Menu
2020-03-19T13:20:21-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
tensão diplomática

PSL e frente Brasil-China reagem a acusações de Eduardo Bolsonaro sobre coronavírus

Filho do presidente culpou o regime comunista chinês pela pandemia do novo coronavírus

19 de março de 2020
13:19 - atualizado às 13:20
18/03/2019 Jantar oferecido pelo Conselho Empresarial Brasil-Est
(Washington, DC - EUA 18/03/2019) Deputado Federal Eduardo Bolsonaro. - Imagem: Alan Santos/PR

A Frente Parlamentar Brasil-China e o PSL, partido do deputado Eduardo Bolsonaro (SP), repudiaram nesta quinta-feira (19) a declaração do parlamentar, que culpou o regime comunista chinês pela pandemia do novo coronavírus. O episódio abriu uma crise diplomática entre os países, com a inédita reação de diplomatas de Pequim.

A frente parlamentar disse que Eduardo Bolsonaro agiu "irresponsavelmente" ao tentar "imputar à nação chinesa a culpa pelo surgimento do novo coronavírus".

"Não cabe a um parlamentar alimentar teorias conspiratórias e, por conseguinte, colocar em xeque mais de 45 anos de amizade e parceria entre duas grandes nações que sempre se respeitaram", disse a frente em nota assinada pelo presidente, deputado Fausto Pinato (SP).

"A China não apenas vem combatendo bravamente a propagação do vírus no seu território, como tem colaborado, com vários países, inclusive o Brasil, com o envio de materiais, informações e pesquisas".

Na nota, Pinato cobrou que o governo brasileiro apure ameaças ao embaixador da China em Brasília, Yang Wanming. O diplomata relatou ter sofrido ameaças nas redes sociais e depois apagou a mensagem.

"Tal imprudência, além de ser um atentado às nossas relações diplomáticas, ainda contribuíram para que o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, se tornasse alvos de ameaças em relação à sua segurança pessoal. Nós exigimos que o governo apure tais manifestações e assegure a integridade física do embaixador e da sua família", escreveu a frente parlamentar.

"É inaceitável que uma relação de parceria e amizade sofra um revés dessa magnitude por conta de uma atitude inconsequente e irresponsável de um parlamentar (filho do presidente da República)".

Já o PSL ressaltou que a China tem colaborado com o Brasil. "Dizer que a China foi omissa e escondeu da comunidade internacional tal hecatombe é, no mínimo, injusto.

Em nome do povo brasileiro, o PSL pede desculpas ao Partido Comunista Chinês, ao governo e ao povo daquele país", relatou o partido em nota assinada pelo presidente e deputado Luciano Bivar (PSL-PE).

A reportagem não conseguiu contato com Eduardo Bolsonaro. O espaço está aberto para manifestações de defesa do deputado. A embaixada chinesa disse que só vai se manifestar por nota e por meio das redes sociais.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Em pronunciamento

Bolsonaro defende hidroxicloroquina e diz respeitar autonomia de governadores e prefeitos

“Todos devem estar sintonizados comigo”, afirmou Bolsonaro, dizendo que tem a responsabilidade sobre decisões do país de forma ampla usando a equipe de ministros que escolheu

Seu Dinheiro na sua noite

Um risco a menos

Caro leitor, No início do ano, antes de o coronavírus se espalhar pelo mundo, virar de cabeça para baixo todas as projeções para o futuro próximo e talvez mudar o nosso modo de vida para sempre, o principal risco citado por analistas e gestores para os mercados em 2020 eram as eleições presidenciais americanas. Alguns […]

Dinheiro à vista

Raia Drogasil aprova pagamento de R$ 20 milhões em dividendos

O pagamento dos dividendos será realizado até 31 de maio de 2020, sem correção monetária, informou a Raia Drogasil em comunicado ao mercado

Crypto News

Quando e como ter dólar e bitcoin na carteira

A despeito dos 10 milhões de desempregados nos EUA, o S&P500 está subindo quase 20% desde o último fundo. Isso faz sentido para você? Para mim, não

Cuidado com o fiscal

Secretário diz que situação fiscal do Brasil exige ‘cautela e serenidade’

Secretário de Política Econômica Adolfo Sachsida disse que a situação fiscal exige cautela e serenidade ao se adotar medidas no contra coronavírus

Mortes sobem 20%

Brasil registra 800 mortes pelo novo coronavírus

São Paulo concentra o maior número de pessoas mortas pela covid-19

Pegando carona

Ibovespa engata a terceira alta e vai ao maior nível em quase um mês, puxado por Wall Street

O fortalecimento dos mercados americanos impulsionou o Ibovespa nesta quarta-feira, levando-o para além dos 78 mil pontos. O dólar à vista caiu pelo terceiro dia, voltando ao nível de R$ 5,14

BC americano

Fed vê como adequado manter juro parado até que membros estejam ‘confiantes’ com economia

Juro americano prosseguirá entre 0% e 0,25% até que formuladores da política monetária estejam confiantes de que a economia “resistiu a eventos recentes” e “estava no caminho certo”

Alívio depois do tombo

Após chegarem às mínimas desde 2011, ações da Cielo disparam mais de 20%

Desde o começo da semana, os papéis da Cielo já sobem mais de 25%, aproveitando a onda de otimismo vista na bolsa para se afastar das mínimas

Saída de dólares

Saída de dólar supera entrada em US$ 13,079 bilhões no ano até 3 de abril, diz BC

Fluxo cambial até 3 de abril foi negativo em US$ 13,079 bilhões, informou o BC. No mesmo período de 2019, dado era positivo em US$ 2,729 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements