Menu
2020-03-14T08:51:36-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Faleceu em casa

Ex-secretário-geral da presidência, Gustavo Bebianno morre aos 56 anos

Ex-ministro foi coordenador da campanha de Jair Bolsonaro em 2018 e era pré-candidato à prefeitura do Rio

14 de março de 2020
8:22 - atualizado às 8:51
Gustavo Bebianno
Gustavo Bebianno - Imagem: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

O ex-ministro Gustavo Bebianno morreu aos 56 anos após ter um infarto fulminante na madrugada deste sábado em seu sítio em Teresópolis. Coordenador da campanha de Jair Bolsonaro em 2018, ele era pré-candidato a prefeito pelo PSDB no Rio.

As informações são do presidente estadual do PSDB no Rio, o empresário Paulo Marinho. Bebianno estava em casa com seu filho quando se sentiu mal, por volta das 4h. Ao ir ao banheiro tomar um remédio, ele desmaiou.

Bebianno foi levado para um hospital da cidade, onde morreu. Ainda não há informações sobre o velório.

Ex-ministro deixou governo após críticas de olavistas e filho do presidente

Gustavo Bebianno se aproximou de Jair Bolsonaro em 2017. Ele se tornou presidente nacional do PSL quando Bolsonaro entrou no partido para disputar a presidência.

No início do governo, foi indicado para assumir a Secretaria-Geral da Presidência, mas deixou o governo em 18 de fevereiro, após receber críticas do filho do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), e da ala ligada ao grupo de Olavo de Carvalho.

Após deixar o governo, Bebianno passou uma temporada nos Estados Unidos. Ao retornar, passou a prestar consultoria ao governador de São Paulo, João Doria. Ele confirmou a pré-candidatura à prefeitura do Rio no início deste mês.

Em nota divulgada há pouco, o PSDB lamentou a morte do ex-ministro: "O Brasil perde hoje um grande homem, que muito fez pelo país. Sempre será motivo de orgulho para o PSDB/RJ ter a passagem de Gustavo Bebianno registrada em sua história."

Bebianno deixa esposa e dois filhos.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

TECNOLOGIA

Xiaomi supera Apple em venda de celulares

O levantamento também mostra que a Samsung voltou ser a líder global de vendas de smartphones, após perder a liderança do mercado para a também chinesa Huawei, que ficou no topo por um único trimestre.

BOMBOU NO SEU DINHEIRO

Melhores da Semana: O Halloween dos mercados

A segunda onda de coronavírus é um ‘fantasma’ que ronda os mercados desde o início do ano. Muita gente não acreditou. Nesta semana, ele mostrou as caras.

POLÍTICA

Bolsonaro grava para campanhas e aposta em 2º turno em RJ e SP

Presidente busca apoiar aliados para tentar formar base nos grandes colégios eleitorais para sua campanha de reeleição em 2022

responsabilização

JBS aprova em assembleia ação contra irmãos Batista

Processo diz respeito a prejuízos causados por crimes revelados nos acordos de colaboração e leniência firmados pela JBS com a Procuradoria Geral da República

em live

Se necessário, voltaremos a fazer transferência do BC para o Tesouro, diz secretário

Em agosto, CMN já havia autorizado o Banco Central a repassar R$ 325 bilhões para o Tesouro Nacional

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies