Menu
2020-02-26T17:41:01-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Surto mundial

Por coronavírus, Costa Cruzeiros amplia medida de segurança em seus navios; Nestlé aconselha funcionários a não viajarem

Entre as providências está a proibição da entrada de pessoas que tenham viajado para países e regiões afetadas pela doença

26 de fevereiro de 2020
17:36 - atualizado às 17:41
vírus máscaras coronavírus
Imagem: Shutterstock

A Costa Cruzeiros anunciou nesta quarta-feira, 26, que vai ampliar as medidas de precaução em sua frota para garantir a segurança de hóspedes e tripulação em virtude do surto de coronavírus.

Entre as providências está a proibição da entrada de pessoas que tenham viajado para China, Hong Kong, Macau e mais 12 cidades da Itália nos 14 dias que antecedem o embarque.

"O mesmo procedimento se aplica a qualquer pessoa que tenha tido contato com casos suspeitos ou confirmados de coronavírus, e para os quais tenham sido feitas declarações às autoridades sanitárias competentes", diz a empresa em comunicado.

Todos os hóspedes, visitantes e tripulantes vão receber um questionário médico específico para melhor avaliar as condições para o embarque, além de processo de temperatura corporal. Qualquer pessoa com uma temperatura corporal acima de 37,8 ºC terá o acesso ao navio negado.

A companhia também decidiu suspender as viagens e atividades turísticas de quatro navios que eles operam exclusivamente na China, até meados de março. "Os hóspedes afetados pelos cancelamentos serão reembolsados ou poderão optar por mudar a viagem para outro período."

Nestlé faz apelo a funcionários

A Nestlé pediu que seus funcionários em todo o mundo suspendam temporariamente viagens internacionais de negócios, por causa da disseminação do coronavírus.

A companhia, que emprega cerca de 291 mil pessoas e vende seus produtos em 187 países, pediu que as viagens sejam suspensas até 15 de março, disse uma porta-voz.

As viagens domésticas também devem ser reduzidas, e substituídas por ligações telefônicas ou videoconferências quando possível.

"Levamos a sério nossa responsabilidade em relação aos funcionários e às comunidades onde operamos", disse a porta-voz.

*Com Estadão Conteúdo e Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

hoje não

Hering rejeita proposta da Arezzo para potencial fusão

Segundo a Cia. Hering, a proposta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

FECHAMENTO

Commodities em alta levam o Ibovespa acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro; dólar recua

O clima incerto em Brasília segue assombrando os investidores, mas ainda assim a bolsa brasileira consegue fôlego com as commodities para se manter no azul

Combinação promete

Aura Minerals (AURA33): ouro e dividendos no mesmo investimento

Max Bohm, sócio e analista de Empiricus, enxerga um potencial enorme de crescimento na combinação oferecida pela mineradora

VÍDEO

É hora de investir em commodities? Saiba tudo sobre o novo ciclo de alta

Alta das commodities impacta diretamente as economias emergentes; saiba mais no vídeo do analista Matheus Spiess, da Empiricus

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies