Menu
O melhor do Seu Dinheiro
Victor Aguiar
2021-05-06T19:12:31-03:00
O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O Carnaval fora de época da Ambev e mais…

6 de maio de 2021
19:12
carnaval
Carnaval - Imagem: Shutterstock

O varejo tem várias datas importantes: dia das mães, dia dos pais, dia das crianças, dia dos namorados, Black Friday, Natal… Há uma data comemorativa em quase todos os meses, e todas são aguardadas com ansiedade pelo setor — afinal, qualquer impulso nas vendas é bem vindo.

Pois para a Ambev, a coisa funciona um pouco diferente: importante mesmo é o Carnaval. Bloquinho, desfile, aquele calorão, praia cheia, churrasco — é uma época em que tudo parece combinar com uma cervejinha gelada.

Ou seja: Carnaval é sinônimo de vendas fortes para a Ambev. Dito isso, é de se imaginar que num ano como 2021, em que a festa foi cancelada, a companhia tenha sofrido um impacto enorme, não?

Não é bem assim. A gigante do setor de bebidas divulgou seus números trimestrais e surpreendeu o mercado, mostrando um aumento de 16% nas vendas de cerveja no Brasil — e com um preço médio mais alto.

O que explica esse desempenho? É verdade que a Ambev não teve a ajuda do Carnaval, mas também é verdade que as vendas via app aumentaram e as marcas premium tiveram um crescimento forte.

Nem tudo foi alegria no balanço, mas, como um todo, a Ambev teve um trimestre digno de enredo de escola de samba — somente hoje, as ações dispararam mais de 8%. Eu fiz uma análise dos resultados da companhia e explico todos os pontos nesta matéria.

NOSSO CANAL NO TELEGRAM

 Tem novidade no ar! O Seu Dinheiro liberou as inscrições no nosso canal no Telegram e agora você pode receber áudios com comentários da equipe, notícias e dicas dos melhores investimentos direto na tela do celular.

MERCADOS

 O dólar sentiu o peso da decisão do Copom e fechou o dia com forte queda de 1,62%, a R$ 5,27, o menor patamar desde 14 de janeiro. Na bolsa, novo dia de calmaria: com uma ajudinha de Nova York, o Ibovespa subiu 0,30%, aos 119.920 pontos.

EMPRESAS

 Um detalhe chamou a atenção dos investidores no balanço do Mercado Livre: a empresa argentina resolveu aderir à moda lançada pela Tesla e anunciou a compra de US$ 7,8 milhões (R$ 41 milhões) em bitcoin. 

 E falando neles... Os balanços seguem sem dar trégua aos investidores e movimentaram o mercado nesta quinta-feira. Confira os resultados de Copel, Braskem, GPA e outras empresas nesta matéria.

 Um setor que costuma mexer com os ânimos do mercado financeiro é o dos bancões. Juntos, Santander Brasil, Itaú Unibanco e Bradesco ganharam R$ 16,9 bilhões entre janeiro e março deste ano, mas a análise de alguns indicadores mostra sinais alarmantes na saúde das instituições.

 Elon Musk, sempre ele, voltou às manchetes. Mas, desta vez, o CEO da Tesla não esteve envolvido em polêmicas: o motivo dos holofotes foi sua remuneração anual. Mesmo sem um salário fixo, ele embolsou US$ 11 bilhões em 2020 e foi o executivo mais bem pago do ano.

 A Azul encerrou 2020 com um prejuízo de R$ 4,5 bilhões, mas, se suas previsões estiverem corretas, o tempo começará a melhorar em breve. A empresa está apostando na recuperação do setor aéreo já no começo de 2022.

 O Grupo Globo anunciou hoje o fim da circulação da revista Época. Quem quiser acessar o conteúdo da publicação deverá recorrer a um encarte n’O Globo e ao site do jornal.

POLÍTICA

 O clima em Brasília continua tenso: membros do Senado e da Câmara dos Deputados brigam para definir se a proposta da reforma tributária será ou não fatiada.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

uma bolada

Bradesco paga R$ 5 bilhões em juros sobre capital próprio

Valor representa R$ 0,416 por ação ordinária e R$ 0,458 por ação preferencial, após o desconto do Imposto de Renda

seu dinheiro na sua noite

Dólar abaixo de R$ 5, Selic de volta aos 7% e o investimento da Petz em página de gatinhos

Apesar dos avanços na vacinação e do relaxamento nas medidas de distanciamento social, o fato de ainda estarmos convivendo com o coronavírus e uma elevada mortalidade pela covid-19 faz com que 2021 tenha um sabor de 2020 – parte 2. Assim tem sido, pelo menos para mim. Imagino que também seja assim para todas as […]

atenção, acionista

Weg e Lojas Renner anunciam juros sobre capital próprio; confira valores

Empresa de fabricação e comercialização de motores elétricos paga R$ 86,1 milhões; provento da varejista chega a R$ 88 milhões

Alívio no câmbio

Dólar fica abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez em mais de um ano — e o empurrão veio dos BCs

O dólar à vista terminou o dia em R$ 4,96, ficando abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez desde 10 de junho de 2020. O Ibovespa caiu

Constitucionalidade em xeque

Autonomia do Banco Central: STF retoma julgamento no dia 25, mas recesso pode estender votação até agosto

A lei em análise restringe os poderes do governo federal sobre a autoridade máxima da política monetária do País

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies