O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2021-06-07T09:49:29-03:00
O melhor do seu dinheiro

O impostômetro dos seus investimentos, as small caps da XP e outros destaques do dia

7 de junho de 2021
9:31 - atualizado às 9:49
Imagem: Divulgação

Quase na chegada da sede da B3, no centro de São Paulo, um painel digital na frente do prédio da Associação Comercial traz um número enorme e que não para de aumentar. É o chamado “impostômetro”.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Com a pandemia, ficou mais difícil conferir o placar pessoalmente. Mas também é possível checar online o quanto deixamos na mão do governo na forma de impostos.

No momento em que escrevo esta newsletter, nosso “sócio” já havia levado mais de R$ 1,1 trilhão, de acordo com o placar do impostômetro.

Não contente em cobrar muito, o governo ainda cobra mal, com uma série de subsídios e isenções que favorecem alguns setores em detrimento de outros.

A maneira como nossos investimentos são tributados sintetiza a bagunça. Dependendo do prazo e do produto, você pode tanto ser “isento” como pagar uma alíquota de 22,5% sobre o rendimento. Ou ainda pagar um “pedágio” antes mesmo de sacar os recursos.

Repare que a palavra isento do parágrafo acima não veio entre aspas à toa. Afinal, na maioria dos casos, parte do imposto que você deixa de pagar nos investimentos acaba parando nas mãos dos bancos.

É sobre esse verdadeiro vespeiro que o governo pretende avançar agora. O ministro Paulo Guedes anunciou recentemente a intenção de acabar com a maioria das isenções e com as alíquotas diferenciadas conforme o prazo do investimento.

Mas como isso mexe com o seu bolso? A Julia Wiltgen preparou uma reportagem especial que traz as mudanças previstas e os impactos no impostômetro dos investimentos.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

O que move os seus investimentos ao longo desta semana? Logo mais, às 9h30, o Victor Aguiar troca uma ideia com você ao vivo no nosso Instagram sobre os assuntos que estão na pauta do mercado. Participe com a gente!

A semana deve ser marcada por dados da inflação, tanto aqui como nos Estados Unidos. As falas de Janet Yellen, secretária do Tesouro dos EUA, durante o final de semana sobre a fase “transitória” de alta nos preços não convenceu os investidores. Confira a agenda completa na coluna Segredos da Bolsa.

Se você investe ou quer investir em criptomoedas, uma das tarefas obrigatórias é acompanhar o twitter do bilionário Elon Musk. Mas será que as declarações do dono da Tesla ajudam ou atrapalham o mercado? Veja o que pensa a Binance, uma das principais corretoras de criptomoedas.

Para quem se interessa mais por ações, especialmente aquelas que estão fora do Ibovespa, a XP fez algumas alterações em sua carteira de recomendações de small caps para o mês de junho. Confira as mudanças e os detalhes da lista.

EMPRESAS

Um grupo liderado pelo fundo Blackstone se aproxima da aquisição da gigante de equipamentos médicos Medline Industries, avaliada em US$ 30 bilhões. Veja os detalhes do negócio, um dos mais alavancados (com o uso de dívida) desde a crise financeira de 2008.

Mais uma venda à vista? A Vila Velha, que detém 21,52% do capital social da Unipar, analisa oportunidades de operação potencial para a companhia. A empresa informou que consultou seus assessores financeiros para organizar um processo competitivo.

ECONOMIA

PIB em alta… e inflação também. Fatores como a crise hídrica e o aumento dos preços das commodities fazem com que a expectativa para o IPCA deste ano fique cada vez mais longe do teto da meta. Saiba o que os especialistas esperam para o comportamento dos preços.

OPINIÃO

Uma empresa pode crescer muito, mas não é isso que a torna exponencial. O nosso colunista Richard Camargo conta para você quatro características de companhias que têm potencial para multiplicar de tamanho em um cenário global de mudanças constantes e rápidas.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro abre em alta puxado por Nova York e dólar recua a R$ 5,46; confira

O dia é esvaziado, tanto no cenário doméstico quanto no exterior; investidores aguardam reunião do Fed semana que vem

O melhor do Seu Dinheiro

Oportunidade de investimento com a bola de neve da PEC dos precatórios, recorde da Caixa em 2021, preço dos combustíveis e outros destaques do dia

O furo no teto com a “PEC do Calote” vai afetar diversos setores da economia, mas pode beneficiar os investimentos alternativos; entenda como

Energia

Pátria compra usinas hidrelétricas da britânica ContourGlobal no Brasil em negócio de R$ 1,7 bilhão

Além das hidrelétricas, o Pátria pode adquirir os ativos de energia eólica da ContourGlobal, que é dona do complexo Asa Branca, no Rio Grande do Norte

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas operam mistas pela manhã após inflação recorde da Zona do Euro e Ibovespa olha coletiva do presidente do Banco Central hoje

Sem maiores indicadores para o dia, o foco vai para a corrida eleitoral, com as falas dos presidenciáveis em foco nesta quinta-feira

DE OLHO NAS DÍVIDAS JUDICIAIS

Além do furo no teto: como a PEC dos precatórios afeta os credores, mas abre uma grande oportunidade de investimento

Com a regra fiscal ameaçada, o motivo inicial para a criação da emenda acabou sendo relegado a segundo plano, mas seus desdobramentos podem beneficiar os investimentos alternativos