Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-03-08T13:09:16-03:00
Estadão Conteúdo
Impactos da epidemia

Coronavírus faz Itaú reduzir projeção para PIB mundial

Banco revisou expectativa de crescimento mundial em 2020 de 3,1% para 2,7% em consequência da difusão do coronavírus

8 de março de 2020
14:56 - atualizado às 13:09
coronavírus vírus máscaras
Imagem: Shutterstock

A equipe de analistas do Itaú Unibanco enviou para clientes do banco na noite de sexta-feira relatório em que reporta revisão da sua projeção de crescimento mundial em 2020 de 3,1% para 2,7%.

Leia também:

“Também baixamos nossas previsões de crescimento para China no ano, para 5,3% ante 5,8%, e Europa, para 5,3%, ante 5,8%. Mas mantemos a projeção de crescimento do PIB dos EUA em 2,0% para 2020”, escreveram os economistas do Itaú Unibanco.

As alterações foram feitas pautadas por expectativas de que a difusão do coronavírus pelo mundo, atingindo mais de 80 países em todas as regiões, vai afetar a economia mundial.

“Em nossa visão, as respostas de política econômica ajudarão a amortecer a queda, mas os riscos adversos para o cenário permanecem”, apontaram os analistas.

“Antes concentrado na China, o novo coronavírus continua a se difundir pelo globo, atingindo mais de 80 países em todas as regiões. Além de um grande problema de saúde pública, a epidemia segue afetando preços de ativos e as cadeias de produção global”, acrescentaram os economistas do Itaú Unibanco.

De acordo com os profissionais do banco, para mitigar os impactos da epidemia na economia e nas condições financeiras, também crescem apelos por políticas econômicas mais estimulativas.

Foi nesse contexto, avaliam os economistas do Itaú, que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) implementou um corte emergencial de 0,50 ponto porcentual na taxa básica de juros norte-americana. “Em nossa visão, uma nova redução, de 0,25 ponto, provavelmente está a caminho”, observam.

Para o Itaú Unibanco, os EUA parecem mais resilientes neste momento e, apesar de uma pequena desaceleração no curto prazo, devem se recuperar de maneira mais rápida nos trimestres à frente, devido aos estímulos monetários. A exemplo do Fed, outros bancos centrais também seguiram ou ainda devem seguir na mesma direção.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa fecha semana no azul, Nubank valendo bilhões a menos e primeiro ETF cripto dos EUA: veja as principais notícias desta sexta

Em uma limousine brilhante, o Ibovespa chegou atrasado para a festa das bolsas globais — mas chegou.  Os balanços das empresas europeias e americanas abriram as portas do salão de baile: com o bom resultado das companhias, dados mistos da economia e um desenho mais nítido da retirada de estímulos monetários, Wall Street brilhou.  O […]

CRIPTOMOEDAS

Quais as dificuldades na regulamentação do Bitcoin e demais criptomoedas?

Analista de criptomoedas, Valter Rebêlo, comenta sobre o processo de regulamentação das criptomoedas ao redor do mundo

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa tira uma lasquinha da festa das bolsas globais e sobe mais de 1% na semana; dólar recua após atuações do BC

Com uma bolsa descontada após as turbulências recentes, o Ibovespa tinha tudo para chegar cedo nessa festa, mas foi preciso que o Banco Central assumisse a condução para que a B3 tivesse uma chance.

ALGUNS BILHÕES A MENOS

Nubank prepara IPO com listagem na Nasdaq e na B3 até o fim deste ano, mas deve baixar a pedida no valuation

Meses atrás, a startup buscava ir a mercado avaliada em cerca de US$ 100 bilhões; veja o novo valor de mercado segundo o Broadcast

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies