Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-25T07:58:06-03:00
Estadão Conteúdo
AÇÕES

ADRs do Brasil fecham em forte queda em NY; Vale cai 7,5% e Petrobras recua 6,7%

Os grandes bancos também amargaram perdas importantes em Nova York, embora menores que Petrobras e Vale

25 de fevereiro de 2020
7:58
Bolsa em queda
Cautela aumenta e a bolsa brasileira sente antes da Super Quarta - Imagem: Shutterstock

Os ativos brasileiros fecharam a segunda-feira com fortes perdas em Nova York, em meio aos temores gerados pela rápida disseminação do coronavírus, que provocou forte estresse no mercado financeiro internacional. O American Depositary Receipt (ADR) - recibo que representa ações e são negociados na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse) - da Vale ficou com uma das maiores perdas do dia, de 7,53%. O papel da Petrobras fechou em baixa de 6,77%.

O EWZ, maior fundo de índice (ETF, na sigla em inglês) de ativos brasileiros em Wall Street, com patrimônio de US$ 10 bilhões, encerrou em baixa de 5%.

Os grandes bancos também amargaram perdas importantes em Nova York, embora menores que Petrobras e Vale. O ADR do Itaú recuou 3,67%, o do Bradesco perdeu 3,31% e o do Santander caiu 4,21%.

Para o diretor de Operações da gestora Mirae Asset, Pablo Spyer, mesmo com a bolsa e o mercado de juros futuros e câmbio fechados aqui, por conta do Carnaval, é possível ter uma ideia de como seriam as perdas caso estivessem em operação. Por isso, a quarta-feira, quando a B3 reabre, pode ser um dia de ajuste importante.

Entre os 15 papéis mais negociados de toda a Nyse hoje, o ADR da Vale foi o oitavo papel em volume, com giro de 50 milhões, logo atrás da Apple (54,7 milhões). O papel da AmBev, que caiu 2,53%, ficou em 12º lugar, com 41 milhões. Petrobras ficou em 13º, com 37,6 milhões.

Apesar do forte estresse, o Credit Default Swap (CDS) de 5 anos do Brasil, um derivativo que protege contra calotes e é um termômetro do risco-país, teve alta modesta hoje, de 92,8 do fechamento da sexta-feira para 93,4 no final desta tarde.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

seu dinheiro na sua noite

Ibovespa recupera mais um degrau – e outros destaques do dia

Os monstros que assombravam o mercado financeiro no começo da semana foram ficando mais dóceis e domesticados com o passar dos dias. E isso graças à atuação dos bancos centrais ao redor do mundo. O Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês) segue injetando bilhões de dólares na economia para minimizar os impactos […]

RH do governo

Reforma administrativa deslanchou? Confira destaques do texto-base aprovado em comissão da Câmara

A proposta traz alguns pontos polêmicos, como a possibilidade de parcerias entre governo e iniciativa privada para a execução de serviços públicos

fique de olho

Dividendos: Equatorial Pará (EQPA3) define data e Marfrig (MRFG3) altera valor

Além disso, Equatorial Maranhão definiu data do pagamento dos proventos e Banco Modal definiu valores para juros sobre capital próprio; confira

Eletrobras, Correios e mais

Ativos na mesa: nova proposta para precatórios pode incluir ações de estatais em acordos de pagamento

Além das estatais, na lista de ativos que poderiam entrar na negociação estão imóveis, barris de petróleo do pré-sal e concessões de rodovias e ferrovias, por exemplo

fala, vale

Vale (VALE3): a receita para a queda das ações, segundo a própria empresa

Empresa teve de emitir um comunicado em resposta a um ofício da B3 que solicitava justificativas para a oscilação das ações da mineradora entre os dias 6 e 20 de setembro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies