Menu
2020-08-27T20:51:32-03:00
ipo à vista

HBR Realty engrossa lista de incorporadoras e vai abrir capital na bolsa

Empresa protocolou pedido de IPO na CVM nesta quinta-feira. A operação será realizada por meio de oferta primária e secundária

27 de agosto de 2020
18:59 - atualizado às 20:51
Prédios em São Paulo
Prédios em São Paulo - Imagem: Shutterstock

Outra incorporadora quer dar ingresso na B3. Trata-se da HBR Realty Empreendimentos, que protocolou nesta quinta-feira (27) pedido de IPO (oferta pública inicial, traduzido do inglês) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A operação será realizada tanto por meio de oferta primária (em que os recursos vão para a empresa) quanto secundária (em que os acionistas vendem os papéis detidos).

A oferta de ações ordinárias da HBR Realty terá também esforços de colocação no exterior, de acordo com informações do prospecto preliminar em análise pela CVM. As ações serão listadas no segmento Novo Mercado da bolsa.

Os acionistas vendedores são Hélio Borenstein e o fundo de investimentos Tierra.

A HBR, empresa de 56 anos, atua no segmento de locação de propriedades comerciais. A companhia mantém mais de 78 operações no Brasil, como lajes corporativas, malls, shopping centers, hotéis, estacionamentos, galpões, entre outros.

Ela segrega sua estratégia por meio de cinco plataformas de ativos. A ComVem, de centros de conveniência com foco em São Paulo; a HBR 3A, plataforma concebida para o desenvolvimento e gestão de lajes corporativas de alto padrão em São Paulo; a HBR Malls, de shopping centers, com abordagem oportunística para aquisições e eventuais desenvolvimentos no segmento.

Por fim, há a HBR Opportunities, que concentra ativos que representam oportunidades pontuais e complementares às demais estratégias da HBR (hotéis, empreendimentos built-to-suit, sales-lease-back, selfstorage e estacionamentos) e que possuem alto potencial de geração de valor, e a HBR Reits, que atualmente é consultora imobiliária de fundo de investimento imobiliário.

O coordenador líder da oferta será o Bradesco BBI. Fazem parte da coordenação BTG Pactual, Itaú BBA, Santander e Genial Investimentos.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Seu Mentor de Investimentos

Como proteger seus investimentos diante do risco de sanções comerciais por causa das queimadas

País tornou-se um pária no mundo por conta do que acontece no Pantanal e na Amazônia, diz colunista Ivan Sant’Anna; ele aponta uma série de tipos de ativos que podem estar imunes a uma eventual protesto da comunidade internacional

caso de fevereiro

Guedes ‘excedeu barbaramente’ limites ao comparar servidor a parasita, diz juíza

Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara Federal Cível da Bahia, afirmou que o ministro da Economia ‘insultou’ os servidores públicos

em recuperação judicial

Justiça dos EUA libera empréstimo de US$ 2,4 bi da Latam

Nova proposta retirou cláusula questionada por minoritários

o melhor do seu dinheiro

Briga de bilionários e a maior besteira da minha vida

Texto mais lido da semana foi sobre uma troca de farpas virtual entre Elon Musk e Bill Gates. O motivo da discórdia? A viabilidade de veículos elétricos para longas distâncias

críticas ao governo

Para Bill Gates, uma medida de Trump pode ter acelerado o contágio pelo coronavírus

Voz crítica ao governo americano durante a pandemia, o bilionário apontou uma medida do presidente dos EUA que não ajudou a segurar a doença nos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements