🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Mercados no feriado

Com bolsa brasileira fechada, dólar opera em queda; índices em Nova York avançam

Sem negociações na B3 por conta do feriado estadual em São Paulo, atenções se voltam para o câmbio e para o mercado norte-americano, inclusive para os recibos de ações de empresas brasileiras

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
9 de julho de 2021
11:13 - atualizado às 14:50
Estátua de Touro em frente à bolsa de Nova York; índices ajudam bitcoin (BTC) hoje
Estátua de Touro em frente à bolsa de Nova York. - Imagem: Shutterstock

Nesta sexta-feira (9) de feriado no Estado de São Paulo, portanto sem negociações na B3, as atenções dos investidores se voltam para os mercados norte-americanos, e para a cotação do dólar.

Os principais índices de ações dos Estados Unidos operam em alta, assim como na Europa. Por aqui, o maior sinalizador fica com o dólar, que está em baixa.

Por volta das 14h30, a cotação da moeda americana no mercado à vista brasileiro estava em queda de 0,02%, com a cotação de R$ 5,2585.

Em Nova York, os principais índices de ações ensaiam se recuperam após as quedas acumuladas durante a semana. O Dow Jones estava em alta de 1,32%, enquanto o S&P 500 subia 1,03% e o Nasdaq avançava 0,80%

O Citi comenta em relatório que os juros dos Treasuries mostram estabilização, após recuos recentes. Os retornos dos bônus avançam nesta manhã, o que tende a beneficiar ações de bancos.

Ainda nos EUA, o presidente Joe Biden deve assinar decreto para promover mercados competitivos e limitar o predomínio de algumas empresas em certos setores, diz a Casa Branca.

O tema pode pressionar ações de bigh techs, em meio a algumas investidas na Justiça e no Congresso para tentar evitar o que alguns veem como abuso do predomínio das maiores empresas desse setor sobre segmentos da economia.

Brasileiras nos EUA

Praticamente todos os American Depositary Receipts (ADRs) de empresas brasileiras negociados em Nova York acompanham a tendência de alta nesta sexta-feira. Destaque para Eletrobras, que sobe quase 2,50%, e Bradesco, com avanço de quase 2%.

A ação da PagSeguro, que chegou a cair 23% durante o dia ontem, e fechou em baixa de quase 8%, volta a ter desempenho negativo hoje, com recuo superior a 2%.

Isso por conta da notícia de que a empresa estaria negociando a compra do Banco BV, que hoje pertence ao Banco do Brasil e à família Ermírio de Moraes.

Europa fecha em alta

As bolsas da Europa reverteram as perdas de ontem ao fechar com altas superiores a 1% nesta sessão, puxadas principalmente por ações ligadas a commodities, na esteira da valorização das matérias primas.

As dúvidas em torno da variante delta do coronavírus e seus possíveis impactos sobre a recuperação econômica mundial, entretanto, seguem no radar do mercado, que ainda acompanhou, sem grandes reações, a divulgação da ata da última reunião do Banco Central Europeu (BCE) e o encontro do G20, na Itália.

O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou o dia em alta de 1,34%, aos 457,67 pontos. Na Bolsa de Londres, o FTSE 100 fechou na máxima intraday, com avanço de 1,30%, aos 7121,88 pontos, tendo as ações de BHP Billiton (+4,34%), Anglo American (+4,27%) e Rio Tinto (+4,09%) entre as cinco maiores altas do pregão.

Desempenho semelhante tiveram as ações da ArcelorMitall (+5,39%), que puxaram a alta de 2,07% do índice CAC 40, da Bolsa de Paris, que fechou aos 6529,42 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX também fechou na máxima do dia, em alta de 1,73%, aos 15687,93 pontos, com destaque para as montadoras.

No dia em que se debate no G20 medidas para alcançar a meta de emissão zero de carbono, as ações da Volkswagen saltaram mais de 6%, acompanhadas por BMW (+3,85%) e Daimler (+3,03%).

Pandemia

A pandemia de coronavírus, que ontem derrubou os mercados acionários ao redor do mundo, também esteve no centro das discussões.

O presidente do Banco Mundial, David Malpass, voltou a pedir ao G20 que dê mais suporte às economias mais pobres, compartilhando vacinas, mas também integrando políticas fiscais a metas climáticas e de desenvolvimento.

Em relatório enviado a clientes, o Danske Bank destaca estudos que apontam eficácia das vacinas contra a variante delta do coronavírus, rompendo o vínculo histórico entre o aumento de novos casos e as hospitalizações.

Na ata de sua última reunião de política monetária, divulgada hoje, o BCE enfatizou o avanço da vacinação do bloco e voltou a classificar como "temporários" os fatores que ainda devem pressionar mais a inflação na região.

Para o Commerzbank, divergências entre os membros da instituição devem dificultar um consenso sobre a redução de seu programa de compra de ativos.

Na Bolsa de Milão, o FTSE MIB subiu 1,67%, aos 25051,82 pontos, enquanto em Madri o Ibex 35 teve alta de 1,46%, aos 8776,60, e o PSI 20, da Bolsa de Lisboa, ganhou 0,46% aos 5173,04 pontos.

*Com Estadão Conteúdo

Compartilhe

MERCADOS NO FERIADO

Bolsas dos EUA sobem e renovam as máximas pelo segundo dia — mas ativos brasileiros têm queda firme

2 de novembro de 2021 - 17:20

O EWZ, principal ETF de Brasil na bolsa americana, caiu 1,85% hoje, o que pode desencadear ajustes negativos na B3 na sessão desta quarta

MERCADOS NO FERIADO

Bolsas americanas sobem e Wall Street renova recordes, mas ativos brasileiros em NY recuam

2 de novembro de 2021 - 8:36

Os mercados de Nova York dão continuidade ao movimento de ontem e continuam avançando, aproveitando a agenda econômica esvaziada antes da decisão do Fed; o EWZ e os ADRs de empresas brasileiras vão na contramão

Dancinha digital — e colecionável

Rapaziadinha do TikTok: rede social lança conteúdo exclusivo de artistas famosos em NFT a partir da próxima semana

1 de outubro de 2021 - 12:25

Foram escolhidas seis personalidades da plataforma por sua “relevância cultural para o TikTok”, de acordo com a empresa

DUPLO DOWNGRADE

UBS rebaixa Vale de compra para venda com queda do minério, apesar de dividendos

17 de setembro de 2021 - 10:07

Banco suíço considera que distribuição de dividendos pela mineradora brasileira torna-se menos atraente com a cotação do minério de ferro abaixo de US$ 100

Sem feriado lá fora

MERCADOS HOJE: Ativos brasileiros em NY fecham em alta, apesar da baixa em Wall Street

7 de setembro de 2021 - 19:03

O EWZ, principal ETF do Brasil em NY, e os ADRs de empresas brasileiras subiram hoje em Wall Street, apesar da queda dos principais índices

AÇÕES

ADRs do Brasil fecham em forte queda em NY; Vale cai 7,5% e Petrobras recua 6,7%

25 de fevereiro de 2020 - 7:58

Os grandes bancos também amargaram perdas importantes em Nova York, embora menores que Petrobras e Vale

Ela só pensa em vender

IPOs de subsidiárias da Caixa devem acontecer simultaneamente na B3 e em Nova York, segundo Valor

23 de abril de 2019 - 8:39

Segundo informações do jornal Valor Econômico, as negociações as quatro operações envolvendo empresas de seguros, cartões, lotéricas e gestora de recursos devem acontecer simultaneamente na bolsa brasileira e americana

Após tragédia

ADR da Vale abre em alta no pré-mercado de NY

29 de janeiro de 2019 - 7:58

Ontem, os papéis da mineradora abriram em queda de 19,33% com repercussão de tragédia de Brumadinho

Após tragédia

ADR da Vale cai mais de 19% no pré-mercado de Nova York

28 de janeiro de 2019 - 7:47

Queda ocorre como repercussão ao rompimento da barragem de rejeitos da mineradora em Brumadinho na última sexta-feira, 25

Cenário favorável

Resultados Datafolha e Ibope refletem em ETFs e ADRs brasileiras no exterior

3 de outubro de 2018 - 14:50

Com fortalecimento de Bolsonaro nas pesquisas eleitorais, principal ETF no exterior avançou 5,64% ontem

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar