Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2021-04-05T10:09:23-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

Garimpando acionistas na B3

5 de abril de 2021
10:09
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Estados Unidos, Inglaterra ou Canadá? Esses foram os primeiros destinos da Aura Minerals quando a empresa começou a colocar em marcha os planos de fazer uma oferta de ações, no fim de 2019.

A mineradora de ouro e cobre já tinha ações negociadas na bolsa de Toronto, então essa seria a opção natural de uma nova rodada de captação de recursos com investidores.

Pelo tamanho e relevância, os mercados de Londres e Nova York também eram alternativas para a companhia listar suas ações.

Foi no meio desses estudos que a Aura recebeu uma proposta: que tal se a empresa fizesse um IPO no Brasil? Ainda que não estivesse nos planos originais, a ideia fazia todo sentido.

Afinal, boa parte dos projetos de mineração da companhia ficam no país. Além disso, a bolsa brasileira tem uma carência histórica por empresas, que ficou ainda maior em meio à queda da taxa básica de juros (Selic).

A listagem na B3 ocorreu em julho do ano passado via recibos de ações (BDRs), em uma oferta inicialmente destinada a grandes investidores. Meses depois a Aura fez uma nova emissão e um desdobramento de ações, que abriram espaço para as pessoas físicas na base acionária da mineradora.

Ampliar a participação dos pequenos investidores no capital da empresa, inclusive, é um dos objetivos do CEO da Aura, Rodrigo Barbosa.

Em entrevista exclusiva concedida ao repórter Ivan Ryngelblum, ele conta o histórico da companhia até o IPO na bolsa brasileira e os planos para “garimpar” novos sócios, que vão agradar os investidores em busca de dividendos.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

O bitcoin pode ser a criptomoeda mais conhecida do mundo, mas quem está se destacando em 2021 é o ether, a segunda maior moeda digital do mercado, cuja cotação bateu recorde no sábado.

Com as atenções sempre voltadas para Brasília, os investidores também devem acompanhar de perto ao longo desta semana os indicadores de inflação, incluindo o IPCA de março. Confira tudo o que deve mexer com os negócios no mercado financeiro na coluna Segredos da Bolsa.

EMPRESAS

Sem alarde, o Nubank mudou o seu comando em fevereiro. A informação foi divulgada junto com os resultados de 2020, novamente com prejuízo. Veja quem assume no lugar de David Veléz e como foi o desempenho da fintech no ano passado.

A saída de Roberto Castello Branco continua repercutindo em Brasília. A Petrobras refutou uma declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que o então presidente da estatal “vinha segurando aumentos no preço dos combustíveis” e que passou a reajustá-los “quando soube que ia sair”.

A Tesla surpreendeu o mercado ao anunciar que as vendas de carros bateram recorde no primeiro trimestre. O resultado veio acima do esperado pelos analistas, mesmo com uma série de problemas enfrentados pela empresa de Elon Musk no período.

O conselho de administração da Dimed, dona da rede de farmácias Panvel, aprovou a migração de suas ações para o Novo Mercado da B3, o mais alto nível de governança corporativa. A medida resultará na conversão voluntária de ações preferenciais em ordinárias.

ECONOMIA

O governo marcou para esta semana uma bateria de leilões de aeroportos, portos e ferrovias, com a expectativa de atrair até R$ 10 bilhões em novos investimentos. Confira quais ativos foram colocados à venda.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, ligou a luz amarela: o orçamento aprovado pelo Congresso, se mantido desse jeito, pode atrapalhar a condução da política monetária. Confira os motivos nesta entrevista que ele concedeu ao Estadão.

Em mais uma reportagem da nossa série sobre o imposto de renda 2021, mostramos a você como declarar corretamente operações com opções de ações.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies