Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-28T11:19:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Ficou para depois

IRB Brasil adia pagamento de R$ 28 milhões em JCP

Empresa aguarda a resolução de pendências regulatórias para retomar os pagamentos. Ainda assim, as ações (IRBR3) são negociadas em alta na B3

28 de dezembro de 2020
9:07 - atualizado às 11:19
Logo do IRB

A resseguradora IRB Brasil anunciou nesta segunda-feira (28) o adiamento do pagamento de juros sobre capital próprio no valor de R$ 28 milhões, inicialmente previsto para o dia 29 de dezembro.

Em comunicado, a companhia afirmou que essa é uma das medidas para sanar as insuficiências regulatórias e a decisão se mantém até que a Superintendência de Seguros Privados (Susep) certifique formalmente o cumprimento dos índices exigidos no Plano de Regularização de Liquidez (PRL).

O IRB afirmou ainda que a regularização das pendências só poderá ser verificada com a conclusão das demonstrações financeiras de 2020.

Ações sobem

Apesar da notícia sobre o adiamento do pagamento aos acionistas, os papéis do IRB (IRBR3) são negociados em forte alta de 6,91% na manhã desta segunda-feira na B3.

No dia 24, quando a bolsa estava fechada, o IRB divulgou a prévia operacional de outubro, que apontou um prejuízo líquido de R$ 23,8 milhões. Sem considerar os efeitos que não vão se repetir nos períodos seguintes, contudo, a empresa teria registrado lucro líquido de R$ 110,3 milhões.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Fusão cheia de travas

Na Omega Geração (OMGE3), um grupo importante de acionistas está descontente — e quer barrar os planos da empresa

Fundos detentores de 28,6% da Omega Geração (OMGE3) se uniram e dizem que não vão aprovar a fusão com a Omega Distribuição nos termos atuais

Potencial de 36% de alta

Como fica a XP após a separação do Itaú? Para o JP Morgan, é hora de comprar as ações da corretora

A equipe do JP Morgan vê as pressões vendedoras nas ações da XP após a separação com o Itaú se dissipando; assim, a recomendação é de compra

Digitalização

A hora e a vez do e-commerce: com pandemia, comércio online mais que dobra e já chega a 21% das vendas do varejo

O fechamento das lojas físicas promovido pela pandemia fez o setor de varejo acelerar a aposta no e-commerce e nas vendas digitais

A bolsa como ela é

Stone, Inter e Méliuz caem forte na bolsa. É o fim das fintechs como as conhecemos?

Muito desse movimento tem a ver com a subida dos juros. Mas alguns fatores específicos também pesaram sobre as ações. Em alguns casos, pesaram com razão; em outros, nem tanto

Ajuste seu relógio

Pregão terá uma hora a mais a partir de novembro; entenda a mudança e veja a nova agenda da bolsa

As alterações começam a valer a partir do dia 8 de novembro; a B3 vai ajustar a bolsa para refletir o fim do horário de verão nos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies