Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-27T21:01:56-03:00
seu dinheiro na sua noite

Gisele Bündchen na Ambipar e a moda das celebridades em empresas

27 de julho de 2021
21:01
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen - Imagem: Shutterstock

Quem assistiu à abertura morna dos Jogos Olímpicos de Tóquio neste ano certamente sentiu o contraste com a bela cerimônia que o Brasil conseguiu entregar nas Olimpíadas do Rio em 2016.

Apesar de simples, o que seria esperado de um país emergente, ela teve alguns momentos marcantes, como o arrebatador desfile da supermodelo Gisele Bündchen ao som de Garota de Ipanema.

A escolha de Gisele foi perfeita para a ocasião, um evento internacional sobre o qual recai o olhar do mundo inteiro. A modelo não é só famosa e querida no Brasil, mas extremamente celebrada em todo planeta - um ícone global, de fato.

Como muitas celebridades, Gisele decidiu usar sua fama para dar visibilidade às causas em que acredita. No seu caso, as questões ambientais.

Embaixadora do meio ambiente pela ONU, a modelo já encabeçou um projeto de recuperação da qualidade da água na sua cidade natal, a gaúcha Horizontina; já apoiou um programa da ONG S.O.S. Mata Atlântica; participou da série documental do Nat Geo “Years of Living Dangerously”, sobre o impacto do aquecimento global em diferentes partes do planeta, entre outros projetos.

Sem dúvida a questão ambiental é um dos temas mais importantes da atualidade, inclusive nos negócios. Prova disso é o crescimento da relevância das pautas ESG para as empresas nos últimos anos.

Mas não apenas isso: a necessidade em si de minimizar os impactos ambientais provocados por todas as atividades humanas criou novos mercados e abriu oportunidades de negócio. Afinal, alguém precisa desenvolver as tecnologias e prestar os serviços que irão deixar as cadeias de produção mais limpas, menos poluentes e com menos desperdício.

Nesse sentido, a bolsa brasileira tem uma pequena representante que sonha em ser grande: a Ambipar. A empresa de gestão ambiental, que desempenha atividades como gestão de resíduos, já iniciou um processo de internacionalização e acaba de convidar Gisele para uma parceria.

Mas o que era para ser apenas um convite para o conselho de sustentabilidade da companhia e parceria de publicidade acabou se tornando uma sociedade, quando a modelo resolveu investir na empresa. O Renato Carvalho conta os detalhes da história nesta matéria.

Está na cara que a Ambipar deseja se valer da fama internacional de Gisele para promover o seu negócio, no Brasil e no exterior. Mas nesse caso, a união da modelo-ativista-investidora com a empresa superfocada em ESG parece ter tido um encaixe perfeito e potencialmente positivo tanto para o meio ambiente quanto para os negócios da Ambipar.

A notícia, aliás, lembra uma outra parceria recente, o convite da cantora Anitta para integrar o conselho do Nubank. Será que a participação ativa de celebridades nos negócios, não só do ponto de vista publicitário, virou moda?

Talvez sim, diz a analista Larissa Quaresma, da Empiricus. E, pelo menos no que diz respeito às pautas ESG, isso pode ser uma coisa boa. Ela comenta o investimento de Gisele na Ambipar e desenvolve melhor essa questão na sua coluna de hoje no Seu Dinheiro.

MERCADOS

 O Ibovespa não ficou imune à cautela dos mercados com a série de restrições impostas pela China a empresas de tecnologia e educação. Somando isso à apreensão pré-Fed, o resultado foi uma queda de 1,10%. Já o dólar ficou quase no “zero a zero”, a R$ 5,17.

 Mais uma companhia da nova safra de IPOs estreou com queda na B3. Mesmo com sua oferta de ações saindo próxima ao piso da faixa indicativa, os papéis da Unifique — operadora de telecomunicações da região Sul — passaram o dia no vermelho e fecharam em baixa de mais de 8%.

EMPRESAS

 Ele chegou ao cargo sob muita desconfiança, mas agora, após 100 dias no comando da Petrobras, como anda a relação de Silva e Luna com o mercado? Saiba como o BTG Pactual avalia a gestão do general da reserva na estatal, após encontro entre o CEO e analistas.

 O Goldman Sachs pretende lançar um ETF focado em duas tecnologias ligadas ao mundo cripto: DeFi, as finanças descentralizadas, e a própria blockchain, que permite o armazenamento seguro de um grande número de informações. Saiba mais.

 A maior compra da história do Magazine Luiza recebeu sinal verde de seu conselho de administração. A varejista anunciou neste mês a aquisição do site de games e tecnologia Kabum! por R$ 1 bilhão. Veja o que falta para a conclusão do negócio.

 A reorganização entre Itaú Unibanco e XP também recebeu uma aprovação importante, a do Banco Central. A alteração societária é mais um passo para a saída completa do conglomerado bancário da corretora.

POLÍTICA

 A pasta mais importante do Planalto já tem um novo dono confirmado. Em mais uma vitória para o chamado Centrão, o senador Ciro Nogueira, do PP, confirmou que será o ministro da Casa Civil. Entenda a nova dança das cadeiras do governo Bolsonaro.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

seu dinheiro na sua noite

Costurando uma saída

Não faz muito tempo que usei este mesmo espaço para lembrá-lo de como o mercado não gosta de incertezas e a falta de uma leitura clara sobre o futuro acaba prejudicando os negócios na B3. O dia de hoje veio para provar que, mesmo em meio às incertezas, ter uma noção mais clara do caminho que […]

carreira e diversidade

Magazine Luiza abre inscrições para 2º programa de trainees exclusivo para pessoas negras

Programa aceita candidatos formados entre dezembro de 2018 e dezembro de 2021, em qualquer curso superior; fluência em língua inglesa e experiência profissional não fazem parte dos pré-requisitos

pós-brumadinho

Vale (VALE3) muda alto escalão e tenta reforçar discurso ESG

Luciano Siani Pires, que desde 2012 ocupa posição de vice-presidente finanças e RI, assumirá a vice-presidência de estratégia e transformação de negócios, cargo criado em março pela mineradora

Troca de comando

Gustavo Raposo renuncia ao cargo de presidente da Transpetro, subsidiária da Petrobras (PETR4); sucessor já foi escolhido

Com a saída de Raposo, o conselho da empresa deverá deliberar sobre a nomeação do atual diretor de Serviços para o comando

atenção, acionista

Dividendos: WEG (WEGE3) paga R$ 86,8 milhões em juros sobre capital próprio

Valor líquido é de R$ 0,017 por ação; terão direito aos proventos acionistas na base em 24 de setembro, segundo a companhia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies