Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2021-05-08T10:03:20-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

A limonada da bolsa e do dólar, as ações mais indicadas do mês e outros destaques da semana

8 de maio de 2021
10:03
limonada limão limões
Imagem: Shutterstock

A semana que passou tinha tudo para ser bem azeda para os investidores. No cardápio de notícias dos últimos dias tivemos:

  • A alta da taxa básica de juros e a sinalização de que novos ajustes vêm por aí;
  • Muito barulho político com a CPI da Covid;
  • O projeto da reforma tributária de volta à estaca zero;
  • Dados de criação de empregos abaixo do esperado nos Estados Unidos; 

O mercado, porém, soube pegar os limões do noticiário e preparar uma bela limonada. O Ibovespa, principal índice de ações da B3, subiu 2,64% na semana e fechou a sexta-feira aos 122.038 pontos.

grande destaque, porém, foi o dólar, que saiu da casa dos R$ 5,40 da semana passada para R$ 5,228 — cotação mínima do ano.

E que gosto tem essa limonada? Na visão dos investidores, a Selic pode até subir, mas não a ponto de competir com o retorno esperado da bolsa.

Ao mesmo tempo, as taxas mais altas tornam o Brasil mais atrativo para o capital estrangeiro, o que valoriza o nosso real contra o dólar.

Agora você deve estar se perguntando: o que eu faço com os meus limões? As notícias e análises que bombaram ao longo da semana no Seu Dinheiro podem ajudar você a fazer sua própria limonada. Vem comigo!

1 - As ações mais quentes

Todos os meses o Seu Dinheiro consulta as principais corretoras do país para descobrir quais são as indicações mais quentes dentro das carteiras recomendadas. As mais votadas entram na nossa lista de Ações do Mês.

Dos quatro papéis mais recomendados em maio, três vieram do setor financeiro, sendo dois grandes bancos. Confira a reportagem completa que traz a seleção do “melhor do melhor” da bolsa para maio.

2 - O carrinho sem fundo do GPA

Tudo começou com uma dúvida: qual o desempenho do Grupo Pão de Açúcar na bolsa em 2021? A resposta não é tão simples porque precisa considerar a separação das atividades do Assaí, a rede de atacarejo do grupo, que passou a ter as próprias ações negociadas na B3 em março.

O resultado ajustado mostra o GPA entre os campeões de valorização do Ibovespa no ano. A alta foi impulsionada pela visão de que a empresa tem outras "jóias escondidas” no carrinho, com negócios de e-commerce, entregas, programas de fidelidades, marcas de alimentos e redes com forte presença na América Latina.

Mas será que ainda vale investir nas ações (PCAR3) depois da alta recente? Saiba o que pensam analistas e gestores de fundos.

3 - Carnaval fora de época

De todos os balanços de empresas divulgados até aqui, o da Ambev foi um dos que mais surpreendeu. Com o Carnaval cancelado diante do agravamento da pandemia da covid-19, a cervejaria perdeu um de seus grandes momentos de venda.

Mesmo com o bloco fora da rua, a Ambev conseguiu mostrar um forte aumento nas receitas em relação ao primeiro trimestre do ano passado, o que fez as ações dispararem na bolsa. Veja na nossa análise (com direito a efeitos sonoros) por que os números da cervejaria desceram redondo.

4 - Será que vai chover?

No mundo dos investimentos, uma das melhores dicas é aquela das nossas avós: esteja sempre com um casaquinho na mochila para o caso de o tempo virar.

É claro que quase nunca seguimos esse conselho. E, por incrível que pareça, o mesmo acontece no mercado financeiro.

Para o nosso colunista Ruy Hungria, a hora de comprar um bom guarda-chuva é justamente quando todos imaginam que teremos um belo dia de sol no dia seguinte.

Ele conta como você pode aproveitar essa falha do mercado para se expor à possibilidade de retornos assimétricos.

5 - Antes e depois

Na quarta-feira, o Banco Central decidiu aumentar a taxa básica de juros em 0,75 ponto percentual. Como a alta já era esperada, o mercado se debruçou sobre o comunicado que acompanhou a decisão.

Confira aqui um comparativo que traz o “antes e depois” com tudo o que mudou entre as duas últimas reuniões do Copom. E saiba também como ficam os principais investimentos de renda fixa com a Selic em 3,5% ao ano.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Maquininhas internacionais

De malas prontas: presidente da Getnet revela planos para o início das operações na Europa em 2022

A empresa se tornou peça-chave nos planos do espanhol Santander de criar uma plataforma global de pagamentos

Renda variável

Na batalha das corretoras, Rico vai zerar taxa em operações com opções

A medida busca tornar a corretora mais competitiva e reforçar a atuação do grupo no ramo da renda variável

Concursos públicos

De olho nos concurseiros, Yduqs anuncia aquisição da plataforma de EaD Qconcursos

Plataforma de cursos preparatórios para concursos públicos tem 412 mil alunos pagantes e mira mercado potencial de 17 milhões de pessoas; valor da operação não foi divulgado

Mostrando as garras

Dirigente do Fed fala em alta de juros em 2022 e admite postura mais agressiva contra inflação

Em entrevista à CNBC, Bullard disse que o Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) adotou uma posição mais dura no encontro deste mês

Entrando no pet shop

O plano da BRF: colocar comida na sua mesa e ração no potinho do seu pet

A BRF comprou o grupo Hercosul, produtor e distribuidor de ração para cães e gatos, entrando no mercado pet. Entenda o racional da operação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies