Menu
2020-06-01T07:13:09-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
conflito entre poderes

Ministro do STF compara Brasil à Alemanha de Hitler e diz que bolsonaristas querem ditadura

Em mensagem a ministros da corte, Celso de Melo diz que “é preciso resistir à destruição da ordem democrática”, segundo informações obtidas pela Folha de S. Paulo

31 de maio de 2020
13:13 - atualizado às 7:13
Celso de Melo
Imagem: Ed Ferreira/Estadão Conteúdo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, comparou o momento vivido pelo Brasil com o da Alemanha à época de Adolf Hitler, em mensagem a ministros da corte, segundo a Folha de S. Paulo.

O decano do Supremo diz que que a intervenção militar, "como pretendida por bolsonaristas e outras lideranças autocráticas", nada mais é senão "a instauração, no Brasil, de uma desprezível e abjeta ditadura militar".

Celso de Mello afirma que, guardadas as proporções, "à semelhança do que à semelhança do que ocorreu na República de Weimar (1919-1933) parece estar prestes a eclodir no Brasil". Ele defende que "é preciso resistir à destruição da ordem democrática

O ministro do STF é relator do inquérito que investiga as acusações de ex-ministro da Justiça Sergio Moro contra Bolsonaro. A operação apura tentativas do presidente de interferir politicamente na Polícia Federal.

Até a publicação desta nota, Bolsonaro e Celso de Melo não haviam comentado publicamente o assunto.

Protesto em frente ao STF

A divulgação da mensagem pelo jornal acontece após o grupo bolsonarista "300 pelo Brasil", liderado pela ativista Sara Winter, realizar um protesto em frente à sede do STF, em Brasília.

Na noite deste sábado (30), o grupo carregou tochas acesas, e algumas pessoas usavam máscaras de personagens de filmes de terror cobrindo todo o rosto. Os manifestantes gritavam palavras de ordem contra o Supremo e o ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito das fake news.

O ato ocorre depois de Sara e empresários bolsonaristas terem sido alvo de mandados de busca e apreensão no âmbito da investigação que apura ameaças, ofensas e fake news contra ministros da Corte e seus familiares.

Integrantes do STF ouvidos reservadamente pelo Estadão/Broadcast apontaram semelhanças entre o protesto de Sara Winter e a manifestação de neonazistas e membros da Ku Klux Klan que ocorreu em 2017 na cidade de Charlottesville, nos Estados Unidos.

A "KKK" é organização racista dos Estados Unidos que prega a supremacia branca e já praticou inúmeros atos violentos contra negros.

A reportagem do Estadão procurou a Polícia Federal e o STF para comentar o protesto em Brasília, mas eles não se pronunciaram até a publicação deste texto. O Planalto informou que não vai comentar.

*Com Estadão Conteúdo, em atualização. Mais informações em instantes.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

presidente da república

Bolsonaro apresenta sintomas de coronavírus e faz novo exame

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira que irá realizar um novo exame da covid-19

novos dados

Brasil tem 65,4 mil mortes causadas pela covid-19

Do total de infectados, 927.292 já se recuperaram

seu dinheiro na sua noite

A joia escondida da Cogna

Caro leitor, Olhar para onde ninguém está olhando e conseguir identificar o “valor oculto” das coisas são alguns dos hábitos do bom investidor. A capacidade de enxergar que algo tem valor antes de todo mundo, que existe uma demanda que não está sendo atendida ou que o preço de um ativo está muito abaixo de […]

vai demorar um pouco

Anfavea prevê que mercado de veículos voltará ao ritmo pré-pandemia em 2025

Previsão foi feita nesta segunda-feira. Projeção da Anfavea para 2020 é de retração de 40% nas vendas

tributação progressiva

Proposta de reforma tributária retira benefícios para IRPJ e IRPF, diz secretário da Receita

Secretário da Receita Federal, José Tostes disse que a proposta de reforma tributária do governo federal passará por retirar benefícios e incentivos no Imposto de Renda

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements