Menu
2020-01-05T15:05:17-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
escalada de tensões

Bombardeio ordenado por Trump mata principal general iraniano; preço do petróleo sobe

Um dos homens mais poderosos do Irã, o general Qassem Soleimani morreu em um ataque aéreo dos Estados Unidos

3 de janeiro de 2020
7:00 - atualizado às 15:05
Qassem Soleimani
Qassem Soleimani, general iraniano morto em ataque dos Estados Unidos. - Imagem: ABC News (Australia)/ Reproducao / youtube

Um dos homens mais poderosos do Irã, o general Qassem Soleimani morreu em um ataque aéreo dos Estados Unidos nesta quinta-feira (2), em Bagdá. O Pentágono confirmou que a ordem partiu do presidente Donald Trump.

Em reação, os preços do petróleo tipo Brent subiam cerca de 4%, por volta das 6h (horário de Brasília). As bolsas na Europa operavam em queda, enquanto os futuros de Nova York recuavam mais de 1%.

O assassinato de Soleimani marca uma escalada dramática nas tensões entre Irã, os Estados Unidos e seus aliados - em especial Israel e Arábia Saudita.

O principal comandante da milícia iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis, conselheiro de Soleimani, também foi morto no ataque. O Irã prometeu retaliação.

O país tem travado um longo conflito com os Estados Unidos. Na semana passada, milicianos do País atacaram uma embaixada dos EUA no Iraque em reação a um outro ataque aéreo dos EUA à milícia Kataib Hezbollah, fundada por Muhandis.

"Este ataque teve como objetivo impedir futuros planos de ataque iranianos", disse o Pentágono.

Grupos paramilitares iraquianos disseram que três foguetes pousaram perto do terminal de carga do aeroporto de Bagdá, atingindo dois veículos e matando cinco paramilitares iraquianos e outras duas pessoas. As imagens mostravam destroços em chamas em uma estrada do aeroporto.

Em comunicado divulgado pela televisão estatal, o líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, pediu três dias de luto nacional.

Soleimani, que liderou a Força Quds, o braço estrangeiro da Guarda Revolucionária e teve um papel fundamental nos combates na Síria e no Iraque, adquiriu status de celebridade no País e no exterior.

A presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi disse que o ataque foi realizado sem consulta ao Congresso e sem autorização para o uso de força militar contra o Irã. Trump apenas postou uma foto da bandeira dos EUA no Twitter.

Saudi Aramco

Em setembro, as autoridades americanas culparam o Irã por um ataque de mísseis e drones às instalações de petróleo da Saudi Aramco, a maior exportadora de petróleo do mundo.

*Com informações da Reuters

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

IR 2020

Caiu na malha fina? Veja como regularizar a situação

Saiba como regularizar a sua situação junto a Receita Federal caso a sua declaração apresente informações inconsistentes e caia na malha fina do imposto de renda

Flexibilização

Prefeitura de São Paulo assina protocolo para reabrir bares e salões de beleza

A cidade está na terceira etapa do plano de flexibilização da quarentena do governo estadual, chamada de fase amarela. Com os termos firmados, os estabelecimentos poderão voltar a funcionar na segunda-feira

Recuperação

Fundos imobiliários de tijolo subiram 6% em junho; FII de shoppings ainda caem 21% no ano

Fundos imobiliários de papel, por sua vez, valorizaram, em média, só 3% no mês passado, segundo indicadores calculados pelo Banco Inter

BNDES prorroga linha de crédito para pequena e média empresa, com mais R$ 5 bilhões

Linha para capital de giro será prorrogada até 31 de dezembro, com orçamento ampliado

Crise

Risco para investir volta a nível de 2016

Estrangeiro olha com desconfiança para o Brasil, por conta da crise do coronavírus e também pela taxa de juros nas mínimas históricas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements