Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-06T10:05:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
publicação do bc

Mercado passa a prever queda de 6,5% do PIB em 2020

Focus desta segunda mostra que a mediana para o IPCA neste ano seguiu em alta de 1,63%; veja outras projeções

6 de julho de 2020
10:05
Três pilhas de moedas com blocos de madeira formando a sigla PIB
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Os economistas do mercado financeiro alteraram suas projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, de retração 6,54% para queda de 6,50%, segundo o Relatório de Mercado Focus desta segunda-feira (6).

Para 2021, o mercado financeiro manteve a previsão de alta de 3,50%. Quatro semanas atrás, estava no mesmo patamar.

Em junho, o BC informou que seu Índice de Atividade (IBC-Br) recuou 9,73% em abril ante março, na série com ajustes sazonais. Foi o maior recuo da história em um único mês.

No Focus divulgado nesta segunda-feira, a projeção para a produção industrial de 2020 foi de baixa de 6,00% para queda de 8,10%. Há um mês, estava em baixa de 5,35%. No caso de 2021, a estimativa de crescimento da produção industrial seguiu em 4,00%, ante 3,00% de quatro semanas antes.

A pesquisa Focus mostrou ainda que a projeção para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB para 2020 passou de 66,25% para 67,10%. Há um mês, estava em 64,63%. Para 2021, a expectativa foi de 67,90% para 68,06%, ante 65,90% de um mês atrás.

Inflação

Os economistas do mercado financeiro mantiveram a previsão para o IPCA - o índice oficial de preços - em 2020. O relatório desta segunda mostra que a mediana para o IPCA neste ano seguiu em alta de 1,63%. Há um mês, estava em 1,53%. A projeção para o índice em 2021 seguiu em 3,00%. Quatro semanas atrás, estava em 3,10%.

O relatório Focus trouxe ainda a projeção para o IPCA em 2022, que seguiu em 3,50%. No caso de 2023, a expectativa foi de 3,50% para 3,42%. Há quatro semanas, essas projeções eram de 3,50% para ambos os casos.

A projeção dos economistas para a inflação já está bem abaixo do centro da meta de 2020, de 4,00%, sendo que a margem de tolerância é de 1,5 ponto porcentual (índice de 2,50% a 5,50%). No caso de 2021, a meta é de 3,75%, com margem de 1,5 ponto (de 2,25% a 5,25%). A meta de 2022 é de 3,50%, com margem de 1,5 ponto (de 2,00% a 5,00%), enquanto o parâmetro para 2023 é inflação de 3,25%, com margem de 1,5 ponto (de 1,75% a 4,75%).

A expectativa de inflação no curto prazo tem sido bastante afetada pela perspectiva de que, com a pandemia do novo coronavírus, a atividade econômica seja fortemente prejudicada, com impactos negativos sobre a demanda por produtos e baixa da inflação.

No Focus agora divulgado, entre as instituições que mais se aproximam do resultado efetivo do IPCA no médio prazo, denominadas Top 5, a mediana das projeções para 2020 seguiu em 1,51%. Para 2021, a estimativa do Top 5 permaneceu em 2,80%. Quatro semanas atrás, as expectativas eram de 1,67% e 3,25%, nesta ordem.

No caso de 2022, a mediana do IPCA no Top 5 permaneceu em 3,50%, igual ao visto um mês atrás. A projeção para 2023 no Top 5 seguiu em 3,38%, ante 3,50% de quatro semanas antes.

Câmbio

O Focus mostrou manutenção no cenário para a moeda norte-americana em 2020. A mediana das expectativas para o câmbio no fim do ano seguiu em R$ 5,20, ante R$ 5,40 de um mês atrás. Para 2021, a projeção para o câmbio foi de R$ 5,00 para R$ 5,05, ante R$ 5,08 de quatro pesquisas atrás.

Resultado primário

O Focus trouxe ainda alteração na projeção para o resultado primário do governo em 2020. A relação entre o PIB este ano foi de 10,20% para 10,50%. No caso de 2021, foi de 2,32% para 2,55%. Há um mês, os porcentuais estavam em 8,00% e 2,15%, respectivamente.

Já a relação entre déficit nominal e PIB em 2020 foi de 14,85% para 14,95%, conforme as projeções dos economistas do mercado financeiro. Para 2021, permaneceu em 6,50%. Há quatro semanas, estas relações estavam em 12,30% e 6,20%, nesta ordem.

O resultado primário reflete o saldo entre receitas e despesas do governo, antes do pagamento dos juros da dívida pública. Já o resultado nominal reflete o saldo já após as despesas com juros.

Os avanços nas projeções refletem a expectativa de que, com o aumento das despesas do governo durante a pandemia do novo coronavírus, o País terá um cenário fiscal ainda mais difícil.

Balança Comercial

Os economistas do mercado financeiro alteraram a projeção para a balança comercial em 2020, de superávit comercial de US$ 53,00 bilhões para US$ 53,45 bilhões. Um mês atrás, a previsão era de US$ 47,75 bilhões. Para 2021, a estimativa de superávit foi de US$ 55,00 bilhões para US$ 55,25 bilhões. Há um mês, estava em US$ 47,35 bilhões.

No caso da conta corrente do balanço de pagamentos, a previsão contida no Focus para 2020 foi de déficit de US$ 13,50 bilhões para US$ 11,75 bilhões, ante US$ 20,50 bilhões de um mês antes. Para 2021, a projeção de rombo foi de US$ 20,88 bilhões para US$ 20,44 bilhões. Um mês atrás, o rombo projetado era de US$ 32,75 bilhões.

Para os analistas consultados semanalmente pelo BC, o ingresso de Investimento Direto no País (IDP) será suficiente para cobrir o resultado deficitário nestes anos. A mediana das previsões para o IDP em 2020 foi de US$ 57,50 bilhões para US$ 55,00 bilhões. Há um mês, estava em US$ 60,00 bilhões. Para 2021, a expectativa foi de US$ 72,50 bilhões para US$ 70,00 bilhões, ante US$ 75,00 bilhões de um mês antes.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

MERCADOS HOJE

Ibovespa recua 0,7% e dólar sobe para R$ 5,34, com mercado preocupado com inflação e Evergrande

Se nos últimos dias os investidores respiraram mais aliviados com a certeza de que a incorporadora chinesa Evergrande encontraria uma saída para os seus problemas financeiros, hoje o sentimento foi de temor. Isso porque os mercados globais não sabem se a companhia honrou os pagamentos ou conseguiu uma renegociação.  Com a Evergrande mais uma vez […]

Cripto Cowboys

Com restrições na China, Texas é a nova meca do bitcoin e outras criptomoedas?

A energia barata e o baixo controle regulatório atraem os mineradores de moedas digitais para o sul dos Estados Unidos

Vídeos

Selic a 6,25%: onde investir nesse cenário?

Nesta semana, o Copom decidiu aumentar a taxa Selic em um ponto percentual. Matheus Spiess, analista da Empiricus, te explica como ganhar dinheiro com isso. Confira

Maior licitação da história

Com edital aprovado pela Anatel, leilão do 5G está marcado para 4 de novembro

O 5G já é realidade nos Estados Unidos, China e boa parte dos países europeus, enquanto por aqui a preparação do edital completou três anos neste mês

CONTEÚDO VITREO

5 pontos que todo trader deve observar ao investir

Possibilidade de ganhos rápidos e exponenciais no day trade, sem a necessidade de colocar muito dinheiro, atraem muita gente, mas é preciso ter cuidado com armadilhas e picaretas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies