Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2021-02-11T09:34:07-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

Gestão do caos e a descentralização do dinheiro

11 de fevereiro de 2021
9:34
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Uma das primeiras lições que aprendi quando assumi uma posição de liderança é que não dá para ser centralizador. Especialmente em ambientes dinâmicos e digitais.

Aqui no Seu Dinheiro publicamos mais de 30 conteúdos por dia. Imagine o que aconteceria se eu tivesse que revisar um a um? O chefe está em reunião e não tem notícia? Não dá.

O negócio é montar um bom time, treinar bem, dar autonomia e deixar rolar. É claro que um líder precisa monitorar os processos e atuar de vez em quando. Mas isso é bem diferente de microgerenciar e “travar” a equipe.  

Até hoje sinto um medinho de a coisa sair do controle ou de alguém fazer alguma besteira. Às vezes até acontece...

Pode parecer uma bagunça, mas essa é justamente a ideia. Por incrível que pareça, essa estrutura louca cria sua própria organização. Faço “gestão do caos” há mais de cinco anos e posso dizer que funciona.

Além das lideranças, a internet está forçando um movimento de descentralização das finanças.

As criptomoedas viabilizaram um movimento que ganhou o apelido de “DeFi”, que significa  Decentralized Finances (finanças descentralizadas).

A proposta é viabilizar a oferta de produtos e serviços financeiros sem passar por bancos, por meio de criptoativos.

Ainda não há definições sobre a regulação em cada país, mas o fato é que isso já está rolando no mundo digital. E tem gente ganhando dinheiro.

Se o bitcoin subiu mais de 400% em reais no ano passado, criptoativos desse segmento deram um salto da ordem de 2.000%. A Jasmine Olga explica o que está rolando nesta reportagem.

O que você precisa saber hoje

OPINIÃO

O bitcoin pode até estar atingindo máximas históricas, mas ainda há muito preconceito em relação às criptomoedas. Para André Franco, essa postura pode custar dinheiro no futuro.

MERCADOS

O Ibovespa fechou ontem em queda de 0,87%, aos 118.435,33 pontos, com a frustração provocada pelos números fracos das vendas no varejo em dezembro e a contínua apreensão com as discussões sobre a forma como o auxílio emergencial pode ser estendido. O dólar recuou 0,22%, a R$ 5,3711.

O que mexe com os mercados hoje? O ano novo lunar chinês começa hoje e mantém as negociações de minério de ferro e outros metais paralisadas, afetando diretamente os papéis de mineradoras. O mercado aguarda os dados da atividade de serviços de dezembro e segue atento à temporada de balanços trimestrais das empresas. As bolsas europeias e os índices futuros de Wall Street estão no azul.

EMPRESAS

O lucro líquido da Suzano subiu 403% no quarto trimestre, na comparação com o mesmo período de 2019, muito acima do esperado pelos analistas. Confira como foi o desempenho.

A Totvs fechou o quarto trimestre com um lucro líquido de R$ 96,1 milhões, um aumento de 78,4% em base anual, acima dos R$ 77 milhões projetados pelo mercado.

O ano de 2021 promete ser histórico para o mercado de capitais. Somente nesta semana, três companhias levantaram R$ 3,5 bilhões com ofertas de ações (IPO).

ECONOMIA

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), descartou a criação de um ‘imposto temporário’ para bancar nova rodada de auxílio emergencial, uma alternativa aventada para cumprir a meta fiscal deste ano.

Nas últimas 24 horas foram registradas 1.330 mortes e confirmados 59.602 novos casos de covid-19 no País. Confira os mais recentes números da pandemia.

Esse conteúdo foi publicado em primeira mão na nossa Newsletter gratuita.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

O futuro está no céu

A acirrada corrida pelo ‘carro voador’

Além de chamar a atenção no mercado de capitais, as startups de “carros voadores” estão atraindo talentos e parceiros de setores mais tradicionais da economia

XP anuncia investimento na edtech Resilia

A Resilia é uma edtech que combina tecnologias que potencializam o aprendizado individualizado e em comunidade com um método de ensino que capacita potenciais talentos de uma forma mais rápida para o mercado digital

Análise

Investir em ações de banco ainda é uma boa? Veja 3 motivos que deixam a XP Investimentos cautelosa

Se no ano passado a postura era otimista, agora os analistas do setor financeiro da XP estão mais cautelosos, já que o cenário é de preços elevados dos ativos e uma concorrência e intervenções regulatórias preocupantes.

REFORMA TRIBUTÁRIA

PIB pode crescer 1,6% com redução de IR para empresas, indica estudo

O cálculo de 20% teve como base comportamento das empresas depois de um dos maiores aumentos na alíquota do imposto sobre dividendos no mundo – na França, em 2013, de 15,5% para 46%

ESG

‘Equidade racial se tornou prioridade dentro da Vivo’, diz presidente

Dentro da extensa agenda ESG, que concentra ações ambientais, sociais e de governança, a Vivo aposta na equidade racial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies