Menu
2020-08-27T20:51:32-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
ipo à vista

HBR Realty engrossa lista de incorporadoras e vai abrir capital na bolsa

Empresa protocolou pedido de IPO na CVM nesta quinta-feira. A operação será realizada por meio de oferta primária e secundária

27 de agosto de 2020
18:59 - atualizado às 20:51
Prédios em São Paulo
Prédios em São Paulo - Imagem: Shutterstock

Outra incorporadora quer dar ingresso na B3. Trata-se da HBR Realty Empreendimentos, que protocolou nesta quinta-feira (27) pedido de IPO (oferta pública inicial, traduzido do inglês) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A operação será realizada tanto por meio de oferta primária (em que os recursos vão para a empresa) quanto secundária (em que os acionistas vendem os papéis detidos).

A oferta de ações ordinárias da HBR Realty terá também esforços de colocação no exterior, de acordo com informações do prospecto preliminar em análise pela CVM. As ações serão listadas no segmento Novo Mercado da bolsa.

Os acionistas vendedores são Hélio Borenstein e o fundo de investimentos Tierra.

A HBR, empresa de 56 anos, atua no segmento de locação de propriedades comerciais. A companhia mantém mais de 78 operações no Brasil, como lajes corporativas, malls, shopping centers, hotéis, estacionamentos, galpões, entre outros.

Ela segrega sua estratégia por meio de cinco plataformas de ativos. A ComVem, de centros de conveniência com foco em São Paulo; a HBR 3A, plataforma concebida para o desenvolvimento e gestão de lajes corporativas de alto padrão em São Paulo; a HBR Malls, de shopping centers, com abordagem oportunística para aquisições e eventuais desenvolvimentos no segmento.

Por fim, há a HBR Opportunities, que concentra ativos que representam oportunidades pontuais e complementares às demais estratégias da HBR (hotéis, empreendimentos built-to-suit, sales-lease-back, selfstorage e estacionamentos) e que possuem alto potencial de geração de valor, e a HBR Reits, que atualmente é consultora imobiliária de fundo de investimento imobiliário.

O coordenador líder da oferta será o Bradesco BBI. Fazem parte da coordenação BTG Pactual, Itaú BBA, Santander e Genial Investimentos.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Orçamento em foco

Presidente da Câmara defende a desvinculação total do orçamento

Arthur Lira (PP-AL) rejeita tese segundo a qual desvinculação deixaria setores essenciais sem recursos

Liminar

Tribunal de Contas de São Paulo suspende leilão de linhas da CPTM

Leilão estava previsto para a próxima terça-feira

Contra a pandemia

Câmara dos EUA aprova pacote de US$ 1,9 trilhão

Projeto de lei segue agora para o Senado

IPO registrado

Rio Branco Alimentos protocola pedido de registro de oferta pública de ações

Oferta será primária e terá como coordenador-líder o Citi, além da coordenação do Bank of America Merril Lynch e do BTG Pactual

Boleto salgado

Aneel mantém bandeira amarela em março; conta de luz continua com taxa adicional

É o terceiro mês consecutivo que o órgão regulador aciona bandeira neste patamar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies