Menu
Rodolfo Amstalden
Exile on Wall Street
Rodolfo Amstalden
Sócio-fundador da Empiricus e autor do Programa de Riqueza Permanente
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-20T10:45:38-03:00

O dinheiro não traz felicidade? Estudo mostra em 5 pontos que US$ 75 mil pode trazer sim

20 de maio de 2021
10:45
A,Young,African,Girl,Playing,With,Her,Money
Imagem: Shutterstock

Toda a discussão sobre se dinheiro compra (ou não) felicidade encontrou respaldo científico no clássico estudo de Deaton Kahneman, que virou ícone pop sintetizado na equação Happiness = USD 75K.

A partir de um nível de renda aproximado de US$ 75 mil por ano, novos acréscimos de renda implicam benefícios decrescentes sobre medidas experimentais de bem-estar individual.

Até aí tudo bem, pode encomendar sua Hering silkada.

Contudo, antes de desfilar com sua nova camiseta descolex pela Vila Madalena, saiba exatamente o que ela representa.

Cuidado com as interpretações simplistas de que mais dinheiro não traz mais felicidade.

Vamos, então, às cinco ressalvas:

1) Benefícios

Benefícios decrescentes são diferentes de benefícios estáveis, e ainda mais diferentes de malefícios. Jamais devemos subestimar ganhos de bem-estar, por menores que sejam.

2) Avaliação própria

No tocante àquilo que os psicólogos chamam de "avaliação da própria vida" — pensamentos que lhe vêm à cabeça quando você reflete sobre tudo o que conquistou desde que nasceu —, acréscimos de renda continuam produzindo benefícios significativos, mesmo muito acima dos US$ 75 mil/ano.

3) Baita grana

Não sei se você reparou, mas US$ 75 mil por ano é uma baita grana. A rigor, atualizando pela inflação desde que o estudo foi feito, estamos falando hoje de US$ 90 mil por ano. Isso equivale a uma fonte de renda de aproximadamente R$ 40 mil por mês. Com nota de corte tão elevada, poucos brasileiros poderiam argumentar que mais dinheiro não traz mais felicidade.

4) Pense adiante

Para quem ainda duvida que se trata de uma baita grana, pense em termos de principal. Dentro de uma ótica de aposentadoria — supondo uma taxa de retorno recorrente da ordem de 10% ao ano (em linha com um pré longo) —, teríamos que investir R$ 5 milhões para gerar essa renda de satisfação com o bem-estar.

5) Preservação

Outro importante corolário do estudo é o de que, se quase todo o bem-estar está lá, a preservação de uma renda de R$ 40 mil por mês vale muito. Se o sujeito ganha exatamente R$ 40 mil por mês, qualquer tropeço o machucará feio. Já se sua renda mensal é de R$ 80 mil, o grosso do bem-estar está preservado mesmo mediante cenários pessimistas.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

GÁS NA TRAMITAÇÃO

Projeto de lei pode conter alta dos combustíveis, mas precisa ser aprovado ainda este ano, defende relator

A medida, que cria um programa de estabilização do valor do petróleo e derivados, foi a forma encontrada para amenizar a alta dos preços sem interferir na política da Petrobras

CARNE FORTE

Marfrig sobe mais de 5% hoje, mas ainda deve saltar 60% nos próximos meses, projeta Bank of America

O Bank of America recalculou as projeções financeiras para o próximo ano e vê a empresa lucrando muito mais do que o previsto no cálculo anterior

DESTAQUES DO DIA

Varejo abaixo do esperado derruba Magazine Luiza (MGLU3), mas companhias aéreas sobem forte com vacinas eficazes contra a ômicron

Enquanto o Magalu recua mais de 8%, as empresas do setor aéreo aproveitam para engatar uma recuperação

bitcoin (BTC) hoje

O rali de fim de ano do bitcoin (BTC) derrapou. E você, novato em criptomoeda, pode ser o culpado

O movimento de queda do bitcoin das últimas semanas veio dos novos investidores em cripto, chamados de short-term holders, segundo a Glassnode

DE OLHOS BEM FECHADOS

O IPO do cheque em branco chega ao Brasil: Alvarez & Marsal quer fazer oferta pública para lançar Spac na B3

Modalidade existe há mais de 20 anos nos EUA, mas ainda é inédita no Brasil; entenda como funciona

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies