Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-01-23T17:04:39-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
NOVO IMPOSTO NO RADAR

Paulo Guedes está de olho em criar “imposto do pecado” sobre bebidas, cigarros e açúcar

Tal medida poderia impactar no futuro ações de empresas de bebidas como Ambev, além de sucroenergéticas, como São Martinho, Biosev e Cosan

23 de janeiro de 2020
17:04
paulo guedes
Imagem: YouTube

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje (23) que está em fase de estudos pela sua equipe a criação de um "imposto do pecado". Na prática, bebidas alcoólicas, cigarros e outros produtos com adição de açúcar, tais como refrigerantes e chocolates, poderiam ser alvo de novas taxações. As informações são do jornal Valor Econômico.

Ao falar durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, Guedes disse ainda que o termo "imposto do pecado" teria referência acadêmica e que não tem juízo moral.

Segundo ele, a expressão vem do inglês "sin tax". "Não é nada de costumes, Deus me livre", acrescentou.

“Eu pedi para simular tudo. Bens que fazem mal para a saúde. Caso [as pessoas] queiram fumar, têm hospital lá na frente”, disse o ministro em conversa com jornalistas.

Tal medida poderia impactar no futuro ações de empresas de bebidas como Ambev, além de sucroenergéticas, como São Martinho, Biosev e Cosan.

Reforma tributária

Durante o evento, o ministro também comentou sobre a reforma tributária e disse que ela será enviada em fevereiro. De acordo com ele, o encaminhamento ao Congresso deve ser feito entre 20 e 30 dias.

O ministro falou ainda que espera que reforma tributária seja aprovada ainda neste ano e que tanto o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, quanto o do Senado, Davi Alcolumbre, prometeram criar uma comissão mista com o objetivo de acelerar a tramitação.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Vibra (VBBR3) distribui R$ 148,5 milhões em JCP

Valor refere-se à segunda parcela de pagamento aos acionistas anunciado quando a Vibra ainda atendia como BR Distribuidora

Rumo aos dois dígitos

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 9,25%

Aumento da taxa básica dispara gatilho de mudança na forma de remuneração da poupança. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies