Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-29T17:05:51-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
Destaques da bolsa

Ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) despencam mais de 5% após balanço positivo, mas declarações de Silva e Luna pioram sentimento do investidor; entenda

Balanço, ameaças de privatização e investigação da CVM: o que aconteceu com a maior estatal brasileira esta semana?

29 de outubro de 2021
13:18 - atualizado às 17:05
Boxe Nocaute Petrobras
Uma sequencia de socos rápidos faz os papéis da Petrobras caírem hoje - Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Os reflexos dos balanços divulgados na noite da última quinta-feira (28) estão sendo sentidos nas ações da Petrobras (PETR4 e PETR3) no último pregão da semana.

TICKERPREÇOVAR(%)
PETR4R$ 27,31-5,73%
PETR3R$ 27,28-5,81%

Presidente da estatal

Na tradicional coletiva de imprensa após a divulgação dos dados do terceiro trimestre, o presidente da Estatal, general Joaquim Silva e Luna afirmou que a Petrobras "continuará atuando com disciplina de capital, investindo em ativos com altas taxas de retorno, com foco na geração de valor para a sociedade. O resultado numérico desse trabalho é traduzido em lucro”.

Entretanto, ele enfatizou: "mas é bom enfatizar que a Petrobras não persegue o lucro pelo lucro, o nosso objetivo é retornar valor para os nossos acionistas e para a sociedade, por meio de impostos, dividendos e geração de empregos e investimentos, que dentro do contexto da transição energética devem ser acelerados".

As falas foram mal recebidas pelo mercado e os papéis da empresa aceleraram a queda na tarde desta sexta-feira.

O presidente da estatal ainda reiterou que não controla a cotação internacional do petróleo, uma das variáveis consideradas no reajuste do preço dos combustíveis. Por fim, Silva e Luna lembrou que a Petrobras obedece a lei e, por isso, não pode segurar os preços dos combustíveis.

Aliás, na repercussão pós-balanço da estatal, os ADRs (ações da Petrobras com lastro na bolsa americana) da petroleira também despencaram após fala de Jair Bolsonaro. Fizemos uma análise de mercado sobre a situação e apresentamos a fala do presidente da República no nosso Instagram.

Confira abaixo e aproveite para nos seguir no Instagram (basta clicar aqui). Lá entregamos aos leitores análises de investimentos, notícias relevantes para o seu patrimônio, oportunidades de compra na bolsa, insights sobre carreira, empreendedorismo e muito mais.

Dentro do balanço

Falando de números primeiro, o resultado do terceiro trimestre da Petrobras foi divulgado na última quinta-feira (28), após o fechamento do mercado no Brasil. A receita foi 72% maior do que a do mesmo período do ano passado, registrando R$ 121,6 bilhões em 2021

Mas outros dados chamaram a atenção. A estatal obteve lucro líquido quase 90% acima das expectativas do mercado, revertendo os R$ 1,5 bilhão de prejuízo em 2020 para R$ 31,1 bilhões neste ano. Entre os destaques que impulsionaram os números da Petrobras estão a alta no preço do barril de petróleo e alguns ganhos tributários excepcionais

Na mão do investidor

Com os resultados positivos, os investidores miraram nos dividendos que a empresa poderia distribuir. Dito e feito: após o anúncio do lucro de R$ 31,1 bilhões, a estatal comunicou à CVM um adicional nos proventos pagos aos acionistas. 

No total, serão pagos R$ 63,4 bilhões em antecipação de proventos relativos ao exercício de 2021, o equivalente a R$ 3,250 bruto por ação preferencial e ordinária.

A Petrobras ainda não definiu se a distribuição será feita por meio de dividendos ou JCP, mas o pagamento das duas parcelas está previsto para o dia 12 de dezembro e ainda dá tempo de garantir uma fatia da remuneração: basta possuir ações ordinárias ou preferenciais da empresa no dia 1 do mesmo mês.

O que o mercado pensa?

Entre privatizar ou não, um relatório do BTG Pactual destaca algumas opções para a estatal. A privatização da Petrobras é bem vista pelo mercado, é claro, mas a venda de fatias que dão pouco retorno para a empresa é uma demanda de longa data dos investidores minoritários. 

A venda de partes da cadeia produtiva de óleo e gás seria benéfica tanto para a concorrência quanto para o desempenho da empresa como um todo, afirma o documento. Contudo, o relatório destaca que os riscos políticos da empresa são muito altos e a interferência é um desafio, mesmo após a privatização. 

Vale lembrar que a Petrobras mantém o monopólio de mais de 70% da produção de petróleo e gás, além de 80% das refinarias e 50% do mercado de gás natural. “Essa venda serviria apenas para privatizar uma parte dessa cadeia, mas o governo ainda estaria com uma boa parcela do restante”, afirma o BTG, que segue com recomendação neutra para os papéis da empresa.

Bolsonaro X Petrobras

Antes da divulgação do balanço da Petrobras, o presidente da República, Jair Bolsonaro, em sua tradicional live de quinta-feira, questionou os lucros da estatal. Bolsonaro declarou que a estatal deve ser uma empresa que “dê lucro não muito alto, como tem dado” aos acionistas. 

Por aqui, a negociação das ações já havia sido encerrada antes da nova onda de críticas — a petroleira terminou o pregão com alta de quase 1%, com as boas perspectivas que o mercado tinha com o balanço. Já nos Estados Unidos, o pós-mercado foi duro para os papéis da empresa. 

Os ADRs da Petrobras, recibo de ações negociados na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE), recuaram 4,36%, em US$ 10,10. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que regula o mercado de capitais no Brasil, já tem uma apuração contra o presidente que envolve uma outra fala sobre uma possível privatização da empresa. 

Explique-se

Na última quarta-feira (27), a CVM abriu um processo administrativo envolvendo a Petrobras. O motivo não foi divulgado, mas o mercado especula que a apuração deve investigar as falas do presidente sobre a privatização da estatal.

O presidente pediu ao ministro da Economia, Paulo Guedes, um estudo sobre a possível privatização da petroleira por meio da venda das ações da União. Na segunda-feira (25), Bolsonaro voltou a dizer que a privatização "entrou no radar" após um novo reajuste de preços de combustíveis.

A batalha entre o presidente e o preço dos combustíveis é antiga e tem pressionado a alta da inflação nos últimos meses, de acordo com dados do IBGE.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

DOBRANDO A ESQUINA

Lucro das empresas com ações na bolsa deve cair 6,3% em 2022, diz BTG Pactual

Mesmo assim ainda é possível encontrar setores em que o cenário é positivo; saiba quem é quem

Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9 por ação; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Com isso, os BDRs, que serão negociados por aqui a partir da próxima quinta-feira (09), saem valendo R$ 8,38

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies