O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2021-10-05T10:09:37-03:00
O melhor do seu dinheiro

Chocolate com juros e pimenta: a reprise da novela que agita a bolsa e os mercados

5 de outubro de 2021
9:24 - atualizado às 10:09
Montagem de Jerome Powell com chapéu e logo da novela Chocolate com Pimenta
Jerome Powell com chapéu e logo da novela Chocolate com Pimenta - Imagem: Montagem Andrei Morais / Federal Reserve / Shutterstock/Look Studio

O dramaturgo Plínio Marcos dizia que fazer novelas é fácil. Basta ter um segredo que o público sabe e os personagens não sabem, e um segredo que os personagens sabem e o público não sabe. Além de um casal que quer fazer amor e os outros não deixam.

Com exceção da última parte (pelo menos até onde eu sei), temos neste momento no mercado financeiro um enredo perfeito para uma telenovela, que eu chamaria de “Chocolate com Juros e Pimenta”.

Jerome Powell, o presidente do Banco Central norte-americano, é um dos protagonistas da história. Ele é o detentor do segredo que todo investidor deseja conhecer: quando o Fed começará a reverter a política de estímulos monetários.

O segredo conhecido pelo público — e aparentemente ignorado pelas autoridades — é a disparada da inflação que pesa no bolso dos consumidores em todo o planeta.

Com a alta dos preços, o mercado procura se antecipar aos próximos capítulos da novela e aposta na alta dos juros de longo prazo dos títulos do governo dos EUA, os Treasuries.

Na bolsa, juros mais altos penalizam as ações de empresas de tecnologia e favorecem as da chamada velha economia. Basta ver o que aconteceu ontem aqui na B3, com a queda generalizada das empresas digitais e a alta solitária de Petrobras.

Quem acompanha essa história de perto deve ter notado uma certa semelhança com o que aconteceu no mercado nos primeiros meses deste ano. Sim, estamos vivendo uma espécie de (não) Vale a Pena Ver de Novo.

O nosso colunista Matheus Spiess preparou uma análise especial sobre a reprise da alta dos juros nos EUA e os impactos nos investimentos. Como em toda novela que se preze, a bolsa brasileira deve sofrer, mas pode ter um final feliz.

O que você precisa saber hoje

ESQUENTA DOS MERCADOS
Bolsas pelo mundo buscam recuperação após apagão de redes sociais; cenário doméstico conta com números da produção industrial. O Facebook segue sob pressão com a denúncia de uma ex-funcionária sobre a política de conteúdo da empresa, enquanto a bolsa brasileira segue de olho em Guedes e Campos Neto.

APAGÃO QUE DÓI NO BOLSO
O dia em que Mark Zuckerberg perdeu US$ 6 bilhões e caiu no ranking dos bilionários. Com custo de quase US$ 164 mil por minuto em termos de receita, apagão também fez Facebook perder mais de US$ 40 bilhões em valor de mercado.

OLHAR DE FORA
Perfuração levou à tragédia em Brumadinho, diz universidade catalã. Financiado pela Vale, resultado do estudo de modelagem e simulação por computador para identificar as causas do rompimento da barragem foi divulgado pelo Ministério Público Federal.

ROLANDO OS DADOS
Eletromídia conclui aquisição da NoAlvo para fornecimento de dados em anúncios. Companhia que abriu o capital recentemente na B3 busca alavancar vendas com cruzamento de dados geolocalizados para alimentar pontos físicos de mídia.

TRILHAS DE CARREIRA
Além da tecnologia: as oportunidades de carreira com a transformação digital em curso nas empresas. Já não é novidade que a área de tecnologia concentra inúmeras possibilidades. Tentando ampliar um pouco mais essa visão, o nosso colunista Thiago Veras escreve sobre carreiras que ganham com a aceleração da tecnologia no trabalho.

Uma ótima terça-feira para você!

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

EMISSÃO DE AÇÕES

Marisa (AMAR3) vai aumentar o capital social — o que isso significa para os acionistas?

A varejista de moda emitirá até 81 milhões ações a R$ 3,08 cada, um desconto de cerca de 17,5% em relação ao fechamento dos papéis ontem.

TURISMO DO FUTURO

Embraer (EMBR3) fecha mais uma parceria e vai levar seu ‘carro voador’ para a Grande Barreira de Corais, na Austrália

Em conjunto com a Nautilus Aviation, a empresa irá operar em algumas das atrações turísticas mais icônicas de do estado de Queensland

DOR NO BOLSO

IPVA 2022 encarecerá 30%, em média, em São Paulo; descubra quanto você vai pagar de imposto

E a notícia doí ainda mais no bolso porque a data de pagamento do IPVA está bem próxima: quem quiser desconto tem de quitar a soma já no próximo mês

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin e ethereum despencam hoje, e principal criptomoeda do mundo se afunda ainda mais no ‘bear market’

Após uma semana que terminou com ganhos, as duas maiores moedas digitais do mercado sofreram na virada de sexta-feira para sábado

Trabalhadores em falta

Como a falta de bebês na China pode provocar uma crise financeira global

A população da China vem recuando desde 2010, e, com as taxas de natalidade nos menores níveis em 80 anos, o cenário ameaça todo o planeta