da China para a economia, o que fez o minério de ferro fechar novamente em alta

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro abre em alta puxado por Nova York e dólar recua a R$ 5,46; confira

O dia é esvaziado, tanto no cenário doméstico quanto no exterior; investidores aguardam reunião do Fed semana que vem

O melhor do Seu Dinheiro

Oportunidade de investimento com a bola de neve da PEC dos precatórios, recorde da Caixa em 2021, preço dos combustíveis e outros destaques do dia

O furo no teto com a “PEC do Calote” vai afetar diversos setores da economia, mas pode beneficiar os investimentos alternativos; entenda como

Energia

Pátria compra usinas hidrelétricas da britânica ContourGlobal no Brasil em negócio de R$ 1,7 bilhão

Além das hidrelétricas, o Pátria pode adquirir os ativos de energia eólica da ContourGlobal, que é dona do complexo Asa Branca, no Rio Grande do Norte