Menu
2020-07-17T08:06:10-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
de volta ao mercado

Com recuperação da bolsa, Caixa Seguridade retoma IPO

Processo havia sido interrompido em março deste ano, diante da alta volatilidade da bolsa

17 de julho de 2020
7:48 - atualizado às 8:06
Caixa Econômica Federal
Caixa Econômica Federal - Imagem: Shutterstock

A Caixa Econômica Federal vai retomar o processo de oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) da Caixa Seguridade, braço de seguros e previdência do banco. A operação pode movimentar R$ 15 bilhões.

Anunciado em fevereiro, o processo havia sido interrompido em março deste ano, na esteira da alta volatilidade dos mercados com a crise do novo coronavírus, que derrubou em mais de 30% a bolsa brasileira.

Com a recuperação parcial da bolsa - que chegou até a retomar a emblemática marca dos 100 mil pontos -, a Caixa retorna com as discussões sobre a operação do braço de seguros. O movimento ainda não constitui o lançamento da oferta propriamente dita.

O anúncio da Caixa não é isolado. Nas últimas semanas empresas como a mineradora Aura Minerals e a Ambipar Participações - que atua na área de tratamento de resíduos e de acidentes com produtos químicos e poluentes - fizeram oferta de ações.

À época da interrupção do processo da Caixa Seguridade, a controladora já falava em voltar com o IPO em três meses. Na prática, a controladora havia pedido à CVM que interrompesse a documentação referente ao registro da oferta pública de ações.

Venda de ativos

O IPO da Caixa Seguridade faz parte de uma tentativa da atual gestão de enxugar a estrutura do banco, tirando a participação do estado. A lógica é parecida com o que ocorre hoje com a Petrobras, por exemplo.

No final do ano passado, o presidente do banco, Pedro Guimarães, chegou a declarar que tanto o IPO da Seguridade como da Caixa Cartões eram a prioridade de 2020. A crise evidentemente atrasou os planos.

Quando questionado sobre as loterias e a gestão de recursos, disse que a venda das loterias dependia de uma lei especifíca. "Nós não a temos hoje. Já a abertura de capital da gestora é mais simples, mas precisamos de uma medida provisória", afirmou.

Hoje, no entanto, o Congresso concentra esforço em medidas contra a crise financeira e, nas próximas semanas, deve focar em dicussões sobre a reforma tributária, segundo já indicaram líderes nas últimas semanas.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Fechamento da semana

Real ganha do dólar na semana e bolsa sobe mais de 2% com economia americana nem tão aquecida e Copom incisivo

Os problemas domésticos foram para baixo do tapete e os fatores externos ajudaram o Real a se valorizar e a bolsa a romper resistências importantes. Confira um resumo da semana.

Mudou de ideia?

Elon Musk passa a recomendar cautela com o dogecoin às vésperas de sua participação no SNL

O bilionário, que já fez a moeda-meme disparar 60% com apenas um tweet, exibiu um alerta para as limitações do mercado de criptoativos

pandemia

Estudo aponta relação entre negacionismo de Bolsonaro e evolução da pandemia no Brasil

Segundo o levantamento, em cidades onde o presidente obteve mais de 50% dos votos no segundo turno das eleições de 2018, número de mortes foi 415% maior do que nos municípios onde ele perdeu o pleito

Insistência incomoda

Ex-presidente do BC Affonso Pastore acredita que ajuste parcial da Selic é insustentável

O economista defende o reconhecimento explícito de que a instituição perseguirá o ajuste integral da taxa básica de juros

Turbulência

Latam reduz prejuízo em 79% e anota perda de US$ 430,8 milhões no 1º trimestre

A receita operacional total da aérea foi de US$ 913,1 milhões no primeiro trimestre, queda de 61,2% sobre o mesmo período de 2020

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies