Menu
2018-10-03T14:57:47-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Cenário favorável

Resultados Datafolha e Ibope refletem em ETFs e ADRs brasileiras no exterior

Com fortalecimento de Bolsonaro nas pesquisas eleitorais, principal ETF no exterior avançou 5,64% ontem

3 de outubro de 2018
14:50 - atualizado às 14:57

Os resultados da pesquisa Datafolha ontem à noite, que reforçou a tendência Ibope com Jair Bolsonaro (PSL) à frente na corrida eleitoral e a estagnação de Fernando Haddad (PT), já teve impactos em investimentos do Brasil no exterior.

O principal fundo de índice referenciados em papéis brasileiros no exterior (ETF em inglês), o EWZ (iShares MSCI Brazil ETF) avançou 5,64%, para US$ 35,61, no fechamento do mercado ontem.

Já entre os American Depositary Receipts (ADRs) das empresas brasileiras negociadas na bolsa de Nova York, o holofote da vez foi para a Petrobras, que subiu 6%. A Vale avançou 2,62%. Entre os bancos, o Itaú subiu 2% e o Bradesco, 2%.

Na Europa

Os ETFs brasileiros também apresentaram altas significativas na Bolsa de Londres hoje, com altas próximas a 5%.

O CSBR iShares MSCI Brazil Ucits (ACC) avançou4,89%, a US$ 70,38. Já o IDBZ (Dist) fechou o dia com ganho de 4,88%, cotado a US$ 29,91, e o IBZL (Dist) teve alta de 3,88%, a 2.304,50 libras esterlinas. Em Frankfurt, onde há também negociações desses ativos na Europa, no entanto, não houve transações hoje por causa de um feriado alemão.

Resultado nas pesquisas

O Datafolha ontem à noite confirmou o fortalecimento de Bolsonaro à frente da corrida eleitoral, com 32% das intenções ante os 28% da pesquisa anterior. Haddad (PT), por sua vez, foi de 22% para 21%.

A pesquisa também mostra que o capitão reformado ainda tem o maior índice de rejeição, com 45%, enquanto a do petista saltou de 32% para 41%. Hoje à noite, tem mais um Ibope que deve confirmar de vez (ou não) a tendência das últimas pesquisas.

Na segunda-feira, o Ibope já havia adiantado fortalecimento de Bolsonaro, que foi de 27% a 31%, ante Haddad, que estagnou nos 21%.

*Com Estadão conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

mal entendido

Guedes nega atritos com o presidente do Banco Central

Na quinta-feira à noite, quando falava sobre a aprovação da Lei de Falências, Guedes ficou irritado com uma pergunta sobre perda de credibilidade pelo mercado financeiro e as críticas de que não tem plano para a economia

agora vai?

Acordo sobre reforma tributária está perto, diz autor de PEC

Em entrevista recente ao Seu Dinheiro, a assessora especial do ministro da Economia, Vanessa Canado, afirmou que a aprovação da proposta depende apenas de um acordo político.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Integração

Itaú vai estender consultoria de investimentos a clientes de varejo

Tratamento personalizado hoje dispensado a clientes Personnalité e private será estendido mesmo aos clientes de menor renda

sem gás

Petrobras rejeita proposta da subsidiária da Cosan pela Gaspetro

Oferta da Compass por 51% da distribuidora de gás natural não qualifica para próxima etapa de processo de desinvestimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies